domingo, 31 de julho de 2016

A maior TV do Brasil é uma das maiores do Mundo

Térreo  será para receber convidados, primeiro 
 andar  abrigará os profissionais do  SporTV,  
TV Globo  vai transmitir do segundo andar
Podem falar o que quiser das Organizações Globo, mas temos que reconhecer que Grupo é pra lá de organizado e eficiente. Já faz tempo que a Globo é reconhecida internacionalmente como uma das maiores tvs do mundo. O estúdio feito dentro do Parque Olímpico (inaugurado hoje pela manhã) é de deixar qualquer outro grupo de comunicação com o queixo caído. O que existe de melhor em tecnologia, estrutura e profissionais qualificados está ali. Seus administradores aplicam na prática o que deveria ser regra em qualquer outra empresa, o de investir proporcionalmente de acordo com o que se arrecada. É por essas e outras Globo ( todo Grupo ) é a Globo e ponto.

A Globo promete fazer a maior cobertura de sua história para uma Olimpíada, durante a Rio 2016, que começa no próximo dia 5 de agosto, para isto, foi construído um estúdio de três andares, sendo 10 metros de altura. Serão 150 jornalistas e técnicos produzindo conteúdo diariamente para TV Globo e o canal por assinatura SporTV.
Foto e vídeo: Divulgação.

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Rádio Itatiaia leva a maior equipe do rádio brasileiro para a cobertura da Olimpíada

Rede Mineira transmitirá sua nona Olimpíada 
Mantendo a tradição, a Rádio Itatiaia acompanhará todos os passos dos principais atletas do mundo nos Jogos Olímpicos Rio 2016, os primeiros no Brasil. Com exclusividade para o rádio de Minas, a emissora já chegou à capital fluminense e prepara uma super cobertura em sua nona Olimpíada. Cerca de 30 profissionais, entre jornalistas e técnicos, estarão empenhados para que cada lance das competições chegue ao seu radinho, levando até você a emoção vivenciada nos locais de prova. É a maior equipe do rádio brasileiro. A cobertura abrangerá transmissões de futebol, natação, vôlei, vôlei de praia, basquete e atletismo, além de boletins com informações de todos os esportes ao longo da programação e atualização do quadro de medalhas. Haverá participações online do Rio de Janeiro em todos os programas esportivos da emissora. Para uma cobertura do tamanho que a Olimpíada no Brasil merece, também é necessária uma grande estrutura. A Itatiaia chegou ao Rio no dia 15 de julho (20 dias antes da abertura), quando iniciou as instalações de seus equipamentos em um espaço de 47m², com três ambientes, no Centro Internacional de Transmissão (IBC, na sigla em inglês), contando com presença nos locais de todos os grandes eventos. "Estamos com equipamentos modernos para garantir ao nosso ouvinte o padrão de qualidade Itatiaia”, garante o supervisor de engenharia, Allan Carvalho. História A Itatiaia acompanhou de perto os principais títulos do esporte brasileiro, já tendo transmitido oito edições dos Jogos Olímpicos. A primeira foi a de Los Angeles, em 1984. Desde então, a emissora esteve em Seul (1988), Barcelona (1992), Atlanta (1996), Sydney (2000), Atenas (2004), Pequim (2008) e Londres (2012). 
 Confira mais fotos da estrutura montada pela Rádio Itatiaia no Rio de Janeiro:





Fotos: Leonardo Silveira/Itatiaia

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Estão acabando com a Super Tupi

Ocorreram hoje demissões de vários profissionais na Super Rádio Tupi do Rio de Janeiro. Pelo que foi apurado, apenas três pediram demissão,  alguns funcionários ainda não foram oficialmente notificados, existe portanto até a remota possibilidade que alguns permaneçam, ou seja, tudo muito confuso  e nebuloso como a administração dos Diários Associados, principalmente nesses últimos anos onde o rombo da má gestão veio e atona e afetou todo grupo. A falta de gestão afunda qualquer empresa e olha que pra fazer isso com uma emissora importante e ainda líder de audiência como a Tupi  tem que ser um "gestor"  de muito "talento e habilidades". Parabéns aos envolvidos que demitem para tentar diminuir o rombo, mas  a solução é a  curto prazo. Solidariedade aos colegas que confiaram em promessas que novamente não foram cumpridas. 

Estruturas prontas para cobertura da Olimpíada no Rio de Janeiro

IBC
IBC fica localizado dentro do Parque Olímpico 
O Centro Internacional de Transmissão deve receber    Vinte e cinco mil jornalistas sendo que  20 mil devem trabalhar no IBC. Serão mais de sete mil horas de transmissão ao vivo, na TV e em mídias digitais o local abrigará cerca de 70 emissoras de rádio e TV detentoras dos direitos de transmissão do evento,  Com 12 estúdios,  o IBC custou R$ 400 milhões.
Estrutura 
O edifício principal do IBC ocupa um terreno com 34 mil m² e tem 21 metros de altura e dois andares. Ali estão 12 estúdios de aproximadamente 5 mil m² cada, com 12 metros de altura no térreo e oito metros no segundo pavimento. O IBC Offices, edifício de escritórios independente que abriga as instalações da empresa Olympic Broadcasting Services (OBS), responsável pela geração e transmissão de imagens, conecta-se ao edifício principal por duas passarelas. Somados, os dois prédios ocupam uma área de cerca de 41,5 mil m² e têm área total construída de 79 mil m². O prédio  tem proteção contra altas temperaturas e isolamento acústico. Por todas estas exigências, o IBC foi uma das obras mais complexas dessa Olimpíada. 

Rio Media Center
Profissionais já trabalham na sala do RMC 
Muitos jornalistas que vão cobrir os Jogos Olímpicos e Paralímpicos  no Rio de Janeiro não acompanham diariamente as competições nas arenas esportivas, estão mais focados na rotina da cidade e da população. Pensando nisso, foi inaugurado na manhã desta quarta-feira (27) o Rio Media Center (RMC), que ocupa uma área de 2.700 metros quadrados, decorado com fotos que mostram as mudanças pelas quais o passou Rio nos últimos anos. A estrutura inclui internet a cabo e via wi-fi, sinal de satélite para transmissões, auditório com capacidade para 300 pessoas, dois estúdios de TV e seis de rádio. Tudo isso para atender simultaneamente até 600 jornalistas. Além dessa estrutura, foi elaborada uma programação jornalística e cultural. Passeios pela cidade, sessões de cinema e eventos culturais foram organizados para as próximas semanas. 

Boa estrutura é fundamental para que tudo dê certo nos jogos Olímpicos e Paralímpicos

* Entre os 25 mil jornalistas credenciados para as Olimpíadas, 8 mil são repórteres e 3 mil, fotógrafos. Adicionalmente, 10 mil jornalistas virão ao Rio sem credencial. São aqueles que cobrem o entorno do evento, produzindo material sobre a cidade, cultura, turismo e outras editorias paralelas ao esporte. Outra atividade trabalhosa no pré-evento é a seleção de voluntários. São 150 mil candidatos para as 70 mil vagas disponíveis. 
*Levantamento  feito por Carlos Vilanova, foi Diretor de Comunicação dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro
Fonte: COI - Rio 2016 -Agência Estado
Fotos: Rio 2016/Alex Ferro
Arte: Tracto 

Grupo RBS mobiliza profissionais para cobertura da Olimpíada

Equipe do Grupo RBS  para a cobertura da Olimpíada 
Entre 1º e 22 de agosto, mais de 50 profissionais do Grupo RBS estarão envolvidos na cobertura dos Jogos Olímpicos, que se iniciam no dia 5 do próximo mês, no Rio de Janeiro. Quinze enviados especiais, entre repórteres, colunistas e comentaristas, cobrirão as provas e a movimentação na capital carioca e, em Porto Alegre, uma Central Olímpica produzirá conteúdos para todos os veículos. Na última terça-feira, 26, os envolvidos se reuniram na sede da RBS para alinhar os detalhes. “Planejamos uma cobertura multimídia diferenciada, com abordagens que vão além das competições. Queremos que o público encontre nos veículos da RBS um conteúdo singular apresentado por nomes que já são familiares a ele. Assim, vamos dar também uma face local ao maior evento esportivo já realizado na história do Brasil”, afirmou o vice-presidente Editorial do Grupo RBS, Marcelo Rech. Enquanto os enviados especiais cobrirão as provas e a movimentação no Rio de Janeiro e dois repórteres irão acompanhar a seleção de futebol masculino, em Porto Alegre, a Central Olímpica, que será montada na redação de Zero Hora, funcionará como um QG de produção de conteúdo, com a participação de 30 profissionais. De acordo com o grupo, Zero Hora terá um site especial com resultados, notícias e quadro de medalhas em tempo real. No impresso, os leitores terão um caderno exclusivo com projeções e análises atualizadas dos acontecimentos. Nas redes sociais, os seguidores poderão assistir a vídeos com o resumo de cada turno e a transmissões ao vivo e postagens de informações. Conforme a assessoria de imprensa da empresa de mídia, a Rádio Gaúcha é a única emissora do Sul do País que tem os direitos de transmissão da Olimpíada e da Paralimpíada. Na RBS TV, cerca de 10 horas por dia da programação serão voltadas para a competição, com transmissões ao vivo das principais competições individuais e coletivas, além de conteúdos e programas especiais com todos os detalhes dos Jogos. No próximo final de semana, 30 e 31, o caderno DOC da superedição será sobre Rio 2016. Serão 31 páginas com conteúdo sobre todas as modalidades, os principais adversários brasileiros, os atletas e a programação do evento. Na seção ‘Com a Palavra’, haverá uma entrevista com a campeã olímpica do vôlei de praia Jacqueline Silva.
Fonte: Coletiva.Net 
Foto: Júlio Cordeiro-RBS

Grupo Bandeirantes de Rádio na Olimpíada

As rádios do Grupo Bandeirantes terão mais de 200 horas de transmissões do maior evento esportivo do mundo. Serão mobilizados 30 profissionais das rádios Bradesco Esportes FM, Rádio Bandeirantes e BandNews FM no Rio de Janeiro. As transmissões começam no dia 3 de agosto, com o jogo entre Brasil e China, direto do estádio Olímpico, no início do torneio de futebol feminino. A última transmissão será a da cerimônia de encerramento, em 21 de agosto, no Maracanã.

Bradesco Esportes FM inaugura estúdio  no IBC
O jornalista Elia Junior no estúdio da emissora
Com a apresentação do programa “Elia Junior na Bola’, a Rádio Bradesco Esportes FM inaugurou nesta quarta-feira seu estúdio no IBC (International Broadcasting Center) dos Jogos Olímpicos Rio 2016, no Parque Olímpico. A emissora vai dedicar 24 horas de sua programação, a partir do dia 5 de agosto, à transmissão do maior evento esportivo do mundo. Serão 30 profissionais de Rio e São Paulo mobilizados na cobertura e transmissão dos eventos dos Jogos Olímpicos Rio 2016.
Fonte e Foto: Assessoria Grupo Bandeirantes

Parabéns Pai da Matéria

Hoje é um dia muito especial para quem gosta de futebol, o "Pai da Matéria" Osmar Santos está comemorando 67 anos de idade com muita garra e superação. Osmar foi se não o maior um dos maiores comunicadores do Brasil, um exemplo que lutou pela  vida.
Gerações acompanharam sua narração nos rádios. Os bordões “Ripa na Chulipa” e “Pimba na Gorduchinha” ecoaram pelos estádios do Brasil e  emocionaram o  coração do amante do futebol, da democracia ou simplesmente  de quem é fã da comunicação esportiva. Ao longo de sua trajetória do comunicador, narrador, apresentador e artista plástico várias homenagens foram feitas, o Blog selecionou algumas fotos e vídeos para Parabéns Osmar e viva a vida!

Comunicador incomparável que marcou época, Osmar Santos é artista plástico há mais de 10 anos

 Hoje a noite Osmar Santos, vai comemorar seu aniversário ao lado der amigos e familiares em um restaurante de São Caetano do Sul 

Em 2015 No dia que completou 66 anos de idade a ESPN BRASIL prestou uma homenagem, documentário "Osmar Santos: Vai Garotinho que a vida é sua!"

Rádio Globo fez uma grande homenagem para Osmar em 2012


 RIT Esportes de 2011 foi especial com a presença do Pai da Matéria

terça-feira, 26 de julho de 2016

Live - Cheni no Campo

 
Se você perdeu a primeira transmissão ao vivo do Blog na página no Facebook  acesse aqui https://goo.gl/wqUlMq  e acompanhe como foi. Na próxima terça-feira dia 02/08 a partir das 20 horas acontecerá a segunda transmissão. Alguns ajustes serão feitos para deixar a transmissão mais interativa e dinâmica. deixe seu comentário e a sua opinião na página do Facebook. Obrigado a todos e até a próxima terça-feira.

Ondas Curtas edição 77

* O International Broadcasting Center (IBC), no Parque Olímpico, Na Barra da Tijuca, servirá como base para aproximadamente 100 emissoras de rádio do mundo todo. 

* A nova direção do Sistema Globo de Rádio acerta em cheio ao contratar a repórter Carla Matera. Carla estava na Tupi e já trabalhou na Globo em São Paulo. Além de muito bem informada e correta a jornalista é muito respeitada no meio esportivo. 

* A ideia de colocar as frequências que pertencem a CBN no AM no Rio 1220 Khz e SP 780 Khz como emissoras que vão informar 24 horas o que acontece na Olimpíada é ótima. Se der tudo certo o projeto para que o SGR (Globo e CBN) tenha uma emissora 24 horas de esportes tem tudo para continuar. O projeto da Estação Globo - CBN acontece de 6 a 21 de agosto. 

* Em quanto isso a Bradesco Esportes FM em princípio deve continuar com a gerência do Grupo Bandeirantes até o final do ano. O Banco que patrocina com seu nome a emissora ainda não acenou com uma eventual renovação. Além do patrocinador a freqüência em São Paulo é arrendada, pertence ao Grupo Bel de Belo Horizonte cujo contrato também vai até o final do ano. 

* Tudo leva a crer que a proposta de uma rádio de esportes deve continuar, ou no mesmo formato ou com parceiro e freqüência nova. Estamos aguardando as movimentações. 

* A Rádio Trânsito é um exemplo de uma emissora do Grupo Bandeirantes que continuou sem o patrocinador oficial, nesse caso a Sulamerica  Seguros. A diferença é que a freqüência pertence ao grupo. 

* Entre as novidades na Equipe de Transmissão da Olimpíada da Record News estão os narradores Fábio Salomão ( Ex-Terra), Rafael Spinelli (Ex-Band e Sport Plus ), Alexandre Praetzel (ex-Bandeirantes) e Ary Pereira Júnior (Ex- Terra e um dos maiores conhecedores de esportes a vela do Brasil).

* O narrador Silva Júnior dos canais Fox Sports cairia como uma luva em qualquer emissora de rádio do Brasil. Antes de deixar a Rádio Globo de São Paulo por opção própria, Por pouco o narrador não se transferiu para a Rádio Globo RJ antes de optar pelo Fox Sports.

* Na noite dessa segunda (25)  aconteceu a segunda edição do programa Bem Amigos do SporTv com retransmissão na Rede Globo de Rádio. Na estréia a maioria dos ouvintes não aprovaram essa transmissão já que a linguagem era puramente televisiva. Enquete feita pelo Twitter Cheni no Campo mostrou que 62% dos que votaram não gostaram, 21% aprovaram e 17% foram indiferentes. Logo na abertura o apresentador Luís Roberto citou que iria mostras os gols de Flamengo 2 x América MG 1. Isso pode ser evitado em futuras edições.

Nessa terça-feria 26-07 a partir das 17 horas  o Blog fará a primeira transmissão ao vivo em sua  página no Facebook.  Em pauta as notícias do rádio esportivo, futebol e olimpíadas. Participem, aguardo vocês lá. https://www.facebook.com/anderson.cheni

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Você é Curioso?” comemora 15 anos com transmissão especial ao vivo direto do MASP

Silvania Alves e Marcelo Duarte
No próximo sábado, dia 23, o programa “Você é Curioso?” comemora 15 anos com uma edição especial. A atração da Rádio Bandeirantes apresentada por Marcelo Duarte e Silvania Alves será transmitida ao vivo direto do Auditório do MASP (Avenida Paulista, 1578), das 10h às 12h. A entrada é gratuita. Como já virou tradição nos aniversários do programa, a festa terá incríveis números musicais com apresentações ao vivo. Uma das atrações é o primeiro show da banda Bek e os Tio de Fusca, que toca sucessos dos anos 80 e 90 e foi revelada recentemente pelo “Você é Curioso?”. A cantora Paula Marchesini, que foi destaque no programa “The Voice” e era crooner da banda The Soundtrackers, apresentará um trecho do show As Divas do Rock. Acompanhada da Bek e os Tio de Fusca, Paula cantará a canção "Material Girl", de Madonna, que faz parte do repertório dela e da banda. Para fechar a celebração, 15 casais de ouvintes serão convidados a subir ao palco para o baile de debutantes que terá a participação de Moacyr Franco, que cantará alguns de seus maiores sucessos. A edição especial de 15 anos do “Você é Curioso?” também será transmitida ao vivo pelo Facebook da Rádio Bandeirantes, basta acessar https://www.facebook.com/radiobandeirantes Saiba mais sobre a Rádio Bandeirantes em www.radiobandeirantes.com.br e siga a emissora nas redes sociais:https://twitter.com/RBandeirantes e https://www.facebook.com/radiobandeirantes

Encontro de Campeões da Rádio Eldorado traz a força do rap, da MPB e do taekwondo para o palco


Força, luta e muita música boa se juntam no palco no quinto Encontro de Campeões, promovido pela Rádio Eldorado. A emissora reunirá, dia 26 (terça-feira), o rapper Emicida, o cantor e instrumentista Fióti e o lutador de taekwondo Diogo Silva em encontro na Livraria Cultura do Conjunto Nacional (Avenida Paulista, 2073 - Bela Vista), a partir das 20h. O evento, que é aberto ao público, é uma reedição de duas iniciativas de sucesso da Eldorado em passado recente, mas com roupagem nova: o Grandes Encontros e o Grandes Encontros Olímpicos. A ação é multiplataforma, envolvendo jornal impresso, portal e emissora, e faz parte do Projeto Olímpico.  O próximo evento acontece dia 11 de agosto, no Shopping Central Plaza. O encontro também transmitido ao vivo pela emissora (FM 107,3) e pelo Território Eldorado (www.territorioeldorado.com.br).

Band FM é a rádio oficial da Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos

A Rede Band FM prepara uma cobertura especial da Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos. A 61ª edição do evento, que acontece de 18 a 28 de agosto, terá a presença das principais estrelas do universo sertanejo, campeonatos nacionais e internacionais de rodeio e diversas atrações que resgatam a cultura do interior. A festa de lançamento do evento acontece hoje à noite na Villa Country, a maior casa sertaneja da América Latina, com show ao vivo de Simone & Simaria e participações de Fernando & Sorocaba, Milionário & Marciano, Thaeme, Bruno Barreto e Felipe Araújo. Pelo 20º ano, a Band FM é a emissora oficial da maior Festa de Peão da América Latina. A rádio estará presente com um amplo projeto de divulgação, promoções e transmissões ao vivo de Barretos direto de um estúdio completo montado em um dos melhores pontos da festa. Shows das principais estrelas do universo sertanejo serão transmitidos pela emissora: Jorge & Mateus, Fernando & Sorocaba, Gusttavo Lima, Henrique & Juliano, Rionegro & Solimões, Matogrosso & Mathias, Wesley Safadão, Simone & Simaria, Paula Fernandes, Maria Cecília & Rodolfo, Thaeme & Thiago, Henrique & Diego, Lucas Lucco, Teodoro & Sampaio, João Bosco & Vinicius, Aviões do Forró, Maiara & Maraisa, entre outros.

O ex-preparador físico Hélio Maffia lança seu livro no próximo dia 26 de julho

Hélio José Maffia foi um grande esportista em várias modalidades, inclusive no vôlei, chegando à Seleção do Estado de São Paulo. - Foi professor de Educação Física e diretor da Escola Superior de Educação Física de Jundiaí, que ele ajudou a fundar. - Foi o preparador físico do Paulista de Jundiaí entre 1966 e 1968, quando o clube conquistou um histórico acesso à elite do futebol do Estado. - Trabalhou no São Paulo entre 1969 e 1971, quando esta equipe foi bicampeã paulista. - Marcou época, ao lado do grande treinador Oswaldo Brandão, na Segunda Academia do Palmeiras, na primeira metade da década de 1970. - Em sua passagem pelo Guarani, entre 1978 e 1980, o clube foi campeão brasileiro. - Sua trajetória no Corinthians foi marcada por títulos e pela participação no histórico movimento da Democracia Corinthiana, do início ao fim. - Além disso, foi o preparador físico de uma Seleção Brasileira, treinada por Brandão, que contou com Rivellino, Zico e Falcão, entre outros grandes craques.  Sobre o autor Gustavo Longhi de Carvalho é jornalista, com trabalhos realizados na área de jornalismo esportivo. Também é engenheiro mecânico, com mestrado nesta área. Trabalhou por dez anos na indústria e atua como professor universitário e pesquisador jornalístico, além de ministrar palestras. Este é seu quinto livro, sendo o quarto ligado ao universo do futebol. 
SERVIÇO
“Hélio Maffia – À Sua Maneira” “Memórias e a Trajetória Profissional de um dos Maiores Preparadores Físicos do Brasil.”  
Dia 26 de julho (terça-feira), a partir das 19h00, no Salão da Federação Paulista de Futebol -  Rua Federação Paulista de Futebol, 55. Capital - São Paulo.
Dia 29 de julho (sexta-feira), a partir das 19h00 no Salão do Tênis Clube Jundiaí Rua Dr. Édson Zardeto de Toledo, 235. - Jundiaí - São Paulo.

segunda-feira, 18 de julho de 2016

O Rádio e a Olimpíada

O espetáculo midiático que, a um mês dos Jogos Olímpicos, amanheceu traduzido em números pelas páginas do jornal “Valor Econômico” encontrou seu reverso ao entardecer, quando se soube do surrupio de dois contêineres de uma tevê alemã. Nessa sexta-feira que inaugurou o mês de julho e mostrou a velocidade do pêndulo pela qual se podem medir nossas contradições, o tabloide que circula encartado na edição de fim de semana maior jornal de economia cravava na capa: “O maior espetáculo da Terra”. Que não é o carnaval das escolas de samba. Os números da matéria são ciclópicos: vinte e cinco mil jornalistas credenciados, audiência estimada em 5 bilhões de pessoas ao redor do mundo, uso de tecnologia avançada – como imagens de 8K. Em evento tão imagético, pensado e organizado para a televisão, que papel cabe às emissoras de rádio que adquiriam direitos de transmissão neste naco midiático? A pergunta se estende a outros eventos televisivos que não somente os de esporte; e, pela dimensão dos Jogos Olímpicos, há novas questões que merecem ser analisadas. Como o desafio a que se propôs o Sistema Globo de Rádio, ao reservar duas frequências – uma no Rio, outra em São Paulo – para dedicar-se integralmente à cobertura da Olimpíada. Se todas as 42 modalidades olímpicas, mesmo aquelas que despertam pouco interesse ou soam exóticas, cabem na tela de televisão, sua adaptação para a linguagem do rádio é problemática, quando não impossível. E, no Brasil, o rádio reflete a monocultura do futebol na predileção da massa. Num passado mais remoto, transmitiam-se basquete, vôlei, natação, turfe e fórmula-1 (estas duas últimas não são olímpicas). Num passado mais recente, emissoras que já se restringiam somente a futebol e automobilismo deixaram de lado a fórmula-1 (exceto as do Grupo Bandeirantes de Comunicação), pelo alto custo dos direitos de transmissão e pelo desinteresse dos brasileiros pelo esporte, carente de ídolos nacionais desde a morte de Ayrton Senna, há mais de duas décadas. A televisão oferecerá uma avalanche de opções: no Brasil, sete emissoras, sendo três abertas e quatro fechadas, dedicarão centenas de horas de transmissão. As tevês fechadas terão mais de um canal para transmitir o maior número possível de modalidades. Isso sem falar nos sites, nos aplicativos e nos incontáveis programas especiais sobre o megaevento. Nesse cardápio copioso, que mágica pode fazer o interessado pela Olimpíada, e não somente pelo futebol olímpico, preferir o rádio – ou ao menos conjugá-lo com a imagem, como fazem os que viveram o auge do rádio esportivo e não o abandonaram quando as tevês passaram a fazer a mesma coisa? A linguagem radiofônica – “quente”, como classificou Marshall Mcluhan, mais dinâmica e emocionante – tem de constituir-se com alternativa. Ao que se deve juntar o intenso e instantâneo trabalho de prestação de serviço, tão importante quanto as competições, uma vez que os jogos serão aqui, com significativas mudanças na rotina da cidade e de seus moradores – sobretudo quando esta cidade passa por problemas gravíssimos que lhe afetam a imagem internacional – e logística complexa para chegar aos locais de competição e sair deles. A informação útil não deve estar circunscrita às emissoras do Rio de Janeiro. Com a mobilidade do rádio ampliada pelos aplicativos para smartphone e pelas páginas da internet, turistas nacionais que virão à cidade poderão orientar-se pelas suas emissoras prediletas ou por aquelas que lhes são mais próximas por motivos geográficos. Trata-se de uma estratégia para fidelizar a marca. Ainda assim, o tamanho do desafio é proporcional à capacidade do rádio de, mesmo presente na vida do brasileiro, como atestam pesquisas recentes, mimetizar o que outros meios farão de modo sedutor. 
Por: Bruno Fillippo Jornalista e sociólogo

Música supera notícia e conquista 94% dos ouvintes de rádio

Programação musical é o estilo de atração mais popular no meio rádio brasileiro. De acordo com estudo revelado pelo Kantar Ibope Media nesta semana, "música" é o tipo de conteúdo que mais agrada os ouvintes do país, sendo acompanhado por 94% do público. A pesquisa separou a parte musical por estilos. Dos entrevistados, 50% garantem que acompanham canções sertanejas que são tocadas pelas emissoras. Na sequência, aparecem outras quatro categorias: MPB, sucesso/as mais pedidas (nacional),samba/pagode e sucesso/as mais pedidas (internacional). O rock, que pauta veículos segmentados, não figura na lista.
Não musical 
Diferentemente de conteúdo musical, que de acordo com os dados do Ibope não está presente em somente 6% do público que ouve rádio no Brasil, a parte definida pela pesquisa como "qualquer estilo de programa não musical" tem penetração em 83% da audiência potencial. Na parte "não musical", cinco categorias foram elencadas, com a parte propriamente jornalística sendo representada por "noticiários (locais, nacionais ou internacionais)" e "notícias (policiais, trânsito ou tempo)". O primeiro surge com alcance de 71% do público em potencial, enquanto o segundo tem 61%. A divisão entrevistas/programas falados" aparece com 34%, sendo seguida por "comentários esportivos" (25%) e "programas religiosos" (24)%. A pesquisa do Ibope apontou, além da audiência por tipo de programação, pontos como o horário de pico do rádio em dispositivos e o investimento publicitário no meio em 2015.

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Ondas Curtas 76 SGR

* Depois de Antônio Carlos Duarte, ontem foi a vez do repórter Cláudio Perrout, outro repórter experiente ser demitido da Rádio Globo no Rio de Janeiro. Perrout que é um grande profissional e uma pessoa maravilhosa estava há 15 anos no SGR (Sistema Globo de Rádio). 


* Internamente a Direção do Grupo Globo admitiu que Mariza Tavarez foi demitida do cargo de Diretora Executiva de Jornalismo e não teria pedido para deixar o cargo conforme comunicado. Essa estratégia foi uma saída para preservar a imagem da jornalista que estava desgastada no cargo, além de ter um generoso salário. 

* A saída da "Rainha do Rádio", ex- toda poderosa da CBN causou alívio e comemoração em muitos funcionários  da rede, especialmente São Paulo. O clima segue festivo na redação já que a rejeição de Mariza  era  alto. Poucos "orfãos" da ex-madrinha estão apreensivos.

* No Rio a Direção do Grupo estuda a possibilidade de colocar uma de suas frequências como emissora 100% esportiva, mas  o "projeto"  corre risco de não sair do papel devido ao investimento.


* O Bem amigos do SporTV será retransmitido pela Rádio Globo e suas afiliadas a partir da próxima segunda-feira dia 18 de julho a partir das 22 horas até  meia noite para toda Rede Globo de Rádio. A confirmação do SGR não agradou ouvintes e internautas que se manifestaram em sua maioria de forma negativa nas redes sociais. Essa coluna em 2012 já opinou ser contrária a esse tipo de "estratégia" (veja aqui)Não precisa ser especialista  para saber  que  rádio é som (com raras exceções de poucos  programas e emissoras que trabalham com conteúdos exclusivos para as duas plataformas) e TV é imagem.  Será que os responsáveis não conseguem entender que essa estratégia é ruim e derruba de forma significativa  a audiência, afeta a credibilidade do veículo. Repito aqui a mesma pergunta de 2012: Será que a mais nova função do rádio é a de retransmitir TV? 


Grupo Bandeirantes e Globo optam em
reproduzir programas da TV no rádio
Alguns programas que já foram reproduzidos no rádio ou que ainda estão no ar:  Programa do Jô/Globo (CBN), Agora é Tarde/Band (BandNews), Bate-Bola/ESPN (Estadão-ESPN), CQC/Band (Bandeirantes), Donos da Bola/Band (Bradesco Esportes), Jornal da Band (BandNews),  The Voice/Globo (Rádio Globo) e a partir da semana que vem  Bem Amigos/SporTV (Rádio Globo).

Foto: Divulgação



terça-feira, 12 de julho de 2016

Diretora Executiva da CBN está de saída do SGR

Depois de 14 anos  a Diretora Executiva
Mariza Tavares  vai deixar a CBN
A Direção do Sistema Globo de rádio segue passando por transformações, principalmente depois da chegada em outubro de 2015 do executivo Marcelo Soares, que é o novo diretor geral do SGR. Marcelo fez modificações no quadro de executivos da emissora, a mais recente foi a chegada do novo coordenador nacional de esportes Robinson Vasconcelos, que tem boa formação executiva e experiência dentro do Grupo Globo. Os dois executivos ficam no Rio de Janeiro e por isso marcaram há duas semanas uma reunião de apresentação aos funcionários do SGR em São Paulo. Coincidentemente ontem veio o comunicado do Diretor Geral informando que a Diretora Executiva de Jornalismo da CBN, a senhora Mariza Tavares optou em deixar o cargo para se dedicar exclusivamente a sua atividade de escritora. Sendo assim, ela fica no cargo até o final do mês e a partir de agosto de forma interina Álvaro Oliveira Filho que é Gerente Executivo de Jornalismo e já foi Gerente de Esportes assumirá a função até que a direção contrate ou faça a transferência de outro executivo dentro das Organizações Globo para o cargo que pertenceu a senhora Mariza Tavares desde 2002. A coluna entrou em contato por email com a jornalista Mariza Tavares, mas até o momento não tivemos resposta. Marcelo Soares está há pouco tempo no cargo, mas deu para perceber que dentro desse período está fazendo muitas transformações dentro do SGR, uma fonte elogiou o seu trabalho e principalmente um canal de comunicação direta recém criada para detectar eventuais problemas que possam existir entre os funcionários de todas as praças do Sistema Globo de Rádio. Hoje está mais do que claro que dentro da atual fase administrativa do SGR o resultado é muito mais forte que qualquer nome, cargo ou tempo na empresa. Provavelmente após as Olimpíadas e as Paralimpíadas outras mudanças devem ocorrer dentro do hoje festivo SGR.
Foto:  G1

Prêmio Comunique-se 2016: conheça os indicados ao maior show do jornalismo brasileiro

A primeira fase de indicações para o Prêmio Comunique-se 2016 foi um sucesso. Agora, o reconhecimento aos rockstars de jornalismo que mais brilharam nos últimos meses segue para a segunda etapa de votações, a partir desta terça-feira, 12, já com nomes definidos pelos profissionais da imprensa que colaboraram na eleição dos melhores em nas 12 categorias. Nesta fase, que vai até 31 de julho, o público vai escolher os três finalistas para cada categoria/subcategoria. A votação está aberta por meio do site do Oscar do Jornalismo brasileiro. As estrelas campeãs serão reveladas na grande noite de gala, em festa realizada na casa de espetáculos Tom Brasil, em São Paulo, em 27 de setembro.
Confira, abaixo, a lista de alguns indicados para a segunda fase de votação do Prêmio Comunique-se 2016:  a lista completa você confere no Portal Comunique-se    -  Para votar 

Locutor Esportivo 
André Henning - Esporte Interativo 
Everaldo Marques - ESPN 
Gustavo Villani - Fox Sports 
José Silvério - Rádio Bandeirantes
Luis Roberto de Múcio - TV Globo
Luiz Carlos Jr. - SporTV 
Nilson César - Jovem Pan 
Oscar Ulisses - Rádio Globo-CBN 
Silvio Luiz - Rede 
TV Téo José - Band 

Mídia Falada - Esportes
Fernando Fernandes - Band 
Glenda Kozlowski - TV Globo 
Juca Kfouri - CBN / ESPN 
Marcelo Barreto - SporTV 
Mauro Beting - Fox Sports / Jovem Pan 
Mauro Cezar Pereira - ESPN 
Mauro Naves - TV Globo 
Milton Neves - Band / Rádio Bandeirantes
Paulo Vinícius Coelho - Fox Sports
Vladir Lemos - TV Cultura


Mídia Falada  - repórter
Abel Neto - TV Globo 
Agostinho Teixeira - Rádio Bandeirantes 
Caco Barcellos - TV Globo 
Caiã Messina - Band 
Cátia Toffoletto - CBN 
Ernesto Paglia - TV Globo 
Fabio Diamante - SBT 
Mauro Tagliaferri - Rede TV 
Michelle Trombelli - BandNews FM 
Vinícius Dônola - TV Record 

Apresentador/Âncora Rádio 
Eduardo Barão - BandNews FM 
Fabíola Cidral - CBN 
Haisem Abaki - Rádio Estadão 
José Paulo de Andrade - Rádio Bandeirantes 
Joseval Peixoto - Jovem Pan 
Madeleine Lacsko - Jovem Pan 
Milton Jung - CBN 
Ricardo Boechat - BandNews FM 
Ronald Gimenez - Rádio Trânsito 
Tatiana Vasconcellos - BandNews FM 


Mídia Falada  - Cultura
Adriana Couto - TV Cultura 
Bianca Ramoneda - GloboNews 
Cunha Jr. - TV Cultura 
Elisabete Pacheco - GloboNews 
Gilberto Dimenstein - Catraca Livre / CBN 
Gisele Kato - Arte 1 
José Armando Vannucci - TV Gazeta 
Marcelo Duarte - Rádio Bandeirantes / BandNews FM 
Marcos Petrucelli - CBN 
Terence Machado - Rede Minas Economia 

Mídia Falada - Economia 
Denise C. Toledo - Jovem Pan / TV Gazeta 
Dony de Nuccio - GloboNews 
Fátima Turci - Record News 
Flávia Oliveira - GloboNews 
Luiz Carlos Mendonça de Barros - BandNews FM 
Mara Luquet - CBN / TV Globo 
Míriam Leitão - CBN / GloboNews / TV Globo
Richard Rytenband - Record News 
Samy Dana - Rádio Globo / TV Globo 
Sérgio Waib - BandNews TV  


Executivo de Veículo de Comunicação
Ali Kamel - TV Globo
André Luiz Costa - Band 
Douglas Tavolaro - Record 
Eduardo Zebini - Fox Networks Group 
Franz Vacek - Rede TV 
João Palomino - ESPN 
Marcelo Parada - SBT 
Sheila Magalhães - BandNews FM
Vera Brandimarte - Valor Econômico 
William Corrêa - TV Cultura 

segunda-feira, 11 de julho de 2016

Conheça os narradores que conquistaram o mundo durante a Eurocopa

Alexandre Afonso e  Nuno Matos da  rádio Antena 1
Além da conquista inédita de Portugal nessa edição da Eurocopa, outros momentos vão ficar para a história da competição, e não são fatos marcantes só dentro de campo, são gols, classificações e principalmente a conquista  passada com muita emoção por jornalistas e radialistas que trabalharam na Euro 2016.  Se você gosta do politicamente correto nas coberturas esportivas, esqueça, afinal os exemplos citados não estão nem aí para manuais de narração, conduta da empresa etc... Eles  conquistaram o público justamente por adotarem o bom humor e a irreverência em suas transmissões e não estão nem aí pras críticas e outras bobagens dos "chatos de plantão" possam dizer. O primeiro anônimo antes da competição começar foi o narrador islandês Gudmundur Benediktssonque foi a loucura a cada vitória  da Islândia dentro da competição, principalmente na contra a Áustria que garantiu a inédita classificação para a próxima fase (vídeo abaixo) e depois a épica vitória contra a  Inglaterra. Nesse domingo de decisão entre França e Portugal o que  não faltou  foi emoção, torcida e muitas alfinetadas aos críticos da seleção portuguesa no momento que o atacante Éder fez o gol aos 3 minutos do segundo tempo da prorrogação. O gol foi apensa um detalhe,  aquela era a hora de extravasar e foi isso que Alexandre Afonso e de Nuno Matos, jornalistas  da  rádio Antena 1 de Portugal, fizeram (áudio abaixo). Parabéns para a seleção Portugal e aos colegas jornalistas que cobriram a competição com uma emoção muito maior que um simples  grito de gol.

             Gudmundur Benediktssonque foi a loucura e ficou famoso durante a competição


Jornalistas Portugueses adotaram o bom humor e a irreverência  na hora do gol e não  estavam nem aí que tinha mais 12 minutos de jogo e já cravaram que Portugal seria campeão da EURO 2016


Foto: Jornal Record  / vídeo Youtube/ áudio Sond Cloud

Judô e MPB no próximo Encontro de Campeões da Rádio Eldorado

Acontece nessa terça-feira dia 12 de julho  o quarto Encontro de Campeões, promovido pela Rádio Eldorado. A emissora reunirá, dia Danielle Zangrando e Marina Lima, em uma conversa diferente e descontraída. O encontro será na Livraria Cultura do Conjunto Nacional (Avenida Paulista, 2.073 - Bela Vista), a partir das 20h. O evento, que é aberto ao público, tem o apoio da Livraria Cultura, é uma reedição de duas iniciativas de sucesso da Eldorado em passado recente, mas com roupagem nova: o Grandes Encontros e o Grandes Encontros Olímpicos. A ação é multiplataforma, envolvendo jornal impresso, portal e emissora, e faz parte do Projeto Olímpico. A ex-judoca Danielle Zangrando foi a primeira mulher brasileira a receber uma medalha em campeonatos mundiais do esporte. Em Chiba, no Japão, no ano de 1995, quando tinha apenas 16 anos, levou o bronze na categoria Leve, abrindo o caminho para suas sucessoras. Depois disso, ainda foi medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, em 2007, e participou de duas Olimpíadas: Atlanta 1996 e Atenas 2004. Hoje, a ex-atleta é comentarista da ESPN Brasil e estará na cobertura dos jogos do Rio de Janeiro. A cantora e compositora carioca Marina Lima se impôs pela interpretação e originalidade na década de 1980 e se tornou um dos maiores nomes da Música Popular Brasileira. Os dois próximos eventos acontecem em 26 de julho, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, e 11 de agosto, no Shopping Central Plaza. O encontro também transmitido ao vivo pela emissora (FM 107,3) e pelo Território Eldorado (www.territorioeldorado.com.br).

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Bolsa para jornalistas científicos na Alemanha


Página oficial da Conferência

Jornalistas e blogueiros com 3 anos de experiência, no mínimo, podem se inscrever para uma bolsa para participar da Conferência da Falling Walls Foundation, uma plataforma para líderes em ciência, administração, política, arte e sociedade. A Falling Walls Foundation é patrocinada pelo Ministério da Educação e Pesquisa alemão, com o apoio de outras entidades. A bolsa cobrirá despesas de viagem, 3 noites de hospedagem, taxas da conferência e refeições para que o selecionado possa participar da Falling Walls Conference, que acontecerá em 8 e 9 de novembro de 2016 em Berlim, na Alemanha, além de fornecer aos selecionados acesso a outras iniciativas, como o Falling Walls Lab e a Falling Walls Venture. Podem se inscrever jornalistas freelance ou de tempo integral, que já tenham experiência em cobrir ciência. Em 2015, o jornalista brasileiro Carlos Henrique Fioravante, da revista Pesquisa, foi selecionado como bolsista. As inscrições devem ser feitas até 31 de julho de 2016. Para mais informações (em inglês), clique aqui.
Foto: Reprodução

O Rádio e as multiplataformas

Um estudo global realizado pela TNS Brasil contou com a participação mais de 60 mil consumidores conectados ao redor de 50 países para mapear a diferença de comportamento entre as gerações no ambiente digital. O resultado foi o já esperado: as multiplataformas estão bombando mundo afora. Segundo o levantamento, a média dos Millennials (entre 16 e 30 anos) com acesso à internet passa 3,2 horas por dia em seus celulares – o equivalente a 22,4 horas – a cada semana. Isso significa 1,168 horas ou 49 dias em um ano. O número sobe para 3,8 horas por dia na Malásia, onde o acesso digital é mobile-driven: 95% da população local que utiliza a internet, agora possui um smartphone. E o que o rádio tem a ver com isso? Tudo. Tudo porque as marcas precisam ter cuidado ao fazer suposições abrangentes sobre os hábitos digitais de diferentes faixas etárias. “Enquanto os Millennials são claramente uma geração importante, a Geração X (com idades entre 31 e 45 anos) e os Baby-boomers (idades entre 46-65) geralmente têm maior renda, padrões de compra estabelecidos e estão gastando cada vez mais tempo online”, afirma Joseph Webb, diretor global do Connected Life. Isso quer dizer que o rádio pode – e deve! – se engajar em novas mídias. Utilizar, por exemplo, o Facebook como ferramenta adicional, o aplicativo de rádio no celular e o whats app, podem ser maneiras de abranger seus ouvintes e estar conectado a eles ainda mais tempo durante o dia. Uma grande vantagem é que o mundo publicitário já tem notado que as coisas estão mudando. O volume de investimento ainda é tímido no Brasil, se comparado com os Estados Unidos, por exemplo. Nos Estados Unidos o relatório “Internet Advertising Revenue Report” apresenta o resultado nos investimentos realizados em publicidade on-line do primeiro semestre de 2015. Os números atingem US$27,5 bilhões com crescimento de 19% sobre o mesmo período de 2014. Resumindo: o rádio pode estar presente em diversas plataformas, e aproveitá-las para gerar renda para o negócio, com “combos” publicitários. Fonte: Adnews e AERP

sábado, 2 de julho de 2016

Grupo Estado contrata repórter para a cobertura da 43ª Semana de Vela de Ilha Bela

Marcello Lima comemora volta ao rádio
As rádios Estadão e Eldorado FM (emissoras do Grupo Estado), estão cobrindo o maior evento náutico da América Latina, a 43ª Semana de Vela de Ilhabela que reúne no litoral norte paulista barcos de 13 classes diferentes, entre 1º a 9 de julho. Entre as equipes, estarão nomes como Jorge Zarif e Samuel Albrecht, representantes da vela brasileira na Rio 2016, o medalhista olímpico Lars Grael e o campeão pan-americano Maurício Santa Cruz, além de outros mil velejadores misturados entre os profissionais e os amadores. O jornalista Marcello Lima foi contratado pelo Grupo Estado para cobrir o evento. Lima fez questão de agradecer nas redes sociais os jornalistas César Sacheto, Paula Marinho e Emanuel Bomfim pela oportunidade e confiança em seu trabalho, pois estava desempregado há três anos e agora tira o "mofo", brincou o repórter que já está passando desde ontem até o próximo dia 9 de julho todas as informações nas rádios Rádios Estadão e Eldorado FM, em três boletins diários contando tudo sobre a 43 semana de Vela de Ilha Bela. Mais informações no site oficial do evento      http://svilhabela.com.br/2016/

Foto: Arquivo Pessoal 
Vídeo: Divulgação

CBN contrata jornalista do Grupo RBS

Renata Colombo  em ação na cobertura
política em Brasília pelo Grupo RBS
Após cinco anos no Grupo RBS e três como correspondente em Brasília, Renata Colombo está de mudança marcada para São Paulo, na próxima semana. A jornalista irá para rádio CBN, onde atuará como repórter nacional e não terá um setor específico. “Em uma lista de prós e contras, onde analisei aspectos como desafio, proposta financeira, vida pessoal, momento profissional, venceram as questões a favor”, disse, em entrevista ao  site Coletiva.net. Renata é a única repórter de rádio do Brasil a receber o prêmio Rey de España de Jornalismo, distinção recebida em 2014, por uma série veiculada na rádio Gaúcha no ano anterior. O trabalho foi realizado em parceria com o jornalista Fábio Almeida e recebeu o título de ‘Império da areia: a dragagem que mata o Jacuí’. “Levarei muitas coisas boas da minha experiência no Grupo RBS, pois foi uma grande escola de vida e de profissão. Foi onde recebi muitas oportunidades e chances de colocar diversos projetos em prática”, afirmou, entusiasmada. Formada em Jornalismo pela Famecos, Renata soma 10 anos de carreira e teve também passagem pela rádio Guaíba. Ela ainda acumula mais 11 prêmios nacionais e internacionais.
Fonte: Coletiva.Net
 Foto: Arquivo Pessoal