quinta-feira, 30 de junho de 2016

Jornalista se despede do Diário de São Paulo

Última coluna foi as bancas nessa quarta-feira (29)
Foram  quase 13 anos como repórter e colunista do Diário de São Paulo, nessa quarta-feira o jornalista Jorge Nicola usou sua página na internet para informar que  ontem, dia 29 estava indo as bancas a sua última coluna no jornal diário, e que estava deixando o periódico:  Essa foi minha última coluna no Diário de S. Paulo. E eu só posso agradecer ao jornal que mudou minha trajetória como jornalista disse Nicola que também agradeceu a todos que ajudaram e colaboraram com sua passagem pelo jornal. O jornalista segue trabalhando como comentarista na ESPN Brasil e Bradesco Esportes FM e vai continuar escrevendo seu blog no Yahoo. 

Gregório Duvivier e Marco Feliciano batem boca no programa "Pânico" da rádio Jovem Pan

Conversa entre o Deputado Marco Feliciano
 e o ator Gregório Duvivier foi tensa
Não é de hoje que os humoristas do canal do YouTube Porta dos Fundos se envolvem em polêmicas políticas – a provocação é uma das armas mais elogiadas do grupo, que chega nesta quinta (30) aos cinemas com o filme Contrato Vitalício. Mas talvez nem Gregório Duvivier, um dos integrantes mais barulhentos, esperasse um “confronto” direto com um de seus principais alvos: o pastor-deputado Marco Feliciano (PSC-SP). Convidado para o programa de rádio Pânico, da Jovem Pan, Gregório foi surpreendido por uma ligação de Feliciano. O resultado foi uma discussão ao vivo:. “Quando ele diz que não é petista, ele mente. Assume, amigo. Ele é mais vermelho que o Fidel Castro”, começou o político. “Como você está dizendo isso? Agora eu vou processá-lo”, disse, em tom de ironia, Duvivier. “O meu problema com o Duvivier é que eu queria saber por que ele não faz uma charge, não faz um humor com o Islã, com o Estado Islâmico, com o Maomé. Por que só com o cristianismo?” “Porque não tem nenhum deputado islâmico roubando meu dinheiro, senhor”. “O brasileiro está precisando sorrir, o politicamente correto destruiu nosso país.” “Sabe o que destruiu nosso país, senhor? A bancada evangélica” “Ah, não vá falar mal de cristão, Duvivier…” “Mas você é o primeiro a falar mal dos católicos. Tem todo um número no YouTube em que você fala mal dos católicos. Diz que Jesus não morreu pra ficar em peito de vagabunda.” “Esse vídeo foi gravado há 22 anos. Há 22 anos eu era outro homem, tinha outro pensamento. Havia uma briga religiosa. Se eu pudesse voltar no tempo, não teria falado aquelas porcariadas. Naquele momento eu era um menino na igreja” “Antigamente o cartão de crédito tinha carbono, hoje tem chip, né?” Mais adiante, Feliciano diz que Duvivier deve tomar cuidado com seu novo filme porque a Lei Rouanet está sob investigação da Polícia Federal. “Esse filme não tem Lei Rouanet, estúpido, tem Lei do Audiovisual. Vamos estudar?”, atacou Duvivier.
               Assista ao vídeo:
Fonte: Veja SP
Vídeo e Fotos: Jovem Pan

“Compramos casos jornalísticos”, diz SBT



O SBT lançou uma nova forma de financiar jornalistas: comprar reportagens. Um anúncio publicado na página da emissora e um vídeo de vinte segundos convida profissionais de rádio, jornal ou televisão a oferecerem reportagens em troca de R$ 10 mil. A mensagem deixa claro: “Não é concurso! É compra de casos jornalísticos! A emissora não informa para qual telejornal o conteúdo será dirigido e afirma que o critério para a seleção inclui “qualquer assunto que possa ser apresentado nos programas de TV da casa. ” O último investimento da emissora em jornalismo foi o Primeiro Impacto, telejornal matutino apresentado pelas jornalistas Karyn Bravo, Joyce Ribeiro e Patricia Rocha que estreou no fim de março e é um formato original da emissora americana Univision.
Confira o link aqui

15º Prêmio Escola Voluntária prorroga inscrições até o dia 10 de julho

O prazo para as inscrições da 15º edição do Prêmio Escola Voluntária foi prorrogado. Projetos de voluntariado realizados por alunos de escolas do Ensino Fundamental e Médio podem ser inscritos no site http://www.escolavoluntaria.com.br até o dia 10 de julho. Podem participar instituições de ensino dos seguintes estados: Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Distrito Federal. O Prêmio Escola Voluntária é uma iniciativa da Fundação Itaú Social e da Rádio Bandeirantes e tem como objetivo formar, incentivar e reconhecer escolas de Ensino Fundamental e Médio, públicas ou privadas, que desenvolvem projetos de voluntariado junto à comunidade. O projeto deve contar com a participação voluntária de alunos do 9º ano do Ensino Fundamental e/ou em qualquer série do Ensino Médio. Desde 2014, cada edição do Prêmio passou a ser composta por dois anos, sendo que nos anos pares as escolas são premiadas pelo desempenho de seus projetos e, nos anos ímpares, são oferecidos cursos de formação. Desde 2001, o Prêmio já recebeu mais de 5.500 inscrições. No ano de premiação, cada escola selecionada (10 por edição), recebe uma equipe da Rádio Bandeirantes que transmite aos alunos conceitos de radiojornalismo e orientações práticas sobre como elaborar conteúdo para uma rádio. As reportagens produzidas pelos estudantes são veiculadas na programação da emissora. Por fim, uma comissão julgadora seleciona os melhores trabalhos, que serão premiados em cerimônia. A troca de experiências entre as escolas finalistas motiva estes jovens, que acreditam na responsabilidade social, a continuarem neste caminho. Incentivar escolas que promovem o voluntariado a ensinar que cidadania e solidariedade começam na sala de aula é um dos objetivos desta iniciativa.
Premiação 
1º lugar: R$ 20.000,00 
2º lugar: R$ 15.000,00 
3º lugar: R$ 10.000,00 
Educador Destaque: um notebook
Cronograma 
30/05 a 10/07 – Período de inscrições   01/08 – Divulgação das escolas finalistas    15/08 a 16/09 – Visita às escolas finalistas   07/11 a 18/11 – Veiculação das reportagens feitas pelos alunos na Rádio Bandeirantes 21/11 a 23/11 – Encontro das escolas finalistas em São Paulo 22/11 – Evento de premiação em São Paulo.

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Interior de São Paulo e Sul de Minas Gerais terá nova emissora a partir de 1/7

A nova emissora vai trazer o melhor da música cristã para mais de 3 milhões de pessoas que poderão conferir a novidade a partir da próxima sexta-feira  dia 1º de julho. Com a frequência dos 97.7 FM a BOA FM, emissora sediada em Campinas  trará muita interação com o ouvinte, promoções exclusivas e informação. Serão 24 horas tocando o melhor da música cristã nacional e internacional, levando a paulistas e mineiros os principais nomes do segmento. A nova emissora  poderá ser ouvida em importantes cidades (veja o quadro acima) . Na lista estão, além de Campinas, Piracicaba, Limeira, Leme, Americana, Amparo, Rio Claro e Bragança Paulista, entre outras. Serão mais de 3 milhões de pessoas, de acordo dados do IBGE, que receberão o sinal da BOA 97,7 FM. Com uma programação completa, a BOA 97,7 FM já #tánocoração do interior de São Paulo e do sul de Minas Gerais! 
Boa sorte  aos proprietários, diretores e investidores da nova emissora que abre esse importante espaço no dial da região, principalmente quando o assunto são vagas  de trabalho para os profissionais do rádio de Campinas e  da Região.

Rádio Eldorado estreia programa sobre moda

A jornalista Maria Rita Alonso será a
apresentadora do programa 
O universo da moda e seus temas conexos serão o foco da nova atração da Rádio Eldorado, que estreia na próxima segunda-feira (4). Com apresentação da jornalista Maria Rita Alonso, A Moda e a Cidade irá abordar as principais tendências da moda e cenas da cultura urbana ligadas à música, destacando as canções e os movimentos musicais que exercem grande influência no jeito contemporâneo de vestir e de se expressar. O boletim entrará no ar em duas edições diárias na programação da emissora, de segunda à sexta-feira, às 10h30 e 18h30; e fins de semana, às 11h30 e 17h30. Maria Rita Alonso é editora de moda do Estadão e diretora da revista L’Officiel. Começou sua carreira cobrindo o setor para a revista Veja, foi colunista de Veja S. Paulo e diretora de redação da revista Estilo (In Style Brasil). Hoje também dá palestras e consultorias sobre o tema. A Moda e a Cidade e toda a programação da emissora podem ser ouvidos pelo Território Eldorado (www.territorioeldorado.com.br) e pela própria fanpage (www.facebook.com/radioeldorado), que disponibiliza player ao vivo.
Foto: Divulgação

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Presidente e diretor de futebol do Palmeiras processam jornalista de rádio

No dia 27 de março desse ano o Palmeiras entrou em campo pela 12ª rodada do Campeonato Paulista, dentro de campo a equipe jogou muito mal  e acabou  sofrendo uma goleada por 4 x 1 para o time  do Água Santa em Presidente Pudente, interior de São Paulo. Essa goleada teve grande repercussão entre os torcedores palmeirense que sofreram com inúmeras gozações dos rivais. Dia depois um dos membros do grupo de WhatsAppvazou  o áudio  contendo fortes críticas ao time que atingiu além do  elenco, o treinador Cuca, o dirigente Alexandre Matos até chegar ao conhecimento do Presidente do Palmeiras Paulo Nobre. Assim que a torcida descobriu as visualizações  foram  aumentando ( hoje os vídeos ultrapassam 250 mil visualizações só no YouTube)    os compartilhamentos  aumentavam cada vez mais, a reação de quem ouvia era dividida entre  quem achava  engraçado  e  os que ficavam espantados, pois o autor não era de um simples torcedor anônimo, mas sim do jornalista  Felippe Facincani, que na data ocorrida tinha menos de dois meses de trabalho na respeitada e conceituada emissora de rádio com tem quase 80 anos de fundação, sendo referência no jornalismo e com muita credibilidade no esporte, Facincani é experiente, já trabalhou em outras grandes empresas e tratou de imediatamente pedir desculpas aos envolvidos nesse infeliz acontecimento, o jornalista passou por um período muito difícil, foi suspenso e posteriormente retirado da cobertura diária do Palmeiras, clube que hoje raramente é escalado nas jornadas como repórter de campo tamanha a  repercussão negativa, teve inclusive que encerrar contas nas principais redes sociais, visivelmente abatido recebeu apoio da família, e dos  colegas, inclusive de quem por deslize assumiu a culpa pelo vazamento, foi preservado pelos coordenadores e diretores que  seguem apostando em seu trabalho como repórter e também comentarista,  afinal quem nunca cometeu um errou na vida?
Alexandre Mattos e Paulo Nobre não esqueceram o teor da gravação, muito menos as desculpas e trataram de acionar seus advogados que dias depois abriram processo contra o jornalista que agora terá que apresentar a sua defesa no Juizado Especial Criminal do Fórum Regional de Pinheiros, a ação ainda não tem data marcada. A coluna entrou em contato com a  Assessoria de Imprensa do Presidente Paulo Nobre que preferiu não se manifestar a respeito do assunto, o mesmo aconteceu com o Diretor de Futebol Alexandre Mattos. Facincani por sua vez ignorou o contato da coluna, dando a entender que não quer falar do assunto. 
Segue abaixo detalhes do processo segundo dados do TJSP:
Partes do Processo
Querelante: Paulo de Almeida Nobre 
Querelante: Alexandre Figueiredo Mattos 
Querelado: Felippe Facincani
Vistos.A lei 9099/95, especial em relação ao Código de Processo Penal, estipula que a competência para as infrações de menor potencial ofensivo devem ser processada no local em que praticada a infração (art. 63). Ainda que se trate de crime contra a honra injúria - cuja consumação ocorre quando a vítima toma conhecimento da ofensa, inaplicável o art. 70 do CPP já que no microssistema dos juizados há regra própria (art. 63).No caso em tela, segundo consta, trata-se de ofensa praticada por meio de vídeo postado na internet. Não obstante o crime tenha se consumado quando as vítimas tomaram conhecimento das ofensas - podendo ser em qualquer lugar, já que o crime teria sido cometido pela rede mundial de computadores, não se sabe, ao certo, em que local fora ele praticado (postagem do vídeo ou remessa para grupo de Whatsapp).Nesta específica situação quando não conhecido o lugar da infração o art. 92 da Lei 9099/95 autoriza que sejam aplicáveis subsidiariamente os dispositivos do CPP. Assim, consoante art. 72 do CPP, não sendo conhecido o lugar da infração, a competência deve regular-se pelo local de domicílio ou residência do réu aqui querelado. Nesse sentido, como declarado nos autos que o domicilio do querelado é na Rua Radiantes, nos termos do art. 72 do CPP, determino a remessa dos autos ao Juizado Especial Criminal do Fórum Regional de Pinheiros. Intime-se.

Radialista se especializa em narrar esportes americanos

Luis Cláudio trabalhando em evento da SPFL
Há pouco tempo o radialista Luis Cláudio, formado em locução pela Rádiooficina tinha o seu emprego garantido, mas a crise acabou empurrando Luis para a narração dos esportes americanos que cada vez mais ganha adeptos e admiradores por aqui. Entender alguns  esportes como beisebol, Futebol Americano e Hóquei pode parecer complicado pra maioria, mas pra ele é fichinha, e olha que nunca esteve em solo amaericano. Luis já trabalhou  no  Sports Plus da SKY, Bandsports, TV Mais ABC, TV Corinthians, Rádio Bradesco Esportes FM São Paulo, Rádio Nova Difusora AM 1540 e Rádio ABC AM 1570.  Hoje é contratado pelo Comitê Olímpico Rio 2016 para narrar as provas de remo da Olimpíada na Lagoa Rodrigo de Freitas. É fera em narrações em arenas, com ênfase em futebol americano. Luis é também locutor oficial da São Paulo Football League - SPFL, sendo responsável pelos eventos como  a abertura do Campeonato Brasileiro de Futebol Americano no  próximo dia 09/07 na Arena Pantanal no jogo entre Cuiabá Arsenal e Corinthians Steamrollers. 
Comecei a narrar esportes menos conhecidos do público em geral, em razão da falta de narradores especializados. Pela chegada dos canais de televisão fechados, verifiquei que o narrador que conhecesse outros esportes menos populares ganharia espaço, e foi exatamente por isso que passei a estudar e acompanhar outras modalidades", disse Luis a coluna.  O Brasil é o terceiro mercado que mais consome futebol americano no mundo, ficando atrás apenas de EUA e México, e são poucos locutores que conhecem o esporte e têm interesse para divulgar e trabalhar com ele. A função do narrador no estádio é explicar o que acontece dentro de campo para aquele público que tem interesse em aprender o futebol americano. 
E para quem gosta ou quer ver de perto como funciona o esporte e o trabalho de Luis Cláudio, basta comparecer nesse domingo dia 26 a partir das 10 horas da manhã no Canindé  e prestigiar  os jogos semifinais da São Paulo Football League - SPFL, a Liga de Futebol Americano do Estado de São Paulo, com um atrativo muito especial para os amantes da bola oval: a presença de Cairo Santos, o brasileiro kicker do Kansas City Chiefs, da NFL. Cairo Santos dará o chute inicial às 10:00h para a partida entre São Paulo Storm e Santos Tsunami. Mais tarde, às 15:00h, é a vez do confronto entre Lusa Lions e Corinthians Steamrollers. Além dos grandes jogos e da presença de Cairo Santos, a SPFL vai sortear 1 passagem aérea para Miami e 1 ingresso para um jogo da NFL, além de camisetas promocionais, voos de paraquedismo indoor, buquê de flores e equipamentos para prática de futebol americano. O ingresso pode ser adquirido antecipadamente pelo endereço www.sympla.com.br/SPFL com desconto, ou, nas bilheterias do Canindé no dia dos jogos.
Foto: Arquivo pessoal

Gikovate faz programa especial na CBN durante tratamento contra o câncer

Dr. Gikovate, 73 anos, reencontra
 a platéia de seu programa
Ainda em tratamento para combater um câncer, o psiquiatra e psicoterapeuta Flávio Gikovate fará uma gravação especial do seu programa “No Divã do Gikovate” na próxima terça, dia 28 de junho, das 18h às 19h. Esse reencontro com a plateia será no Teatro Eva Herz, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, e terá transmissão em tempo real pelo Facebook live. O Divã está temporariamente suspenso, até o fim do tratamento, mas este especial será veiculado no fim de semana seguinte. Em abril, Gikovate concedeu entrevista a Tânia Morales, âncora do CBN Noite Total, durante a qual deu um depoimento corajoso e transparente sobre a doença, enfatizando a importância de se ter serenidade para enfrentar o problema. 
Serviço: a entrada do programa é grátis e os ingressos serão distribuídos a partir das 17h. O Teatro Eva Herz fica na Av. Paulista, 2.073, Bela Vista.

Rádio Estadão tem novidades no ar

A Rádio Estadão já estreou e estreará novas atrações, acompanhando a tendência de levar ao ouvinte o melhor da cobertura multiplataforma do Grupo Estado, como o uso do estúdio na redação do sexto andar e a cobertura jornalística multiplataforma, com entradas em tempo real de profissionais do jornal impresso, por exemplo. Entre as novidades que os ouvintes já estão acompanhando estão o Vida Urbana, pílulas durante a programação (três vezes ao dia às segundas, quartas e sextas-feiras) com dicas e informações do mercado imobiliário passadas por representantes do Secovi, prinicpal entidade do segmento; Destino Certo, pílulas com a editora do caderno Viagem do Estadão, Adriana Moreira que vão ao ar em três edições diárias; o PME Franquias é um programa semanal sobre o setor de franquias, com convidados e um formato descontraído, mas sério e de opinião clara para o ouvinte. Denis Santini, consultor da Associação Brasileira de Franchising, e Daniel Fernandes, editor de Estadão, fazem um bate bola com um convidado, abordando diversos temas que atingem o setor e também assuntos relacionados. O programa entra aos sábados e domingos das 13h às 14h. Apresentado também pela TV Estadão, o Entre Nós, comandado por Eduardo Moreira, traz semanalmente (sábados e domingos, das 20h às 21h) nomes influentes do País para um bate papo descontraído, inteligente e diferente para mostrar que ousadia, estratégia, foco e planejamento são os ingredientes para alcançar o sucesso profissional. O Estante de Letrinhas, conduzido por Bia Reis, jornalista do Estadão, é um encontro marcado toda terça no Estadão Noite para falar de literatura infantil. Ela comenta novos autores, lançamentos de livros e tudo o que envolve o mundo das histórias infantis. Mas outras novidades estão para entrar no ar. Amanhã, sexta-feira (24), estreia o Bora Aí, com Lina Bróchman, blogueira do Estadão, que dará dicas de programas super legais para fazer com os pequenos aqui em São Paulo. A cidade está cheia de atrações e passeios pra todas as idades e bolsos. O boletim será apresentado às sextas-feiras, na segunda edição do Direto da Redação. No dia 27 (segunda-feira) será a vez do Conversa de Bicho, com Fábio Brito, jornalista especialista em animais e blogueiro do Estadão, falando ao vivo sobre relacionados ao mundo animal três vezes por semana no Direto da Redação 1ª edição. A Rádio Estadão ampliou seu alcance e passa a ser ouvida em diversas partes do País. Por meio de parcerias com sites, a emissora disponibiliza o player de sua programação ao vivo para sites de notícias de Norte a Sul do Brasil. Atualmente 13 sites possibilitam que seus usuários abram o áudio da emissora.

Jornalista esportivo Alberto Léo morre aos 65 anos no Rio de Janeiro

 Alberto Léo estava nas EBC
O jornalista Alberto Léo morreu nessa quinta-feira (23), aos 65 anos, por complicações de um câncer no intestino, na Clínica São Carlos, no Humaitá, na zona sul do Rio de Janeiro. Ele estava internado desde 8 de junho. Léo trabalhava desde 2000 no setor de jornalismo esportivo da televisão pública, primeiro na TVE e depois na Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Seu corpo foi sepultado hoje  às 13h, no Cemitério Israelita do Caju. Alberto Léo começou a trabalhar com esporte na televisão em 1980, na TV Bandeirantes. Cinco anos depois, migrou para a TV Manchete. Foi apresentador de TV, locutor e chefiou a editoria de esportes até a extinção da emissora, em 1999, tendo trabalhado ao lado de estrelas do jornalismo esportivo como João Saldanha, jornalista e ex-técnico da Seleção Brasileira. Na TVE, trabalhou como comentarista do programa Ataque, mesa-redonda exibida no domingo à noite. Depois, foi editor-chefe do programa, que hoje se chama No Mundo da Bola. Há três anos, assumiu a Gerência de Esportes da EBC no Rio de Janeiro, sendo responsável pela programação esportiva da TV Brasil e da Rádio Nacional. 

 
Fonte: Comunique-se com edição de Kleber Sampaio
Foto:  Ana Paula Migliari/TV Brasil
Vídeo: TV Brasil

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Eli Corrêa, o maior comunicador popular de rádio no Brasil

Anúncio da Rádio Globo  veiculado nos principais
 jornais da cidade em 1993
Em 2009 alunos  da Universidade Metodista de São Paulo produziram um documentário que conta um pouco da história do maior comunicador de rádio desse país na opinião dessa coluna. Quem nunca ouviu o bordão: "Oiiiii Gente!", do radialista Eli Correa, também conhecido como "O homem sorriso do rádio" Eli é uma pessoa fantástica no ar e principalmente fora dele. Apesar da mudança do perfil dos ouvintes de rádio e da queda de audiência do rádio, especialmente da AM, ele consegue ser uma dos raros comunicadores tidos como "populares" que cativa seus ouvintes que migram com ele seja qual for o do prefixo da emissora. A fórmula de seus programas (um no começo da manhã e outro a tarde) segue  praticamente a mesma: informação, prestação de serviço, participação do ouvinte e música sempre com palavras de otimismo e um sorriso marcante que lhe garante bons índices de audiência no IBOPE, um bom salário e é claro um ótimo faturamento para a emissora que trabalha.  
Eli está há mais de 10 anos em sua segunda passagem pela Rádio Capital 1040 Khz de SP, seu contrato que tem validade até o final desse ano deve ser renovado sem problemas, apesar de sondagens de outras emissoras que sabem o peso que ele tem, afinal é  assim há mais de 45 anos onde está no ar de forma ininterrupta. 
Em 1998  ao lado do Padre Marcelo Rossi, 
levou a modesta Rádio América  até a
 vice liderança  no rádio am em SP
O "Homem Sorriso do Rádio" chegou na Capital em 1972 vindo vindo de Barra Bonita e foi trabalhar na rádio São Paulo, depois trabalhou nas ams ams: Tupi, América, Record, Globo e Capital.  Em sua passagem no final dos anos 80 no Sisitema Globo de Rádio, além de fazer seus horários na Globo AM, levou a fórmula que de comunicação do am para o fm na então Rádio X  90.5 Mhz - hoje CBN. Atualmente pode ser ouvido na Rádio Capital amdas das 5 as 8 da manhã e das 12 as 15 horas, sendo   líder de audiência com o quadro "Que Saudade de Você" que vai ao ar sempre as 14 horas.

ABAIXO ALGUNS ANÚNCIOS VEICULADOS NO COMEÇO DOS ANOS 90  EM JORNAIS DE SÃO PAULO FALANDO DO  COMUNICADOR                   ELI   CORREA



Jornalistas laçam campanha na internet para finalizarem livro reportagem

Capa do site que mostra detalhes do projeto 

Os jornalistas  Lucas Carvalho e Rebecca Vettore estão se mobilizando na internet para arrecadarem fundos e consecutivamente lançamento do projeto do livro reportagem,  pelo site  Cartase, responsável em informar e organizar o que podemos chamar nos dias de hoje como  "vaquinha virtual". 
"Depois das Grades" é um livro-reportagem que busca levantar a discussão sobre o que acontece com um ex-presidiário que quer voltar ao mercado de trabalho e à sociedade. Para realizar essa investigação, ouvimos ONGs de trabalho social, profissionais da área do direito e da psicologia, órgãos públicos e, é claro, os próprios ex-presos que são protagonistas desta história. O que acontece quando uma pessoa deixa a prisão? Há obstáculos para que ele retorne ao mercado de trabalho? Quais são esses obstáculos e por que eles existem? O que é feito para que um egresso do sistema carcerário supere esses obstáculos - da parte dele, do estado e da sociedade? São essas as dúvidas que este livro-reportagem busca responder. O prefácio foi escrito pela jornalista Michelle Trombelli. Pós-graduada em Jornalismo Político pela PUC de SP, foi repórter da CBN  e atualmente integra  a equipe da BandNews FM em São Paulo. 
Para saber mais e ajudar o projeto  acesse aqui

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Cover do Garotinho dá Show em imitação

Amante do rádio o "ouvinte anônimo" claro que deve ser  fã do narrador José Carlos Araújo, o "Garotinho"  que hoje é  o narrador titular da Super Tupi, sempre com muito bom humor e agilidade no improviso ele faz uma narração engraçada  não só de uma partida, mas de muitas coisas do triste cotidiano do carioca. Segundo colegas, Garotinho aprovou a imitação e riu bastante. Vale a pena conferir.

O Rappa participa hoje do “BandNews em Alta Frequência”

A jornalista Tatiana Vasconcellos recebe o grupo O Rappa no ”BandNews em Alta Frequência” desta quarta-feira, dia 22. A atração vespertina da BandNews FM, levada ao ar de segunda a sexta das 16h às 19h, vai contar ainda com uma participação especial do âncora Ricardo Boechat. Formado por Marcelo Falcão, Lauro Farias, Marcelo Lobato e Xandão, O Rappa acaba de lançar o CD e DVD "Acústico Oficina Francisco Brennand", gravado em Recife (PE). O repertório privilegia músicas dos álbuns “Nunca Tem Fim” e “Sete Vezes”, mas não deixa de fora clássicos da banda. Neste projeto, o grupo usa instrumentos diferentes em seu arranjo, como a guitarra de 12 cordas, clavinete, piano elétrico, a escaleta e os steel drums (tambores de aço), muito usados na música caribenha.

Estudo analisa consumo de rádio e áudio digital na América Latina

Audiência  do rádio via internet sobe cada vez
mais  segundo 
 levantamento da pesquisa
Com o objetivo de analisar o consumo de rádio tradicional, rádio pela internet e áudio digital, uma pesquisa foi realizada em seis países da América Latina: Brasil, México, Colômbia, Chile, Argentina e Peru. Foram 5 mil entrevistados somente do mercado brasileiro. O estudo foi conduzido pela empresa argentina de pesquisa online, OH!Panel, a pedido da Audio.d. Em média, os participantes disseram ouvir rádio tradicional por 9,8 horas na semana, rádio pela internet por 4,7 horas e áudio digital por 10,8 horas no mesmo período. No caso do rádio tradicional, a concentração de audiência é pela manhã (45%) e a caminho do trabalho (39%). Já o consumo de rádio pela internet acontece ao longo do dia, com uma leve alta no período da tarde (21%), principalmente quando estão trabalhando (30%). Aproximadamente 28% dos entrevistados revelaram ouvir áudio digital o dia inteiro, sendo que a maioria (52%) quando quer escutar música. Mais de 70% dos entrevistados já escutam rádio pela internet semanalmente (48% de 1 a 3 horas por dia) e 90% disseram ouvir áudio digital frequentemente enquanto fazem outras tarefas: navegar pela internet (47%), nas redes sociais especificamente (46%) e atividades do trabalho (42%). A metade dos participantes, 50%, ainda prevê consumir mais rádio pela internet em 2016. Atualmente a maioria, 52%, consome rádio pela internet por meio do desktop e 45% através de dispositivos móveis. Música é o conteúdo mais consumido pelos usuários de rádio pela internet, segundo o estudo. Foram 65% afirmaram preferir a programação musical e 33% declararam que ouvem notícias. No caso de podcast, a maioria também procura por música (54%) e conteúdos humorísticos (27%). Cinco em cada dez entrevistados também consomem serviços de streaming como Spotify (32%), Soundcloud (24%), Deezer (22%), Last.fm (14%), Musicovery (7%), Bandcamp (6%) e outras plataformas (3%). A pesquisa também questionou sobre a percepção desses usuários em relação à publicidade no rádio pela internet. A grande maioria, 89%, considera um fator positivo – 55% já adquiriram algum produto ou serviço anunciado no rádio e quase a totalidade (94%) disse ter efetuado compras online em 2015. Para 48% dos entrevistados, a publicidade no rádio pela internet é considerada moderada. Já esse dado no rádio tradicional é 45%.

O rock sobrevive a tudo em filme da Kiss FM

Para mostrar que o rock sobrevive a tudo, a Kiss FM lança filme que faz referência às mortes mais famosas e absurdas já sofridas por rock stars. Criado pela AlmapBBDO e produzido pela Shinjitsu, o filme é narrado em um formato dinâmico e diferente, compondo uma espécie de linha do tempo com esses momentos cruciais. No final, a narração afirma que “Se não morreu até agora, o rock não morre nunca mais”. Além disso, a Kiss FM traz aos fãs um desafio a cada semana associado ao filme. Como o comercial não cita os nomes dos artistas e bandas aos quais se refere, cabe ao público descobrir, por meio de pistas escondidas ao longo do vídeo, quais são os roqueiros homenageados por trás de cada cena. O primeiro ouvinte a desvendar o mistério e comentar no post publicado na Fanpage da Kiss FM, é recompensando com um prêmio surpresa escolhido pela rádio. Assim, não é apenas o rock que sobrevive no filme da Kiss FM, mas o próprio comercial que não “morre”, tendo desdobramento junto à audiência, que pode testar os seus conhecimentos a respeito do universo em questão, investigando e resolvendo os easters eggs (brincadeiras escondidas).


Fonte: AD News

terça-feira, 21 de junho de 2016

WEB do Santos FC comemora ótima audiência

Criada em 06 de agosto de 2015, a  Rádio Santos FC, emissora que transmite exclusivamente os jogos do Santos FC. pela Web, está chegando a 10 milhões de ouvintes, números expressivos para uma web rádio que não tem nem um ano de de existência,  esse  retorno em curto espaço de tempo, está superando todas as expectativas da direção de Comunicação do alvinegro praiano. Dados da internet confirmam que a emissora é um sucesso de audiência, principalmente nos dias de jogos. O idealizador do projeto é o  jornalista e radialista Fabiano Farah, que hoje é Executivo da Presidência. Farah conta que  o presidente Modesto Roma Júnior gostou de cara do projeto, deu o seu aval de cara e que também está satisfeito com o desempenho da emissora que gera emprego de forma direta e indireta para os colegas jornalistas e radialistas especialmente da baixada santista.  
Parte da equipe da Web Santos 
durante transmissão do jogo
A equipe funciona como um time entrosado dentro de campo, são jovens talentos que  trabalham ao lado profissionais  experientes. Fazem parte desse time:  Dennis Calçada, atual  Gerente de Comunicação, Alexandre Prieto é o coordenador da emissora que nas jornadas tem narração de  Joey Ramoni, comentários de Ademir Quintino, que é repórter experiente e cujo perfil se encaixava com o projeto da  emissora web, a voz padrão é do narrador e locutor comercial Doni Vieira e os trabalhos técnicos de Rafael Libona. A WEB Santos também inovou ao implantar a interação via o whats app  (13) 99207-7350 a equipe conta ainda com duas mulheres no pré e pós jogo, são elas: Maria Isabel Luchesi e Juliana Assumpção que são Relações Públicas e Institucionais do Santos FC e  Fulvio Feola que vem do rádio e ajuda no bom andamento do projeto.
Foto: Divulgação

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Memória

Anúncio veiculado no jornal Folha de São Paulo em maio de 1990. Nessa época o rádio am era um canhão e a Rádio Globo brigava diretamente com a Rádio Record que ainda não tinha sido vendida para Edir Macedo. Os melhores comunicadores estavam nessas duas emissoras populares e o anúncio indiretamente "cutucava" a Record que contava também com grandes nomes como Paulo Barboza, Reinaldo Costa, Nelson Rubens, Augusto Liberato (vídeo abaixo) e Zé Bettio entre outros.

Transamérica estreia narrador/repórter


O repórter Guilherme Lage da Transamérica de São Paulo estreou como narrador na emissora no último sábado durante o jogo Atlético Paranaense e Santos, o repórter/narrador comandou  o segundo tempo do jogo. Lage que tem 29 anos e integra há mais de cinco anos a equipe de esportes de Éder Luis, se preparou em cursos de formação para narradores e aproveitou a oportunidade, já que recentemente a Transamérica deixou de ter Antônio Edson o "Tonicão" entre seus narradores. Nas redes fez questão de agradecer quem se manifestou durante a transmissão do jogo que o Atlético venceu por  1 x 0, infelizmente a emissora não disponibilizou em seu site oficial o gol desse jogo. Além de Éder Luiz, a emissora tem Osvaldo Maciel como narrador, e nesse momento deve apostar em um jovem como Lage em vez de optar por contratar um profissional experiente.  Lage deve ter  mais oportunidades ao longo dessa temporada que a emissora irá transmitir os jogos Olímpicos. Lembro que foi assim com André Henning, que era repórter experiente na equipe da Transamérica e teve oportunidades em 2004, agarrou se aprimorou e virou narrador da emissora, anos depois se  transferiu para o Esporte Interativo. 

Rede Maisnova estreia programação de inverno

Estúdio  moderno da Maisnova FM
A Maisnova FM a partir de hoje lança uma nova grade com a estreia da programação de inverno. As mudanças ocorrem no horário da noite como novidade o 'Tá Bombando', de segunda a sábado, das 20h às 22h, e, aos sábados, das 19h às 22h. De acordo com o coordenador de programação da emissora Eron Voesch, o programa terá as melhores músicas da programação e ainda vai contar com muita informação. O 'Feedback' troca de horário e entra "no ar" de domingo a quinta, das 22h à 1h. Conforme Voesch, o ouvinte faz a programação através de todas as formas de contato com a Rede Maisnova. “As melhores músicas para aquecer a estação mais fria do ano! O 'Sexta Mix' e o 'Tá na pista' continuam normalmente na grade e o locutor Neto Freitas permanece na apresentação das noites da rádio”, ressalta ele. O coordenador de programação da Maisnova Eron Voesch também informa que a emissora vai apresentar outras novidades como os programetes diários “A hora do rock”, com as histórias e notícias do mundo Rock 'n' Roll, e “Aninha na cozinha”, com dicas rápidas de culinárias. “Os programetes vão estar espalhados durante a manhã, tarde e noite da Maisnova FM”. A Rede Maisnova é uma das emissoras mais modernas do país, com transmissão via satélite e constante renovação por meio de investimentos em pesquisa, qualificação de profissionais e novos equipamentos. As tendências mundiais do rádio chegam pela Maisnova através de formatos inovadores, utilização de trilhas e vinhetas exclusivas, o que a torna única e com uma identidade inconfundível. A Maisnova tem emissoras nas cidades de Caxias do Sul (geradora), Garibaldi, Lagoa Vermelha, Marau, Passo Fundo, Pelotas, Santo Ângelo, Sarandi, Soledade, Vacaria e Vila Flores, com um sinal presente em mais de 200 municípios do Rio Grande do Sul. A cobertura abrange uma área superior de 3 milhões de pessoas. Foto: Júlio Soares

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Rádio oficial do Santos F. C. contrata                           jornalista experiente

O jornalista Ademir Quintino que trabalhou por anos na equipe Líder, mal deixou a Tropical FM de São Paulo e já acertou com a diretoria de Comunicação do Santos Futebol Clube sua ida para comentar os jogos do peixe na rádio oficial do clube. Quintino foi eleito melhor repórter de rádio  em 2015 pela ACEESP e seu Blog que também traz muitas informações dos bastidores do Santos foi premiado pela entidade.



RB apresenta documentário sobre as falhas nas políticas públicas para os idosos 

No próximo domingo, dia 19, o programa “Bandeirantes Acontece” apresenta mais um documentário no RádioDoc. Vamos conhecer as falhas nas políticas públicas para o idoso fragilizado na cidade de São Paulo. O documentário vai mostrar que o Fundo Municipal do idoso aguarda regulamentação há 4 anos e que delegacias voltadas para a terceira idade são investigadas pelo Ministério Público. O RádioDoc vai revelar ainda que algumas famílias estão abandonando pessoas mais velhas em corredores de hospitais pela cidade. A reportagem da Rádio Bandeirantes também vai explicar como funciona uma "creche" para velhinhos fragilizados na capital. O RádioDoc, produzido e apresentado pelo repórter Caetano Cury, vai ao ar no programa “Bandeirantes Acontece” a partir das 20h.



Encontro de Campeões da Rádio Eldorado              terá  Pedro Mariano e Virna 

 Artista e atleta conversam no terceiro evento da série,  que acontece dia 19 (domingo), no Shopping Central Plaza       Música boa e muita história sobre esporte. Essa combinação marcará o terceiro evento da série Encontro de Campeões, promovido pela Rádio Eldorado. Desta vez, a emissora reunirá, dia 19 (domingo), Pedro Mariano e Virna, em um pocket show com conversa diferente e descontraída. O encontro será no Shopping Central Plaza (Avenida. Dr. Francisco Mesquita, 1.000 - Vila Prudente – Térreo), a partir das 17h. A transmissão na rádio acontece na terça-feira (21), às 20h.     O evento, que é aberto ao público, com patrocínio da CVC e do Bradesco e apoio do Shopping Central Plaza, é uma reedição de duas iniciativas de sucesso da Eldorado em passado recente, mas com roupagem nova: o Grandes Encontros e o Grandes Encontros Olímpicos. 





Nova Administração da Rádio Trianon  completa um ano 


 A tradicional Rádio Trianon AM 740 Khz, de São Paulo, sobreviveu a fases difíceis e se reinventa com uma programação diversificada e totalmente qualificada. Se entre 1993 e 2000, a emissora que fica na av. Paulista, coração de São Paulo, se voltava apenas ao jornalismo, agora ela apresenta programas para todos os gostos. Nem mesmo as dificuldades do cenário econômico do país impediram a rádio de evoluir em todos os aspectos, sob o comando do administrador Ricardo Gomes de Araújo, funcionário do Grupo MIX há 13 anos e que está prestes a completar um ano a frente da Trianon. Entre os profissionais de destaque da Rádio Trianon, estão Lucas Neto, Fausto Camunha, Zancopé Simões, Martins Araújo, Roseli Bueno, Antônio Quintal, Renato Albuquerque, entre outros.



RedeSul  lança série de reportagens sobre os jovens empreendedores

A RedeSul de Rádio, que conta com diversas emissoras nos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, apresenta nesta semana durante o programa de jornalismo “Encontro Certo”, a partir das 18h40, a série especial: “Jovens empreendedores: desafios da sucessão rural”. As reportagens revelam exemplos que deram certo na transição do comando das propriedades rurais de pais para filhos.   O material que levou dois meses para ser produzido pela Rádio Fátima de Vacaria, deverá ter novo segmento no final do ano com a realização de um seminário para debater o assunto, e, assim apresentar também os casos levantados pelas reportagens. O conteúdo está disponível no site da RedeSul de Rádio (www.redesul.am.br) e também nas redes sociais. 


 Alvorada de Marau lança segunda edição da série “Aqui é o meu lugar!” 

A emissora  quer, com o projeto, ir ao encontro dos ouvintes do meio rural, e valorizar o protagonismo dos jovens e famílias de agricultores   A Rádio Alvorada 1360 AM de Marau, emissora integrante da RedeSul de Rádio, promove a segunda edição do projeto “Aqui é o meu lugar!”, neste fim de semana. O programa será exibido aos sábados às 8h30min, com reprise nos domingos, a partir das 13h, tem como objetivo trazer a discussão o tema da sucessão rural e a sustentabilidade da agricultura e pecuária familiar na região caracterizada por pequenas propriedades.  


Jornalista lança Blog para divulgar a memória do rádio esportivo 

A jornalista Isabela Guedes repaginou seu blog sobre o rádio esportivo e  conta com o apoio e a audiência de todos para divulgar a memória do rádio. O Blog chama-se Rádio Esportivo Carioca e conta também com  uma página no Facebook (clique aqui)  - Divulguem, acessem. 

sábado, 11 de junho de 2016

Procuram-se repórteres corajosos para histórias de vida

Foto tirada por  jornalista   na edição
passada do Onboard Reporter
Quem for escolhido irá encarar o maior desafio pelos mares do mundo na edição 2017-18 da regata. Apelidada de "o trabalho esportivo mais difícil de todos', a vaga de OBR - abreviação de Onboard Reporter - certamente não é para os fracos e exige coragem. Antes de serem aprovados, eles serão testados em situações adversas, provando capacidade de suportar a pressão mental e física desse trabalho. Os OBRs terão que se comunicar com a sede da regata por equipamentos via satélite de onde estiverem. A certeza que estarão em um espaço apertado do barco de 65 pés e que terão de contar a história da volta ao mundo em vídeos de alta qualidade, fotografia e textos diários, independentemente das condições a bordo. O evento, que desde 1973 tem colocado os melhores velejadores profissionais no planeta uns contra os outros, tem mais de 40.000 milhas náuticas, abrange quatro oceanos, cinco continentes e nove meses de maratona, exigindo repórteres qualificados e experientes para informar tudo que se passa a bordo de áreas remotas e hostis do planeta. "Para um contador de histórias profissional, estou certo de que não há desafio maior na terra do que este", explica o cineasta americano Amory Ross, que desempenhou o papel nas duas últimas edições da Volvo Ocean Race. "Vocês serão empurrados para além de seus limites físicos, mentais e criativos". Para espalhar o conteúdo dos oceanos do mundo diretamente para os fãs, os barcos contam com um arsenal em tecnologia. Cada veleiro tem uma central multimídia, com câmeras de controle remoto, microfones e outros equipamentos para garantir qualidade, velocidade e desempenho. Graças ao suporte de comunicações de ponta proporcionadas pela Inmarsat desde 2005, é possível enviar tudo que se passa a abordo por seus transmissores 200.000 quilômetros em órbita longe da terra. Não importa onde estiver, a informação chegará. "Nós estamos procurando candidatos com um perfil aventureiro, mas também com uma experiência na área de mídia sólida", explica Leon Sefton, que está conduzindo o projeto de recrutamento dos OBRs e também chefe da área de televisão da Volvo Ocean Race. "Não é possível subestimar o trabalho e sua dificuldade, pois é realizado dia sim, dia não, em condições diversas, com pouco ou nenhum sono". O trabalho de repórter a bordo da Volvo Ocean Race é regularmente apresentado nos principais meios de comunicação do mundo, como o The Daily Telegraph, o New York Times, Red Bull Mídia House e outras 242 emissoras em 83 canais de televisão em todo o mundo. "Os repórteres a bordo do Volvo Ocean Race precisam ser muito mais do que apenas um rostinho bonito com um microfone na mão. Na verdade, eles podem estar realizando o trabalho mais difícil no jornalismo esportivo", escreveu premiado jornalista Tim Wendel em uma reportagem do Huffington Post. Mais de 2.000 candidatos se inscreveram na edição 2014-15 e os organizadores estão esperando um número ainda maior desta vez. Para tentar a vaga, os profissionais de mídia devem entrar no site da campanha if.volvooceanrace.com, e enviar um breve resumo do seu trabalho. Se selecionado, eles vão passar para a próxima rodada, onde uma entrevista formal ocorrerá. Em seguida, eles ficam mais próximos de se tornar um OBR no teste final.
Foto e Vídeo: Divulgação

ABERT quer flexibilizar “A Voz do Brasil” durante Olimpíadas e Paralimpíadas

Projeto ainda não entrou
 na pauta de votação
A ABERT vai pedir ao governo federal a edição de uma medida provisória para flexibilizar a Voz do Brasil durante o período das Olimpíadas, entre 5 e 21 de agosto, e das Paraolimpíadas, entre 7 e 18 de setembro de 2016. No ar desde 1935, o programa oficial do governo tem uma hora de duração e é retransmitido diariamente, às 19h. Em 2014, atendendo a uma reivindicação da ABERT, o governo editou a MP 648, que autorizou as emissoras de rádio do país a retransmitir o programa em horário alternativo, durante os jogos da Copa do Mundo no Brasil, entre os dias 12 de junho e 13 de julho, quando ocorreu o campeonato. Nos dias dos jogos, o programa foi transmitido a critério das emissoras, entre as 19h e 22h. Com a MP 648, mais de 1,3 mil emissoras de rádio credenciadas para o mundial não precisaram interromper as transmissões das partidas, já que grande parte dos jogos terminou às 20h. De acordo com pesquisa encomendada pela ABERT, 68% dos brasileiros concordam com a flexibilização do programa. Pleito antigo Antiga reivindicação das emissoras de rádio, a flexibilização da Voz do Brasil está prevista em projeto de lei de autoria da deputada Perpétua Almeida (PC do B/AC), em tramitação na Câmara dos Deputados. O texto já foi aprovado pela Casa em 2006, mas como sofreu alteração no Senado, teve que retornar à Câmara em 2010. A proposta aguarda inclusão na pauta de votações da Câmara e, se aprovada, dependerá apenas de sanção presidencial
Fonte:  ABERT
Foto: Divulgação

sexta-feira, 10 de junho de 2016

80% escutam rádio pela internet ao menos uma vez por semana

Oito em cada dez pessoas escutam rádio pela internet pelo menos uma vez por semana. Esse dado faz parte de uma pesquisa sobre o mercado e o consumo de rádio tradicional, rádio pela internet e áudio digital realizado pela Audio.ad no Brasil, México, Colômbia, Chile, Argentina e Peru. Dos cinco mil entrevistados, 94% escutam áudio digital, seja rádio online, serviços de streaming ou outras mídias online. Além disso, 46% dos entrevistados consome áudio digital quando navegam ou quando estão trabalhando. Com relação à visualização, 46% dos que escutam rádio na internet compartilham conteúdos e interagem em redes sociais enquanto estão escutando. E os PCs ainda são o meio através do qual a maioria (52%) consome o conteúdo. Os smartphones são a opção de 45% e os tablets para 19%. Um ouvinte padrão escuta, pelo menos, 10 horas de áudio digital por semana. A faixa etária de 35 a 44 representa 49% dos entrevistados, enquanto 33% têm idade entre 18 e 34 anos e 18% com mais de 45 anos. Entre os conteúdos mais consumidos estão música (65%), notícias (33%) e esportes (20%). A rádio é considerada uma parte importante de suas vidas para 97% dos entrevistados. Enquanto isso, 50% esperam escutar mais rádio durante 2016. Os serviços de streaming mais populares entre os entrevistados são Spotify, representando 32% das opiniões, Soundcloud (24%) e Deezer (22%). De acordo com a pesquisa, seis em cada dez entrevistados consome áudio através de serviços de streaming de música. A influência que o rádio exerce na vida dos consumidores também foi analisada. Com isso, 63% compram dois e cinco produtos divulgados pelo rádio por ano. Para 55%, pelo menos um produto anunciado pelo rádio no último ano foi comprado. E por falar em compra, os eletrônicos (51%) são os produtos/serviços de maior interesse para o consumidor de áudio digital. Na sequência estão moda e acessórios (39%), eletrodomésticos (35%), entradas para eventos (33%) e passagens (31%). A publicidade na rádio pela internet, por sua vez, não é considerada excessiva para 90% dos entrevistados.
Fonte:  PROPMARK

Rádios renovam técnicas de engajamento

Mario Baccei do Grupo Bandeirantes
A relação entre a Mix FM e a estudante Júlia Leal Sanches ficou ainda mais próxima depois que a ouvinte ganhou uma promoção e viajou a Londres, no ano passado. O destino internacional foi apenas parte do prêmio: o que Julia gostou mesmo foi de conhecer a banda inglesa One Direction. “A Mix realizou meu sonho”, diz a fã. A rádio do Grupo Mix de Comunicação também saiu vitoriosa: a promoção atraiu mais de 1.000 (mil) admiradores do grupo que deveriam, no decorrer de um mês, reconhecer trechos das músicas do One Direction durante a programação e cadastrar seus achados em um hotsite. A ganhadora Julia, de 20 anos, virou um canal espontâneo de divulgação da rádio ao postar em suas redes sociais textos e fotos do encontro com a banda. “Até meu pai passou a ouvir a rádio”, conta. Encontrar ídolos, pedir músicas, brindes e adesivos: as rádios se utilizam, há muitas décadas, de diversas ações para conquistar o público. Hoje, tais iniciativas querem, também, envolver a audiência com a marca. É uma das prioridades para a Mix FM. “Trabalhamos para transformar os ouvintes em fãs”, fala Marcos Vicca, diretor artístico e de relacionamento da rádio. Para Sérgio Amaral, vice-presidente comercial, as ações envolvendo o Tomorrowland conseguiram refletir esse posicionamento. “Dez ouvintes, e quatro amigos de cada um deles, foram para uma área VIP do festival, em ônibus personalizado”, conta. Além de promoções com cantores como Justin Bieber, Demi Lovatto e Ludmilla, a Rádio Disney tenta manter a audiência ligada colocando o público em sua programação. O ouvinte pode gravar mensagens para serem veiculadas no programa Despertador. Já tivemos até pedidos de casamento”, conta Melissa Vergara, gerente de marketing da Rádio Disney. A presença no digital passou a ser fundamental para conseguir engajamento, seja para promoções ou para as emissoras que dependem do público até mesmo para colaborar com conteúdo. A SulAmerica Trânsito, por exemplo, necessita dessa troca de informações constante e o WhatsApp entrou na rotina da produção dos programas. “Muitas vezes os ouvintes são mais rápidos que o Waze e a CET para avisar onde está o problema”, comenta Mario Baccei, vice-presidente de rádio do Grupo Bandeirantes. A emissora recebe, diariamente, dez mil mensagens pelo aplicativo e 1,5 mil e-mails. Para Luís Fernando Bovo, editor executivo de conteúdos digitais e responsável pelas rádios do Grupo Estado, o conteúdo é o principal engajador e as redes sociais servem como termômetro para medir acertos e erros. “A web deu força às rádios”, diz o jornalista, apontando que desde janeiro, a rádio e a redação do jornal estão unificadas. Os anunciantes estão atentos e interessados em participar dessa conversa, seja nas rádios tradicionais ou web rádios. O spot de 30 segundos ainda é o formato publicitário mais utilizado, mas as marcas podem encontrar outras alternativas nas versões digitais. No fim de maio, a Audio.Ad, que atende a cerca de 500 rádios na plataforma, anunciou um novo tipo de inserção que permite que o usuário interaja com o anúncio utilizando a voz em vez do clique. “ Se manter atrativo é o maior desafio de todos os veículos, a disputa é pelo tempo das pessoas”, afirma Mariza Tavares, diretora de jornalismo da CBN.
Foto Divulgação

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Para se reerguer rádio tenta "competir" com plataformas visuais

Leco Presidente do SP e Wanderley Nogueira
durante  transmissão ao vivo na Jovem  Pan
Quando falamos que atual fase do rádio esportivo do Brasil  é agonizante muitas pessoas desdenham e falam que o rádio nunca vai acabar e da sua importância como fonte de informação e entretenimento, ok eu também concordo, mas para tentar se reerguer ou reinventar o maior veículo de comunicação busca literalmente melhorar sua imagem.  Além de perder ótimos profissionais e patrocinadores o rádio segue perdendo cada dia mais ouvintes, tanto que o rádio está deixando de ser rádio e está virando tv. Isso mesmo, o rádio de hoje não é  somente áudio é imagem também. Assim tenta competir com outras plataformas visuais ( tvs e internet ) tamanho é o seu enfraquecimento. Quando falamos de cobertura esportiva a situação é ainda mais precária. Grande exemplo é a matéria feita pelo colega Auvaro Maia que destaca  que somente quatro emissoras de rádio do Brasil compraram os direitos de transmissão da Copa América do Centenário. Esse é o pior cenário da história da cobertura esportiva do rádio quando se fala de uma competição desse nível e cobertura da seleção brasileira de futebol. É ou não é triste e agonizante essa atual fase?

Na estreia da Seleção Brasileira na Copa América Centenário, disputada nos Estados Unidos, aparentemente apenas três rádios do Brasil compraram os direitos e transmitiram o empate com Equador por 0 a 0 em Pasadena. Rádio Gaucha de Porto Alegre com narração de Gustavo Manhago, comentários: Cléber Grabauska e reportagens: Sérgio Boaz. Rádio Jornal de Pernambuco. Com narrador : Roberto Queiroz; Repórter : Igor Moura; Comentarista: André Luiz Cabral. Rádio Nacional do Rio de Janeiro (EBC). Narração: Carlos Borges; Comentários: Claudio Carsughi; Reportagens: Rodrigo Ricardo e  Grupo Bandeirantes de Rádio - Bandeirantes AM/FM de São Paulo (Bradesco Esportes, BandNews, Bandeirantes/820/Goiânia) com Ulisses Costa,Sérgio Patrick e Fábio França. Na concentração da Seleção Brasileira em Pasadena na sexta feira (03), somente três repórteres de rádios do Brasil estavam presentes acompanhando a Seleção Brasileira. São eles: Sérgio Boaz(Gaúcha), Leonardo Baran (Itatiaia/BH e rádio Brasil/RJ) e Osires Nadal ( de Ponta Grossa/PR – não foi possível a confirmação de qual emissora ele fez a cobertura).
Reprodução: Internet
Matéria Copa América: Auvaro Maia