Entrevista: Reinaldo Costa

Antero  e Reinaldo Costa nos
estúdios da CBN Cuiabá
Ele começou a sua carreira no final da década de 60 no rádio em sua terra natal, Cruzeiro, cidade do Vale do Paraíba em São Paulo, divisa  com o Rio de Janeiro. Depois ficou cinco anos em Campo Grande no Mato Grosso do Sul, mas ficou conhecido nacionalmente  como locutor esportivo na fantástica equipe do garotinho Osmar Santos na Rádio Globo de São Paulo, onde ficou por quase dez anos trabalhando ao lado de profissionais como:  Fausto Silva, Juarez Soares, Edson Scatamachia, J. Hawila, entre outros feras.
Em seu currículo estão diversas finais de campeonatos nacionais e internacionais, seis Copas do Mundo, Olimpíadas, quatro anos de Fórmula 1 ao lado de Jorge de Souza, Carlos Aymard, Braga Jr, Castlho de Andrade e Henrique Cardão.
Passou também pela Rádio Record que era um canhão de auduência e liderava o IBOPE na década de 80. Sua vinheta inesquecível: " Rei, rei rei..Reinaldo Costa" (ouça abaixo) dava eco nos estádios. Um dos melhores narradores do Brasil, deixou o rádio de São Paulo após a Copa de 2010, quando estava na então Eldorado/ESPN. 
Ficou  pouco tempo fora do ar, até aparecer o convite para ir trabalhar no modesto futebol do Mato Grosso. Se transferiu para Cuiabá, onde foi trabalha até hoje na CBN. O BLOG recebeu  muitos emails e postagens pedindo informações do excelente narrador, que pode estar  prestes a retornar de nunca deveria ter saído. Atendendo aos pedidos, conversamos  com Reinaldo Costa  pra matar um pouco essa saudade.


Como foi sua saída da então Eldorado/ESPN?
Foi uma saída inesperada da minha parte, penso eu  fiz um ótima  Copa do Mundo lá na África e quando voltei ainda com contrato em vigência me mandaram embora.
Cumpri com todos os meus deveres e obrigações, fiz tudo corretamente.
A justificativa da direção foi em relação a minha prestação de contas, mas eu sei que não foi isso. 
Gostaria de falar mais a respeito desse episódio, mas não posso por orientação dos meus advogados  que estão tratando do assunto.


E o acerto com CBN Cuiabá como aconteceu e quais são os horários e os programas que você faz aí em Cuiabá?
Essa minha saída aconteceu em outubro 2010, fiquei desempregado até o mês de dezembro,  foi quando um amigo meu aqui de Cuiabá, o Ex-Senador Antero Paes de Barros, que é  comentarista esportivo e torcedor fanático do Mixto, me ligou e fez o convite para trabalhar na CBN de Cuiabá,  emissora do Grupo Gazeta de Comunicação, um dos mais fortes do Estado.
Conversamos rapidamente, acertamos os detalhes e  vim pra cá com a graça de Deus. Comandando um programa de esportes das 10;30 ao meio dia todos os dias, chama-se: " CBN Esportes". A  audiência que temos é algo incrível, eu eu acredito. As pessoas aqui adoram mesmo futebol, e nas narrações esportivas do nosso campeonato que já está no segundo turno.
É claro que sempre tenho o apoio de toda equipe comandada pelo Antero a equipe é conhecida como " A equipe de ouro da CBN".
 Vinheta Reinaldo Costa by Cheni 


Tem saudades do rádio esportivo de SP?
Falar em Saudade é pouco, sou um cara família, nunca vivi longe de ninguem da minha casa. Em 43 anos de rádio essa é a primeira vez, e eu confesso sofro demais com isso, não me acostumei ainda com esse fato. Hoje mais do que nunca eu acredito que o dinheiro não vale nada mesmo, a maneira como vivemos é que dita o nosso destino aqui na terra, e o meu é estar sempre ao lado de todos eles e não me chamem de hipócrita, é uma verdade.


Pretende voltar pra cá e as informações é que já foi contactado por alguma emissora?
Voltar por voltar não justifica se eu não estiver ao lado dos meus filhos e netos, se eles pudessem estar aqui comigo eu estaria completo, mas essa distância deles te garanto que faz encher um pouco mais o Pantanal.
Fui contactado sim, há quase um mês, varias coisas foram faladas, apenas como um começo de conversa, mas nada foi acertado, aqui eu não tenho nenhum contrato que me prenda a CBN, mas tudo o que eu converso com Antero tem acima de tudo o respeito, a sinceridade e a honestidade de estarmos falando sempre a verdade. Ele é um cara sério, mas só não gosta que eu fale do Mixto (risadas).



Muitos profissionais do rádio e principalmente os ouvintes, afirmam  que  não há uma renovação na narração esportiva de São Paulo e que as narrações de hoje são idênticas e até pobres, você concorda?
Não concordo que as narrações sejam idênticas, pobres,  a  maioria  está mais preocupada com a plástica da transmissão, como vinhetas, temas de abertura, que tipo de efeito vai entrar na hora da marcação do gol, e o principal todos estes novos tem quase que o mesmo timbre de voz, é isso que nos da a impressão de que tudo fica igual. Eu mesmo comecei na Globo imitando o Osmar Santos, mas aos poucos com o tempo fui adquirindo a minha identidade na narração, sem me preocupar  muito com as coisas extra jogo, minha maior preocupação é a de dizer pro ouvinte onde esta a bola em que situação se encontra o jogo.
A renovação deve existir sempre, mas com competência, os mais velhos mesmo também sabem renovar, não é preciso trocar o mais velho, experiente pelo mais novo pra se fazer uma renovação, o importante é saber narrar, e mais do que isso ,até mais importante é saber se conduzir bem quando a bola pára. Em minha modesta opinião, hjoje são poucos aqueles que tem um bom improviso.





O que você tem a falar do carinho do internauta/ouvinte  que sempre lembra de você aqui no BLOG  e constantemente  pede sua volta para o rádio esportivo de São Paulo?
Te confesso que eu não lia o BLOG justamente pra não aumentar essa saudade, essa dor no peito, mas um amigo ai de São Paulo me mandou um e-mail dizendo o quanto de gente estava escrevendo a meu respeito quando souberam da possibilidade de voltar ao rádio de São Paulo, é difícil explicar tudo isso, mas eu guardo com o maior carinho possível o nome de todos aqueles que escreveram, inclusive os anônimos, esses eu acho que são da família, é o maior pagamento que eu posso receber, mesmo depois de dois anos praticamente fora, saber que tem gente que se lembra do e mim, do meu trabalho, realmente é muito gratificante.
Quero agradecer também a você Cheni por essa  oportunidade que me dá e pode manter contato com o publico de São Paulo que eu não esqueço nunca, saudade é nostalgia de tudo quilo que deixei ai..


Além de excelente narrador e cantor nas horas vagas, Reinaldo Costa também é  um visionário, veja o vídeo abaixo e entenda o motivo:


Ainda no período de Eldorado/ESPN - Reinaldo Costa narrou o primeiro gol do fenômeno no Corinthians, esse gol rendeu até matéria na ESPN.

Fonte: Vídeos Craques do Rádio e ESPN Brasil

Postagens mais visitadas