sábado, 11 de junho de 2016

ABERT quer flexibilizar “A Voz do Brasil” durante Olimpíadas e Paralimpíadas

Projeto ainda não entrou
 na pauta de votação
A ABERT vai pedir ao governo federal a edição de uma medida provisória para flexibilizar a Voz do Brasil durante o período das Olimpíadas, entre 5 e 21 de agosto, e das Paraolimpíadas, entre 7 e 18 de setembro de 2016. No ar desde 1935, o programa oficial do governo tem uma hora de duração e é retransmitido diariamente, às 19h. Em 2014, atendendo a uma reivindicação da ABERT, o governo editou a MP 648, que autorizou as emissoras de rádio do país a retransmitir o programa em horário alternativo, durante os jogos da Copa do Mundo no Brasil, entre os dias 12 de junho e 13 de julho, quando ocorreu o campeonato. Nos dias dos jogos, o programa foi transmitido a critério das emissoras, entre as 19h e 22h. Com a MP 648, mais de 1,3 mil emissoras de rádio credenciadas para o mundial não precisaram interromper as transmissões das partidas, já que grande parte dos jogos terminou às 20h. De acordo com pesquisa encomendada pela ABERT, 68% dos brasileiros concordam com a flexibilização do programa. Pleito antigo Antiga reivindicação das emissoras de rádio, a flexibilização da Voz do Brasil está prevista em projeto de lei de autoria da deputada Perpétua Almeida (PC do B/AC), em tramitação na Câmara dos Deputados. O texto já foi aprovado pela Casa em 2006, mas como sofreu alteração no Senado, teve que retornar à Câmara em 2010. A proposta aguarda inclusão na pauta de votações da Câmara e, se aprovada, dependerá apenas de sanção presidencial
Fonte:  ABERT
Foto: Divulgação