Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho 18, 2017

105 FM segue firme na ponta segundo dados oficiais do Rádio Esportivo em São Paulo

Quando o assunto é audiência no rádio esportivo na Grande São Paulo, as emissoras sabem que a briga pelo podium limita-se a segunda e terceira posição, já que a 105 FM lidera com bola rolando, pré e pós jogos e programas esportivos. Segundo levantamento oficial do principal Instituto de Pesquisa novamente confirmou  que os números da 105 seguem firmes nesse último trimestre.  A emissora é a única nesse fase de concorrência pesada com várias e diversificadas plataformas que consegue ultrapassar a marca de 100 mil ouvintes por minuto, a Transamérica é a principal concorrente. Dependendo da leitura  dos números pode se dizer que as poderosas Globo e CBN, que geralmente  transmitem   a mesma partida  pode ser uma ameaça para o reinado da 105. A CBN não concorre com a 105, mas a Globo pelo menos no futebol sim, e olha que não saíram ainda os comparativos da Globo em FM, seria uma briga desleal, afinal a 105 é uma emissora só, enquanto Globo e CBN transmitem em 4 canais. Confiram abaixo com…

Para incentivar doações, rádio tira a palavra “sangue” de músicas

A partir desta semana, os ouvintes da Rádio Nova Brasil FM serão surpreendidos com algumas músicas propositalmente “com defeito” na programação. Sucessos nacionais como “Doce vampiro”, de Rita Lee, “Querem meu sangue”, do Cidade Negra, e “Podres Poderes”, de Caetano Veloso, terão silêncios sempre que a palavra sangue aparecer na letra. A ação faz parte de uma campanha, idealizada pela Wunderman, para incentivar a audiência a doar sangue durante o mês de férias, período em que os estoques de sangue costumam cair nos bancos de coleta. Ao final de cada música, surgirá a explicação: “Se o sangue faz falta nas músicas, imagina nos bancos de sangue. Doe e ajude a salvar vidas”, diz a assinatura. Ouvintes que tenham a função RDS nos seus rádios ainda serão impactados por mensagens da campanha no display do aparelho. A campanha também terá desdobramentos nos meios digitais e pretende atingir, durante todo o mês, cerca de 2 milhões de pessoas, em 170 cidades, nos estados de São Paulo, de Perna…