quarta-feira, 25 de maio de 2016

Sidney Rezende deixa a EBC menos de um mês após ser contratado

O jornalista Sidney Rezende (Imagem: Divulgação/EBC)
O jornalista Sidney Rezende não é mais apresentador da Rádio Nacional. Em reportagem veiculada no último fim de semana, O Globo anunciou que a Empresa Brasil de Comunicação (EBC), responsável pela manutenção da emissora no ar, decidiu romper o contrato com o comunicador, que apresentava desde o último dia 4 o programa ‘Nacional Brasil’. A última edição do noticiário foi transmitida na sexta-feira, 20. Em contato com a reportagem do Portal Comunique-se, a gerência executiva de comunicação e marketing da EBC confirmou, por meio de e-mail, o interrompimento do contrato e informou que a decisão partiu do presidente da República interino, Michel Temer. "A suspensão do contrato com o apresentador Sidney Rezende se deve tão somente à contenção de gastos determinada pelo presidente da República Michel Temer a todo Governo Federal. A Diretoria da EBC vai rever os contratos a fim de atender a essa determinação". A decisão da EBC fez com que a passagem de Rezende pela Rádio Nacional não completasse um mês de vida. Anunciando como reforço da emissora no fim de abril, ele estreou a atração matinal transmitida de segunda a sexta-feira, das 7h às 10h, em 4 de maio. Um dos fundadores da Central Brasileira de Notícias, a CBN, a rápida passagem pelo veículo marcou o retorno do jornalista ao rádio depois de oito anos afastado do meio. A notícia sobre o rompimento contratual entre o apresentador e a empresa pública foi divulgada no mesmo dia em que o jornalista Laerte Rímoli, então assessor na Câmara dos Deputados, foi nomeado por Temer como o mais novo diretor-presidente da EBC, passando a ocupar a função que estava sob responsabilidade de Ricardo Mello. A informação foi publicada no Diário Oficial da União da última sexta. Exonerado do cargo, Mello recorreu ao STF para se manter à frente da gestão.
Reclamação interna 
O acerto de Sidney Rezende com a EBC foi criticada por colegas da casa. Em nota, o grupo “Trabalhadores do Radiojornalismo da Empresa Brasil de Comunicação das praças de Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo” se posicionou contra a decisão da diretoria em se acertar com o âncora “em um período de recessão e enxugamento da máquina pública”. De acordo com a reclamação, o contrato do apresentador somaria mais de R$ 1 milhão em 12 meses.
Foco no online 
Fora da EBC, Rezende volta a se dedicar integralmente ao site SRZD. Sem abordar o fim da curta relação profissional com a Rádio Nacional, o jornalista usou a página que mantém no Facebook para comemorar o aniversário de 10 anos do veículo de comunicação online. “Os 10 anos do SRZD são fruto do empreendedorismo em micro escala. Mas também pedacinho de noites mal dormidas, lágrimas incontáveis, suor contundente de cada um que forjou-nos para olhar para frente e dizer: ‘Brasil, estamos aqui em pé e de cabeça erguida’”, publicou o comunicador na madrugada desta segunda-feira, 23.
Fonte: Comunique-se

quinta-feira, 19 de maio de 2016

BandNews FM chega aos 11 anos com nova emissora em Vitória

Ricardo Boechat e Eduardo Barão
no estúdio da BandNews FM
Neste ano, a programação da emissora chegou a Orlando, nos Estados Unidos, com a Brasil Radio, do Grupo Bandeirantes. No início de maio, a Rede BandNews FM inaugurou uma emissora em João Pessoa (PB) e, na próxima segunda-feira, chega a Vitória (ES). Para comemorar a estreia da 11º emissora da Rede, Ricardo Boechat e Eduardo Barão comandarão a programação da BandNews FM direto da capital capixaba a partir das 7h30. Na sexta-feira, aniversário da emissora, a BandNews FM prepara uma programação especial ao lado dos ouvintes. Parte do noticiário será apresentada direto de um estúdio avançado no Memorial da América Latina, na zona oeste da capital paulista. Entre 9h e 11h, o âncora Eduardo Barão comandará o “BandNews São Paulo” com a presença convidados. A partir das 16h, André Coutinho apresenta o “BandNews em Alta Frequência”. Sobre a BandNews FM A BandNews FM é a primeira rede de emissoras FM do país com programação jornalística 24 horas. A rádio une a dinâmica, o som, a velocidade e a modernidade do FM com a abrangência de rede e força na atuação local. Embalada por uma plástica moderna, a emissora FM apresenta jornais completos a cada 20 minutos atualizados constantemente. Ricardo Boechat, Tatiana Vasconcellos, Dora Kramer, José Simão, Mônica Bergamo, Milton Neves, Sheila Magalhães, Eduardo Barão e mais um time incomparável de colunistas e âncoras que informam, analisam e opinam sobre política, economia, esporte, trânsito, tempo, lazer e assuntos de alto interesse no momento em que ele acontece. Ganhadora de importantes prêmios da mídia, a Rádio BandNews FM é referência na divulgação rápida de notícias e na formação de opinião nos principais mercados do país. A Rede BandNews FM é composta por São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Salvador, Brasília, Fortaleza, João Pessoa e Vitória.
Foto: Divulgação

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Cobertura eleitoral começa na CBN com a retomada do projeto ‘Seu bairro, nossa cidade

A CBN deu hoje  a largada para a cobertura das eleições municipais com a segunda edição do projeto “Seu bairro, nossa cidade”. Em São Paulo, a reportagem vai percorrer os 96 distritos paulistanos, mostrando seus desafios e necessidades, com o objetivo de levantar as prioridades de cada região. Será um bairro por dia, de segunda a sexta, passando alternadamente pelas zonas Norte, Sul, Leste, Oeste e Centro. No Rio de Janeiro, as repórteres Nathalia Toledo e Juliana Duarte também vão se dedicar a 90 dias de visitas aos bairros cariocas, até 30 de setembro. No site da CBN constará a lista de bairros a serem visitados em cada semana, de forma que os moradores possam se mobilizar e enviar sugestões através do WhatsApp do CBN São Paulo (11 99913-1943) ou do CBN Rio (21 99764-2371).

Participações especiais no rádio esportivo de São Paulo

Rede Contínua

A web Rede Contínua contou com a participação de Alexandre Prartzel (ex-Rádio Bandeirantes e 105FM) na abertura do Campeonato Brasileiro no jogo entre Corinthians 0x0 Grêmio, que teve a narração de Gabriel Dias, reportagens de Vinicius Alexis, apresentação de Peter Muller e com a participação de Ricardo Soares. Alexandre Praetzel irá comentar no próximo domingo no estádio do Morumbi o jogo entre São Paulo x Internacional.

105 FM

Já na 105 FM  quem  foi o comentarista convidado foi o jornalista Conrado Giulietti da ESPN, ele foi o convidado especial no jogo entre Palmeiras e Atlético Paranaense que teve a narração de Ricardo Melo, Ricardo Martins na ancoragem e comentários e reportagem de Luís Marcelo Bigatto e Marcelo Torvano. Conrado Giulietti é editor chefe do Mundo ESPN, começou a carreira na Globo/CBN e depois se transferiu para o projeto de Rádio da então Eldorado ESPN.  

Blitz Rádio Estadão ouvirá reclamações de todos os bairros de São Paulo

A Rádio Estadão quer saber quais são os problemas que mais afligem os bairros da cidade. Para isso dará a palavra ao morador, que será ouvido e terá sua reclamação levada às autoridades. Esse é o objetivo da Blitz Rádio Estadão, serviço que entra no ar esta semana e que passará por todos os bairros da Capital, começando por São Miguel Paulista, na zona leste. De segunda a sexta-feira, das 10h às 16h, uma equipe da emissora estará em alguma área de São Paulo para ouvir moradores e comerciantes, com boletins durante a programação e nos jornais da emissora. Depois, a Rádio Estadão levará as principais reclamações para as autoridades. A ideia não é só apontar os problemas de uma região, mas discuti-los e buscar de uma solução com os órgãos competentes. Além das entradas no ar, a Blitz Rádio Estadão terá blog no Portal Estadão, onde será postado tudo o que foi apurado durante as visitas. Os moradores vão poder mandar sugestões de lugares para visitarmos pelo WhatsApp da rádio (11-99481-1777).

Bradesco Esportes FM celebra 4 anos com tocha olímpica e transmissão direto do Museu do Futebol

A Rádio Bradesco Esportes FM 94.1 completa quatro anos nesta terça, dia 17, com uma série de ações com os ouvintes. Entre elas, uma réplica da tocha olímpica estará na sede do Grupo Bandeirantes, no Morumbi, para que ouvintes escolhidos tirem uma foto. O jornal O Mundo dos Esportes, segunda edição, será realizado em frente ao Museu do Futebol, no Pacaembu, das 14h15 às 16h, com a presença dos comentaristas Denílson e Bernardo Ramos. Uma camisa da seleção brasileira autografada pelo pentacampeão mundial será dada de presente a um ouvinte que for ao local. Também nesta terça, será disputada a decisão da primeira Copa Bradesco Esportes FM de futebol society, na Arena Neymar Soccer Grass. A competição, com times organizados por ouvintes, começou no sábado passado. A decisão vai começar às 20h.

Narrador Antônio Edson, o "Tonicão", é novo integrante da Equipe Futebol.Com

"Tonicão" está de volta ao rádio
Com mais de 40 anos de atuação em rádio, sendo cerca de 30 anos em emissoras da capital paulista, o narrador Antônio Edson, o “Tonicão”, é o novo integrante da Equipe Futebol.Com, projeto que transmite jogos de futebol “in loco” para uma rede de rádios do Brasil. A estreia de Tonicão, que estava na Rádio Transamérica São Paulo, ocorre na segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Cerca de 20 emissoras compõe a rede da Equipe Futebol.Com, que deverá integrar também no mesmo sistema mais de 30 rádios para a transmissão de partidas da atual temporada. Tonicão destacou a importância do rádio em sua vida e o novo momento que viverá na carreira. “A minha história está complemente ligada ao rádio, em especial ao rádio esportivo. Devo tudo a esse meio-de-comunicação que é viciante e apaixonante. O projeto da Equipe Futebol.Com segue condições que não abro mão que é de transmissão profissional com descontração”, ressaltou o narrador. Além de Tonicão, a equipe Futebol conta com o  narrador Carlos Kabela,  o comentarista Moisés Lacerda, que atua há mais de 20 anos, o experiente jornalista Gustavo Antoniassi, o narrador Ederaldo Poy, os repórteres Rafael Pio e Cristian Eduardo; e o coordenador Rafael Nimoi. Fazem parte da rede as Rádios Brasil (Santa Barbara D´Oeste), FM 90 (Salto/Itu-SP), Clube AM e Tropical FM (Araras-SP), Clube AM e Itaipu FM (Ourinhos-SP), Esperança FM (Novo Horizonte-SP), Venceslau AM (Presidente Venceslau-SP), Ativa AM (Bugres do Rio-MT), Kairós FM (Terra Boa-PR), Onda Jovem FM (Criciúma-SC), Sinal 2 FM (José Bonifácio-SP), Cristal FM (Cafelândia-PR), Prima FM (Monte Mor-SP), Paraíso FM (Nova Odessa-SP), Ji-Parana AM (Ji-Paraná-RO), FM 105 (Mossoró-RN), Rincão FM (Rincão-SP), Mania (Ibatiba-ES) e Super Difusora (Itapetininga). 
Foto: Divulgação

Panini lança álbum do Brasileirão

Capa do álbum desse ano
A Panini lançou nesse final de semana, o álbum de figurinhas oficial do Campeonato Brasileiro 2016 em um novo formato, ainda mais completo e atualizado para os colecionadores. Pela primeira vez, o álbum foi lançado no início da temporada, já na primeira rodada do campeonato – e com a chancela da Confederação Brasileira de Futebol - CBF. E para a coleção fazer parte da competição desde o primeiro chute até a última rede balançar, sem deixar nenhum craque de fora, o álbum prevê dois grupos de espaços de figurinhas extras nas páginas de cada clube da série A para colocar aquele reforço que foi contratado ou aquele jogador que vier a se destacar e que ainda não estava no álbum, com duas fases de atualização – em agosto e outubro, que serão marcadas por pacotinhos em cores diferenciadas nas bancas. Para celebrar todas as novidades desta nova edição, o colecionador leva um cromo a mais no envelope – são 6 figurinhas por envelope. A coleção reúne 520 cromos autoadesivos, sendo 200 deles especiais, em papel brilhante, retratando bandeira, camisa, mascote e escudo de cada time. O produto começa a chegar às bancas a partir de 15 de maio.  O layout da edição deste ano é arrojado. A capa com a famosa ilustração da jogada do voleio utilizada desde os primeiros álbuns da Panini é cercada pelos escudos dos 40 times que disputam as séries A e B e, em conjunto com o ano 2016 ampliado, representam graficamente uma taça. A capa traz ainda detalhes em verniz e este ano, além da edição premium, em capa dura,  a empresa lança uma edição limitada do álbum brochura com capas metalizadas. Estas duas edições especiais levam ainda o logo da CBF nas capas. O álbum já começa diferente: logo na abertura, a figurinha número zero reúne os mascotes dos times da série A representando a força e a união dos clubes.  O “abre” de cada série traz um histórico do que aconteceu no ano passado destacando um quadro com os resultados de todos os jogos, fotos dos campeões de 2015, os últimos campeões, os artilheiros e muito mais.   Em ordem alfabética, América-MG e Atlético-GO dão início, nas séries A e B, respectivamente, à  galeria dos 560 jogadores apresentados nesta fase inicial. É onde os times mostram todo seu poderio com os craques Leandro
Guerreiro (América-MG), Robinho (Atlético-MG), Walter(Atlético-PR), Jefferson (Botafogo-RJ), Kempes (Chapecoense-SC), Elias (Corinthians-SP), Negueba (Coritiba-PR), Fabio (Cruzeiro-MG), Rafael Moura (Figueirense-SC), Paolo Guerrero (Flamengo-RJ), Fred (Fluminense-RJ), Giuliano (Grêmio-RS), Valdívia (Internacional-RS), Gabriel Jesus (Palmeiras), Cristian (Ponte Preta-SP), Grafite (Santa Cruz-PE), Ricardo Oliveira (Santos-SP), Ganso (São Paulo-SP), Magrão (Sport-PE) e Diego Renan (Vitória-BA), entre tantos outros craques. Na segunda quinzena de agosto a Panini fará um segundo lançamento com figurinhas de atletas que foram contratados e/ou os que vierem a se destacar na competição e que não entraram na primeira fase. Além da atualização em agosto, a coleção terá outra, em outubro, fazendo com que a coleção fique superatualizada, seguindo passo a passo as principais mudanças de cada time. Os espaços de figurinhas nas páginas dos clubes que receberão essas novidades estão identificados no álbum pela numeração seguida de X (fase 2) e Y (fase 3). Essas atualizações são exclusivas da Série A. “Para acompanhar e estar sempre à altura do principal torneio entre clubes de futebol do Brasil – carinhosamente chamado de Brasileirão pelos torcedores – a PANINI promoveu uma verdadeira ‘revolução editorial’ no álbum do Campeonato Brasileiro na edição 2016, com o lançamento que acompanha o início do calendário do evento e espaços para novas figurinhas que chegam ao mercado em duas fases de atualizações. Tudo isso para celebrar e prestigiar ainda mais a disputa. O conceito é que o álbum seja constantemente aprimorado e incrementado de acordo com as necessidades do público”, comenta o diretor-presidente da Panini, José Eduardo Severo Martins.

sexta-feira, 13 de maio de 2016

A transmissão de futebol no rádio brasileiro tem que ser repensada?

Anúncio da Rádio Record na revista Placar em 1989.
 Audiência 
em alta e anunciantes na fila
(Imagem: Reprodução/Placar)
Não é segredo pra ninguém que o rádio esportivo já viveu melhores momentos  em sua trajetória de mais de 90 anos de vida. Digamos que a última grande fase do rádio, esportivo foi a década de 80, números incríveis na audiência e equipes de  esportiva de qualidade  "brigavam" de igual pra igual. Lembro que o efeito sonoro do tempo de jogo conhecido como "mug" dava eco nos estádios de futebol. Na década de 90 veio a tv a cabo e consequentemente tantas outras tecnologias que colocaram de certa forma o rádio em segundo plano. Mas é hoje o que mudou?  No domingo, principal dia do futebol que tem jogo a tarde o esquema de transmissão continua exatamente igual,  as emissoras começam a falar logo cedinho do jogo tal que vai lotar o estádio etc... Se for final de competição então nem se fala. Tem pré jogo desde as 8 ou nove horas, o esquenta, a concentração etc....Comentaristas debatem, reportagem , ouvinte..(haja produção)  ...  na hora do almoço mais debate, convidados e matérias especiais, replay de gols históricos.... aí vem a abertura da jornada que acontece geralmente uma hora antes....o jogo, a finalmente o jogo ...narradores....comentarista...reportagem...gol, o grande momento, intervalo, o lance polêmico e o fim da partida. O  locutor exausto se despede antes anuncia o pós jogo....e por aí vai... replay do gol, entrevistas coletivas chatas  e arrastadas....depois de um bom tempo vem o tão aguardado destaque final do repórter  que é o primeiro a chegar e o último a sair. Ufá! tudo isso acontece e o domingo foi embora, aquele produtor que trabalhou em média 12 horas e vai embora depois das 21 horas zonzo de tanto trabalho.
Será que não existe um certo exagero nesse modelo?  Pensando nisso, ouvimos alguns jornalistas que relatam o que acham do modelo brasileiro e como é a cobertura na Europa Europa por exemplo. A discussão está aberta:

Wanderlei Nogueira da Jovem Pan e
TV Gazeta tem mais de 40 anos de profissão
Wanderlei Nogueira, repórter esportivo da Rádio Jovem Pan  desde 1977
" As transmissões esportivas no Brasil sempre foram muito diferente de outros grandes centros mundiais. Na Europa as transmissões tem menos emoção em relação aquilo que é apresentado por aqui. As culturas são diferentes. Recuando no tempo, acho que ouvintes tinham uma oferta maior de informação. Os repórteres com mais liberdade em campo, mais entrevistas, mais participações e mais revelações daquilo que acontecia no gramado. Nem bem o jogo terminava, lá estavam os repórteres nos vestiários. Chegavam a entrevistar os jogadores ainda no chuveiro...Boas entrevistas, interessantes e engraçadas. Hoje, há muitas restrições de tempo e espaço impostas pelos responsáveis pelas competições. Os repórteres precisam ser verdadeiros malabaristas , equilibrando pratos, vencendo obstáculos, criando alternativas e fazendo um esforço muito grande para levar uma boa carga de informações. Enfrentam fiscais, dirigentes, assessores e alguns estafes intragáveis." "As jornadas esportivas sempre foram iniciadas horas antes das partidas. Hoje, oficialmente , são abertas 1 hora antes do apito inicial. Mas, antes disso,os programas esportivos esquentam o evento. Entrevistas, enquetes, depoimentos , boletins informativos, participação dos ouvintes pelo telefone e convidados especiais. Com muitas vozes , os programas fluem naturalmente, o tempo passa rapidamente. A Jovem Pan tem grande preocupação em fazer um bom "final de semana". Matérias especiais com a participação de toda a equipe de esportes:apresentadores , repórteres, comentaristas, narradores, produtores...todos produzem material para o nosso final de semana esportivo. Não falta conteúdo .E como diz nosso vice-presidente, Marcelo Carvalho," está dando certo..." Ele tem razão" . Espero que seja isso ... 

Jornalista é correspondente Internacional 
O futebol nas rádios inglesas Por Ulisses Neto, correspondente  do Esporte Interativo e da Jovem Pan.    Talvez a forma mais simples de explicar as diferenças das transmissões do futebol na Inglaterra e no Brasil esteja na comparação inconteste entre Premier League e Campeonato Brasileiro. De um lado, temos uma competição moderna, mecanizada, que arrecada bilhões de libras todos os anos - monetizando tudo que é possível - e com sucesso internacional consolidado. De outro, um torneio que claramente necessita de reformulação em seu produto, com graves problemas financeiros e que aos poucos perde relevância na audiência ingressante. Na Inglaterra, apenas três rádios de alcance nacional compartilham os direitos de transmissão da Premier League: BBC 5 Live (AM e Digital), talkSPORT (AM e Digital) e Absolute Radio (FM e Digital). Os valores dos contratos de transmissão do rádio não são divulgados. Mas é possível dimensionar a realidade inglesa usando os números da televisão. No último leilão para o triênio 2016-2019 foram arrecadados mais de cinco bilhões de libras, ou o equivalente a 25,7 bilhões de reais. Ainda que o custo para o rádio seja apenas uma pequena fração desse valor, certamente estamos falando de uma cifra bastante significativa. As três donas das transmissões na Inglaterra têm perfis distintos e suas jornadas refletem isso. A BBC 5 alcança um público mais tradicional e abrangente, enquanto a talkSPORT, dedicada exclusivamente ao futebol, fala para os aficionados pelo esporte. Já a Absolute Radio, que tem programação musical, inclui a transmissão dos jogos em um programa batizado de Rock&Roll Football. Como o nome sugere, as partidas, análises e comentários são intercalados com hits de artistas britânicos. Em comum entre as três, apenas o modelo da transmissão com bola rolando. Dois narradores - um principal e um comentarista com intervenções a cada lance - comandam o ao vivo. Não são utilizados repórteres de meta e não são feitas entrevistas à beira do campo. Coletivas não costumam ser transmitidas por nenhuma das três e as jornadas esportivas são bem mais curtas que no Brasil (no máximo 45 minutos de pré e pós), exceção feita à talkSPORT que, conforme explicado, dedica sua programação exclusivamente ao futebol. Lembrando que, por causa do compartilhamento dos direitos, as rádios não transmitem jogos na sequência, como ocorre no Brasil. Outra diferença impactante da transmissão inglesa é que não há utilização de vinhetas, trilhas sonoras ou nada que interfira a narração do jogo. A história é contada apenas pelos comentaristas e o som ambiente, sem sonoplastia alguma durante o período de bola rolando. E isso faz muita diferença para os ouvidos habituados ao rádio brasileiro. O pré-jogo, porém, é preenchido com material exclusivo e preparado para aquecer os confrontos. Como o papel do repórter ao vivo praticamente inexiste, o conteúdo traz reportagens especiais produzidas durante a semana, entrevistas exclusivas com jogadores - que na Inglaterra conversam pouco com a imprensa - e análises elaboradas sobre os times. Confesso que ao chegar na Inglaterra levei um choque ao acompanhar as transmissões inglesas. O conteúdo local é realmente muito diferente do que é feito no Brasil. Há mais dinheiro envolvido e, por isso, a qualidade das produções pré e pós-jogo é, na minha opinião, mais interessante e bem elaborada. Entretanto, a 'emoção do rádio' é uma expressão que o público inglês desconhece. O ritmo, a estética e o padrão das transmissões podem ser bastante adequados para os europeus, mas jamais funcionariam para a audiência brasileira. Modernizar as transmissões do rádio brasileiro é, sem dúvida, um desafio tão grande quanto modernizar nosso campeonato como um todo. Tentar implementar no Brasil algo que funciona na Europa seria um erro crasso. Porque as expectativas da audiência são completamente diferentes. O produto é encarado com uma abordagem distinta. E porque os interesses dos envolvidos convergem para fortalecer a Premier League cada vez mais, e não apenas as expectativas comerciais individuais. O que se pode aprender com os europeus, no entanto, é que a concepção de um formato leva em conta a expectativa elevada de quem vai consumir a transmissão. O nível é alto em todos os lados da pirâmide: audiência, radialistas e futebol. Se for considerada a premissa básica de que do outro lado do rádio está um ouvinte que espera uma transmissão de altíssima qualidade, o resultado de qualquer reformulação certamente vai alçar o rádio brasileiro à outro patamar.

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Ondas Curtas - edição 74

O rádio voltou a ter um grande momento nesses últimos dias de turbulência política do País. Rápido e dinâmico como sempre fez o seu papel, informando seus ouvintes a todo momento, destaque principalmente para todas as emissoras" all News"  jornalísticas, como exemplo a coluna destaca Jovem Pan, CBN, Bandeirantes e Gaúcha Sat.


As novas demissões feitas pelo Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro  voltou a provocar instabilidade no departamento de esportes em suas praças, principalmente São Paulo.

Quem é o novo homem forte da parceria Globo/CBN em São Paulo é Robinson Vasconcelos. Com passagem pela TV Globo e GloboEsporte.com no Rio de Janeiro, Robinson (homem de confiança do Diretor Marcelo Soares) será o terceiro coordenador do esporte em SP e deve fazer novas modificações no esporte.


Em tempos de crise, principalmente no meio rádio, o que não falta hoje na maioria das redações são acúmulos de função e o chamado "assédio moral".


Confirmado.  A nova equipe de esportes terceirizada  da Rádio Capital de São Paulo estreia no próximo domingo junto com a rodada inicial do Campeonato Brasileiro. Além de comandar a equipe de esportes Paulo  Eugênio Barboza  vai ancorar as jornadas esportivas, os outros nomes confirmados São Marcelo Batista e Diguinho Coruja. As transmissões serão 100% Off Tube ( pelo estúdio) e vão acontecer inicialmente somente as quartas-feiras e domingos. O programa de esportes será de segunda a sexta-feiras das 17:30 as 18:30.  


Ótima iniciativa  do Grupo Estado em voltar a ter na grade da Rádio Estadão um espaço diário para o esporte, o lado ruim é que ninguém foi contratado para o novo projeto.


O narrador e apresentador Alberto César da Rádio Central de Campinas  se despede da emissora nessa quinta-feira. Sua última partida na emissora será o jogo entre Ponte Preta e Genus pela Copa do Brasil no Moisés Lucarelli. Alberto César esteve na Rádio Central por 13 anos e vai seguir normalmente na Rede Família de Televisão.


Além de coordenador, apresentador e repórter da 105 FM de São Paulo, Ricardo Martins também está fazendo comentários em algumas jornadas esportivas. A emissora também dispensou profissionais recentemente.


Com passagens pelas rádios Globo e CBN, o professor e  jornalista Marco Aurélio Carvalho da Rádio Nacional, emissora da EBC (Empresa Brasileira de Comunicações) vem fazendo um ótimo trabalho na emissora ao  recuperar a memória do rádio com quadros de seu programa matinal que elevou consideravelmente os índices de audiência da emissora.



Um novo projeto de cobertura esportiva com transmissões de jogos  pela internet no esquema pay-per view deve emplacar de vez a partir do campeonato brasileiro, uma ótima notícia para o mercado.



O almoço que vai marcar o lançamento da 14ª edição do Prêmio Comunique-se conhecido como  "Oscar do Jornalismo Brasileiro" acontecerá na próxima terça dia 17  em um renomado restaurante da zona sul de São Paulo. O tema desse ano será o Rock and Roll.


A ACEESP, Associação dos Cronistas esportivos do Estado de São Paulo confirmou essa semana que  vai acontecer em setembro a 5ª edição do Copa Imprensa ACEESP de Futebol Society. Penalty e Itaipava serão os parceiros da entidade na edição desse ano.

Dia desses o experiente jornalista Roberto Carmona  da Transamérica, criticou de forma irônica a ACEESP em um de seus comentários. O repórter disse no ar que já tinha ocupado o cargo de diretor da entidade e que hoje não faria questão nenhuma te ter novamente esse cargo na entidade. O ex-árbitro Roberto Godoy que também trabalha na emissora também criticou a ACEESP que em 2013 homenageou Carmona  pelos 50 anos de carreira. Na oportunidade o repórter elogiou a entidade e participou ao lado de outros colegas de emissora do jantar comemorativo de final de ano. (veja aqui)   

Rádio Vozes será lançada dia 16 e terá o comando de Patrícia Palumbo

A  jornalista Patrícia Palumbo é especializada
 em rádio e responsável pelo projeto
Com uma programação diversificada, e uma equipe de apresentadores de primeira linha e a curadoria de Patricia Palumbo, referência em música brasileira: a Rádio Vozes representa renovação de linguagem e um modelo de negócio inovador no mercado nacional. No ar a partir de 16 de maio via web (www.radiovozes.com) e aplicativo (IOS e Android), a rádio reúne interatividade e conteúdo de qualidade através da transmissão ao vivo ou da escuta sob demanda, em streaming musical gratuito e podcasts (programas em áudio) que abordam meio ambiente, mobilidade urbana, cotidiano, gastronomia, jazz, MPB, entre outros temas.
 “A rádio Vozes é uma rádio web com programação 24 horas por dia. A base da rádio é boa música, sendo 70% nacional, com uma seleção rica em gêneros, épocas e estilos, além de uma variedade internacional relevante, pop, jazz e música erudita em doses curtas e elegantes” , explica Patricia Palumbo, idealizadora e sócia do projeto. “A grade de programação diária vai além da música. Os programas são apresentados por artistas, músicos, especialistas de diversas áreas, jornalistas que trarão os mais variados temas para o dia a dia do ouvinte.”  Os 23 podcasts já confirmados para o lançamento no dia 16 de maio contemplam variados públicos, como as crianças e famílias – com a “Faixa Infantil” -; os casais apaixonados – por meio do “Correio Elegante” -; e os amantes da gastronomia e dos vinhos – “Meio Amargo com Helena Mattar” e “Tabuleiro”. Não haverá intervalos comerciais durante a programação, isenta também das amarras do “jabá” e da concessão pública. A iniciativa preenche uma lacuna no mercado de rádio nacional, inspirada em modelos europeus e norte-americanos. 
Explorando o streaming e os podcasts, a rádio Vozes se alinha ao crescimento dessas plataformas internacionalmente, com a expansão do alcance das mídias digitais e a popularização das emissões online ao vivo e sob demanda. Junto com a rádio, será disponibilizado ainda o Portal Vozes, que é a casa da rádio Vozes. Nele, o leitor/ouvinte/internauta terá acesso aos programas, acervo, grade, histórico e outros canais de conteúdo, além da opção de personalizar a programação na “Minha rádio”.
Pioneirismo digital e modelo de negócio contemporâneo são algumas das principais características da nova rádio, que visa ser referência de conteúdo musical, cultural e tecnológico no Brasil a partir do conceito “Essa é a minha voz”. “A rádio Vozes quer ocupar e refletir a cidade e seus habitantes através de um suporte tecnológico moderno. Nosso público-alvo são todas as pessoas que sentem falta de uma rádio viva, contemporânea, que traga conteúdo junto com boa música”, conclui Patricia Palumbo.


Sobre a Rádio Vozes (ficha técnica)
Sócios: Eduardo Pinho e Patricia Palumbo -Curadoria: Patricia Palumbo - Estúdio: Luppi Arts - Tecnologia Mobile: Jera - Programação e desenvolvimento do site: Gil Barbara - Coordenação de design e tecnologia: Gabriela Attilio - Coordenação de produção: Caia Amoroso - Coordenação de programação: Raquel Zorzi - Marketing digital: Pipoca Digital.
Foto: Luiza Sigulem/Brasileiros.com

terça-feira, 10 de maio de 2016

Rádios do Grupo Estado

Rádio Estadão voltar a ter programa diário de Esportes
Nesta segunda, 16, a rádio estreia o Estadão Esporte Clube, programa sobre esportes apresentado por Emanuel Bomfim, Cesar Sacheto e Robson Morelli. O programa vai ao ar, de segunda à sexta-feiras, das 12h às 13h, e vai abordar tudo o que acontece com os principais clubes brasileiros de futebol, mas sem esquecer dos demais esportes. No sábado, 15, estreia também o programa Craques para Sempre, também das 12h às 13h. Cesar Sacheto e Rogério Michelletti recebem os principais nomes do futebol para relembrar momentos inesquecíveis.


Rádio Estadão disponibiliza player para parceiros 
Emissora faz parceria com sites de todo o Brasil, que passam a disponibilizar a rádio ao vivo. Emissora também comercializa podcasts de seus colunistas A Rádio Estadão ampliou seu alcance e passa a ser ouvida em diversas partes do País. Por meio de parcerias com sites, a emissora disponibiliza o player de sua programação ao vivo para sites de notícias de Norte a Sul do Brasil. Atualmente 13 sites possibilitam que seus usuários abram o áudio da emissora. A lista vai de endereços na Grande São Paulo, como Guarulhos Web e Diário de Suzano; veículos do Interior do Estado, como Correio Popular (Campinas), D Hoje Interior (São José do Rio Preto), Correio Assisense (Assis), Jornal da Itatiba (Itatiba), Diário da Metrópole - site Meon (São José dos Campos) e A Tribuna (Santos); e de outros Estados, entre eles, Jornal de Poços (Poços de Caldas/MG), Portal Xingu (Altamira/PA), Folha da Manhã (Passos/MG), Última Hora News (Aracaju/SE) e Portal Ser Educacional (Recife/PE). “Esse novo campo permite que a Rádio Estadão amplie sua programação e deixe de ser uma emissora eminentemente paulistana. Com isso, ampliamos nossa cobertura, trazendo mais notícias de temas gerais, que não estão restritas somente ao interesse do ouvinte da Capital e da Região Metropolitana. A internet nos permite isso e tem nos ajudado a aumentar nossa audiência, em um meio que cresce a cada instante”, avalia Luis Fernando Bovo, editor executivo de Conteúdos Digitais do Estadão e responsável pela Rádio Estadão.



Rádio Eldorado FM promove encontro entre  Tulipa Ruiz e Fernando Scherer 
A ideia do Encontro de Campeões é juntar duas personalidades, um esportista e um artista, em pockets shows, para uma conversa diferente, falando de esporte e música, em uma mistura que pode ser surpreendente. O evento, que é aberto ao público,  é uma reedição de duas iniciativas de sucesso da Eldorado em passado recente, mas com roupagem nova: o Grandes Encontros e o Grandes Encontros Olímpicos. A ação é multiplataforma, envolvendo jornal impresso, portal e emissora, e faz parte do Projeto Olímpico. 
Serviço: Encontro de Campeões com o  ex-nadador Fernando Scherer e a cantora Tulipa Ruiz- dia 10-05-16 a partir das 17 horas - Local:  Livraria Cultura do Conjunto Nacional - Avenida Paulista, 2.073 - Bela Vista).
Atualizado 11-05

Sergio Chaia vai ser terapeuta corporativo na CBN

Na próxima segunda, dia 16, a faixa horária conhecida como "Cuide da sua carreira", das 6h45min, ganha um novo comentarista. Sergio Chaia será o responsável pelo quadro "O terapeuta corporativo", abordando as principais dúvidas na gestão de negócios, como explica o âncora Mílton Jung: "para o terapeuta corporativo, o divã é a mesa de trabalho e o consultório é a empresa. Tenho certeza de que Chaia, pela experiência de quem se tornou presidente de uma multinacional antes dos 40 anos, tem as respostas às angústias que enfrentamos no cotidiano das organizações e na nossa carreira”. Sergio Chaia foi CEO da Nextel por seis anos e vice-presidente da Symantec para a América Latina. É autor do livro "Será que é possível?", mantém uma coluna na revista Época Negócios e é mentor de empreendedores. Além de Chaia, o "Cuide de sua carreira" tem ainda Bel Pesce, Adriano Silva e Maria Prata nos demais dias da semana. As entrevistas com jovens lideranças, que iam ao ar às segundas, ganharam novo espaço: passarão a ser veiculadas no último sábado de cada mês no Jornal da CBN. O quadro vai se chamar "Mundo corporativo, nova geração" e, como diz Mílton Jung, "tem objetivo de preparar quem está em busca de definições sobre a carreira a seguir. Vamos conversar com consultores e gestores de talentos, além de dar sequência ao trabalho que já vínhamos desenvolvendo no CBN Young Professional, convidando executivos e empreendedores que, antes dos 30, já tenham alcançado resultados excepcionais."

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Desligamento e demissões no rádio esportivo de SP e RJ

Dois repórteres experientes deixaram os microfones de suas respectivas emissoras, Ademir Quintino, setorista do Santos Futebol Clube cobria o dia a dia do peixe para a Equipe Líder que hoje transmite jogos na Tropical FM de São Paulo pediu demissão ontem após cobrir a vitória e o título do Santos contra o Audax na Vila Belmiro. Quintino de 43 anos estava na reportagem há 19 e  alegou problemas particulares para sua saída, mas espera voltar em breve para o rádio, por enquanto vai se dedicar ao seu premiado blog que fala sobre o Santos F. C. (www.ademirquintino.com.br).
Outro repórter  experiente que deixa o microfone momentaneamente  é o jornalista Antônio Carlos Duarte da Globo/CBN do Rio de Janeiro, Duarte de 51 anos estava no Sistema Globo de Rádio há 16. Haverá um remanejamento entre alguns profissionais, como Francisco Aiello por exemplo, ele era comentarista e terá que voltar para as reportagens. Além de Duarte também foram demitidos hoje no SGR  o narrador Felipe Santos, os repórteres Lisandro Violante e Paulo Fonseca e os operadores de externa Maicon Gorrilhas e Roberto Mesquita. A nova direção do SGR já tinha feito essa junção de equipes em SP e BH, agora chegou a vez de cortar os custos no Rio de Janeiro e mudar o foco, ao invés de assumir a crise e realmente admitir que é preciso cortar os custos sem se importar com o ouvinte que é diferente entre a popular Globo e a "all News" CBN, vende a ideia de junção  como "inovação" com o lindo nome nome de "Seleção de Craques Globo/CBN". 
Colaboração Sérgio Solon
Charge: Internet (autor desconhecido) 

domingo, 8 de maio de 2016

Radialista e Ex- Deputado será o responsável pelo departamento de esportes da Rádio Capital

Alexandre Pires e Paulo Barboza Filho
 no projeto "BES" de 2012
A direção da Rádio Capital de São Paulo irá divulgar  em breve seu novo parceiro para o conteúdo esportivo. A emissora vice líder  de audiência no rádio am de São Paulo que contou  com  ESPN Brasil e Equipe Líder como parceiros, desta vez irá terceirizar o esporte para o radialista e ex-deputado estadual Paulo Barboza Filho,  filho do experiente radialista Paulo Barboza que também é comunicador da emissora.  Conhecido como Paulo Eugênio, Barboza Filho é comunicador experiente, apresenta seu programa na aos sábados na Capital.  Sua empresa, a Pe Comunicação já prestou serviço para a "Rádio Brahma Show", em 2012 onde   transmitia jogos na internet de forma diferente e bem humorada dos principais times do Rio e SP, o projeto apresentado e aprovado pela direção da Capital tem os mesmos moldes da Brahma Show, ou seja, o locutor é exclusivo de um determinado time, então cada um dos quatro grandes de São Paulo terá um locutor, como é hoje por exemplo em algumas praças como Belo Horizonte e Porto Alegre. Além do narrador, o comentarista será um humorista, um  deles será Marcelo Batista que fez parte do "BES" e passou pelo  Pânico da Jovem
Paulo B. Filho ( Eugênio) e Marcelo Batista 
no "Deixa que eu Chuto" da Tropical FM
Pan, Fast 89, Metropolitana e acaba de deixar a Tropical FM, Batista já trabalhou com futebol na Equipe "A Dona da Bola"  da Gazeta am anos anos 90, o outro humorista será Diguinho Coruja que também passou por Band FM junto com Paulo Eugênio e mais recentemente Tropical FM, Diguinho que tem seguidores fieis no rádio também trabalha no The Noite do SBT. Os narradores já foram contratados, 
 são conhecidos na web, mas nunca trabalharam em uma rádio física, narradores, comentaristas e  convidados especiais  farão parte do projeto que terá programa esportivo diário ( provavelmente entre 17 e 18 horas)  e transmissões dos jogos, em princípio duas vezes por semana. Uma aposta no mínimo diferente para a única rádio do am que hoje fala de esportes sem aporte do fm, um prefixo de muita tradição e respeito no mercado publicitário  que ao aceitar esse projeto, além de priorizar a parte financeira vê a necessidade de atrair um público-ouvinte mais jovem com a nova equipe de esportes  vinda do FM e da Web com uma boa dose de humor, algo já existente em  outras rádios esportivas do Brasil.
atualizado: 11:00
Fotos: Arquivo Pessoal

terça-feira, 3 de maio de 2016

CBN estreia campanha dos 25 anos da rádio que toca notícia

Foram seis meses de intensa troca de ideias e mais de cem profissionais envolvidos. No domingo, dia 1º. de maio, estreou a campanha publicitária que celebra os 25 anos da CBN. Ela foi concebida pela agência Zoégas Comunicação e Marketing Digital e tem como carro-chefe um filme de 30 segundos, que será veiculado na TV, na internet e em cinemas. O publicitário Paulo Zoéga explicou que o conceito da campanha foi criado a partir da atitude transformadora que é a marca registrada do jornalismo da CBN: “quisemos personificar isso em três jovens. Quem tem 25 anos já tem personalidade, tem referências, mas está olhando para a frente, de forma inquieta, porque quer mudar, aprender, crescer." O diretor Renato Jabuka, da produtora Dogs Can Fly, escolheu a cidade de São Paulo como locação, mas as cenas urbanas se misturam com imagens jornalísticas e trechos de comentários de Arnaldo Jabor, Carlos Alberto Sardenberg e Míriam Leitão: "Meu maior desafio foi conseguir mostrar o que a CBN fez e representou nesses 25 anos em 30 segundos de filme."

Jota Quest abre a temporada de 2016 do Estúdio ao Vivo

Rogério Flausino, vocalista do Jota Quest
A nova temporada do Estúdio ao Vivo da Transamérica Pop receberá uma das principais bandas de pop rock do país, o Jota Quest. A apresentação exclusiva acontece nesta sexta-feira, 6, às 14h. O show terá uma hora de duração, sem intervalo, e contará com os principais sucessos da banda, incluindo a nova música de trabalho “Um Dia Pra Não se Esquecer”, que já é destaque na programação da Transamérica. O single faz parte do oitavo álbum de estúdio dos mineiros, “Pancadélico”, lançado no ano passado. Os ouvintes de São Paulo têm até esta quarta-feira, 4, para participar da promoção exclusiva e assistir o show direto da plateia. Basta acessar o site www.radiotransamerica.com.br/pop, fazer o cadastro e responder de forma criativa: “Por que você tem que fazer parte deste show?”. Os autores das dez melhores respostas ganham ingressos para assistir à apresentação com um acompanhante.
Foto: Divulgação

Crise faz Band desistir de transmitir Brasileirão esse ano

Durante as últimas dez temporadas, Band e Globo caminharam lado a lado na exibição do Campeonato Brasileiro de Futebol da Série A, com mútuos benefícios e em perfeita sintonia. Contudo, em que pese o enorme esforço de ambas as empresas para viabilizarem a continuidade da exposição conjunta dessa competição, o agravamento da crise econômica impediu a Band de prosseguir com esse licenciamento, a partir da temporada 2016. Globo e Band reiteram que essa decisão foi tomada em comum acordo e dentro do mais elevado espírito de cooperação que caracteriza seu relacionamento de muitas décadas e que prossegue em outros eventos esportivos e institucionais. Essa foi a nota emitida essa tarde pela Assessoria de Comunicação do Grupo Bandeirantes. Em princípio a transmissão em tv aberta fica somente com a TV Globo,  no começo do ano a Band já tinha informado que não iria transmitir a Copa do Brasil, além da série B do Brasileirão que desde 2015 fica a cargo da Rede TV. A confirmação só aumenta a desconfiança de que após a cobertura das Olimpíadas mais profissionais possam deixar o Grupo. Ruim para o telespectador, pior para o mercado.

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Rádio Bandeirantes comemora 79 anos com transmissão na Pinacoteca do Estado de São Paulo

Thays Freitas e Marcelo Duarte
Sinônimo de credibilidade, a Rádio Bandeirantes chega aos 79 anos cheia de fôlego e renovação no dia 6 de maio. A emissora celebrará o aniversário com uma transmissão especial nesta sexta-feira direto da Pinacoteca do Estado de São Paulo, localizada na Praça da Luz, no centro da capital paulista. Atrações como Manhã Bandeirantes, Esporte Notícia e Rádio Livre serão transmitidas direto de um estúdio avançado das 10h às 17h30. Além de ver de perto os profissionais da Rádio Bandeirantes, os ouvintes poderão cuidar da saúde em uma ação conjunta da emissora com a Cruz Vermelha e a Sociedade Brasileira de Cardiologia e Hemodinâmica. O público que for até a Pinacoteca do Estado poderá aferir a pressão arterial, realizar testes de glicemia e hepatite, calcular o índice de massa corporal, além de se consultar com um nutricionista. Na semana de aniversário, a emissora também marca presença na Feira APAS 2016. De hoje até quinta-feira, a Rádio Bandeirantes transmite o programa Rádio Livre, das 14h às 17h30, direto do estúdio avançado no Expo Center Norte. Saiba mais sobre a Rádio Bandeirantes em www.radiobandeirantes.com.br e siga a emissora nas redes sociais: https://twitter.com/RBandeirantes e https://www.facebook.com/radiobandeirantes

Rádio Eldorado promove encontro entre esporte e música

Emissora apresenta o Encontro de Campeões, que começa com Chico César e Fernando Meligeni, amanhã, terça-feira (3), na Livraria Cultura, da Paulista Esporte e música é uma mistura que pode ser surpreendente e a Rádio Eldorado vai provar que pode dar boa conversa e muita música boa. Há pouco menos de cem dias do início dos Jogos Olímpicos, a emissora promove um bate-papo diferente entre um atleta olímpico e um músico. É o Encontro de Campeões que juntará duas personalidades, em pockets shows, para uma conversa diferente. O primeiro evento, reunindo o ex-tenista Fernando Meligeni e o cantor e compositor Chico César, acontece amanhã, terça-feira (3), às 20h, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional (Avenida Paulista, 2073 - Bela Vista). O evento, que é aberto ao público, com patrocínio da CVC e do Bradesco e apoio da Livraria Cultura, é uma reedição de duas iniciativas de sucesso da Eldorado em passado recente, mas com roupagem nova: o Grandes Encontros e o Grandes Encontros Olímpicos. A ação é multiplataforma, envolvendo jornal impresso, portal e emissora, e faz parte do Projeto Olímpico. Fernando Meligeni, também conhecido por Fininho, foi tenista profissional e atualmente trabalha como comentarista. O eclético Chico César é cantor, compositor, escritor e jornalista.  Os três próximos eventos já têm datas marcadas: 17, Livraria Cultura Paulista; 14 e 28 de junho, na Livraria Cultura do Shopping Iguatemi. O encontro será transmitido ao vivo pela emissora (FM 107,3) e pelo Território Eldorado (www.territorioeldorado.com.br).