sexta-feira, 10 de março de 2017

Triste final feliz!

E X C L U S I V O
A Feliz FM, emissora do segmento gospel que opera desde 2014 em  FM 92.5 MHz de São Paulo e hoje é ocupa a 7ª posição no ranking de audiência da Grande São Paulo,  está prestes a mudar de frequência, mas essa mudança não seria para os 94.1 MHz que segue arrendada até o próximo próximo domingo para a Bradesco Esportes do Grupo Bandeirantes. Afinal tanto os 92.5 como os 94.1 são canais que pertencem a Rede Mundial de Comunicação (Paulo Abreu). Mesmo com a lentidão da migração o "mercado" de arrendamento segue em alta, principalmente para  instituições religiosas e acreditem o Grupo Estado  que recentemente vendeu seu canal em am para o mesmo segmento  acertou hoje os últimos detalhes para arrendar o seu canal em FM para a  Feliz FM. Como não houve acordo para a renovação de contrato com a Rede Mundial de Comunicação a Feliz migra  a partit do próximo dia 20 de março para a próxima emissora do lado direito do rádio na régua de emissoras em SP. Na Estadão o clima está péssimo em virtude das demissões e da informação do arrendamento. Do lado da Feliz seus locutores já foram informados que a qualquer momento a mudança vai ocorrer, existe até a possibilidade da rádio transmitir dos estúdios do Limão (sede do Grupo Estado) até que a parte técnica seja resolvida e todos possam voltar para a Avenida Paulista (sede da Feliz FM). A Feliz FM  pertence ao Grupo Sol Panamby que também é dona da Rádio Nova Brasil FM,  a Sol Panamby,  tem como sócio Juanribe Pagliarin (61), conferencista, publicitário, advogado, teólogo, escritor e pastor neopentecostal brasileiro, fundador e atual líder da Comunidade Cristã Paz que controla a Feliz FM, além de São Paulo a Feliz FM opera via Rede Feliz Sat em outras 11  capitais brasileiras são elas: Belo Horizonte  96.5 - Brasília  101,3 -Curitiba  92,9 - Fortaleza  90,7 - Goiânia  90,7 - João Pessoa  107,7 - Natal  97,9 - Recife 102,1 - Rio de Janeiro  89,5 - Salvador  92,3 e  Teresina - 95,7. Até o momento as respectivas emissoras não se pronunciaram de forma oficial a respeito da negociação.
Óbvio que o "felizardo" com essa dança das frequências é o dono do canal arrendado, que geralmente tem ligação com um Grande Grupo de Comunicação ou  com o ramo político, que há décadas detém a maior parte da fatia das concessões dos canais de rádio e tv do Brasil. Só pra se ter uma ideia de como o arrendamento de rádio virou um grande negócio no Brasil, o valor mensal desse "aluguel" geralmente ultrapassa a casa do meio milhão de reais por mês, claro que falo de boas frequências com ótima qualidade e alcance nas principais capitais do nosso pais. Tudo isso com o aval da nossa ultrapassada legislação que tem a chancela do Ministério das Comunicações.
Antes do acerto do arrendamento a emissora estava praticamente arrendando horário para terceirizar o departamento esportivo (veja aqui), porém com a ótima proposta da Feliz FM a negociação com o empresário Edgar Soares naufragou.

Atualização


Aproximadamente 15 minutos após a nota exclusiva que a coluna divulgou, o Grupo Estado emitiu Nota Oficial confirmando a negociação;


Grupo Estado desativa rádio e concentra investimentos no digital
Com o objetivo de concentrar ainda mais os seus investimentos no segmento digital, o Grupo Estado anuncia que deixa de veicular a programação da  Rádio Estadão (92,9 FM). A Rádio Eldorado (107,3 FM) segue operando normalmente e passa a apresentar novos programas jornalísticos em sua programação.  A frequência 92,9 FM passará  a veicular conteúdo  da  Comunidade Cristã Paz e Vida,  que entrará no ar no dia 18 de março.
O Grupo Estado tem focado seus investimentos numa estratégia multiplataforma em meios como jornal, portal, mobile, redes sociais, e-commerce e eventos proprietários, como os Summits e Fóruns Estadão. O grupo é líder no mercado de informações financeiras em tempo real com a AE Broadcast, que produz mais de 1.000 notícias diárias sobre os mais variados setores da economia e conecta cerca de 10 mil profissionais. O conteúdo qualificado de todas as plataformas tem aberto inúmeras possibilidades de crescimento  para os mais diferentes  canais.
No mês passado, o grupo  lançou o Media Lab Estadão, plataforma que reúne projetos de publicidade voltados para Brand Content. O objetivo foi reunir num mesmo guarda-chuva os serviços de marketing e expertise editorial. Agora, as marcas podem ter acesso a conteúdos inovadores, que integrem informação e tecnologia, como por exemplo,  reportagens especiais feitas em Realidade Virtual (RV).
O Grupo Estado tem investido também em empresas digitais como o Moving, site de venda de imóveis, a Genial Seguros, site de venda de seguros, e em breve anunciará o lançamento de uma nova empresa de e-commerce.


Feliz    também confirmou a negociação
Às 20 horas, logo após a Voz do Brasil a Feliz FM de São Paulo já comemorava e divulgava tanto na rádio, como em suas mídias sociais que a partir do próximo dia 20 de março, a emissora  vai ocupar o dial 92.9 FM.