quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Migração de rádios AM para FM deve começar em novembro

A migração das primeiras 200 emissoras de rádio da faixa de AM para a de FM deve começar até novembro. A afirmação foi feita nesta quarta-feira (16) pelo secretário de Comunicação Eletrônica do Ministério das Comunicações, Emiliano José, durante audiência pública na Comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara dos Deputados. Segundo Emiliano, a previsão é de que o processo de migração dessas 200 primeiras emissoras tenha início no dia 7 de novembro próximo, Dia do Radialista, e seja concluído em dezembro. Depois desse primeiro lote, a mudança de faixa continuará em 2016. Pelo cronograma do ministério, outras 200 emissoras deverão migrar em março do próximo ano, mais 200 rádios em maio, 150 em julho e 144 em setembro, totalizando 894 emissoras. Mais de mil emissoras demonstraram interesse em fazer a mudança de faixa, mas apenas 39 delas estão com a documentação em dia e aptas a migrar para FM, de acordo com o secretário. Existem atualmente no Brasil 1.781 emissoras de rádio AM, de acordo com dados da Secretaria de Comunicação Eletrônica. Desse total, 1.386 pediram para migrar para a faixa de FM. Com a mudança, as rádios melhoram a qualidade da transmissão de sua programação, além de reverter a redução de audiência que as AMs vêm enfrentando nos últimos anos. A migração para a faixa de FM é opcional. 
Preço
O ministério ainda está trabalhando para definir os valores que serão pagos pelo radiodifusor para fazer a migração de AM para FM. Para Emiliano, é preciso corrigir uma lacuna representada pela falta de parâmetros claros dos valores do setor de comunicação no Brasil. “Não temos o valor de mercado de uma FM. Quanto vale uma emissora de TV? Vamos fazer um levantamento junto ao setor para chegar a essa definição”, garantiu. Para isso, o Ministério das Comunicações está elaborando uma metodologia de cálculo para estabelecer o preço justo das emissoras no mercado. Esse valor será definido com base em um levantamento que está sendo realizado junto ao setor de radiodifusão. O cálculo do preço mínimo estabelecido pelo Tribunal de Contas da Uniao (TCU) para uma concessão de rádio no município de Anápolis (GO) deverá ser usado como parâmetro. Além disso, o ministério também discute o assunto com a Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão (Abert). 
 Fonte Ministério das Comunicações

Transamérica é destaque em prêmio Internacional de Publicidade

Duas peças criadas com o apoio da Rede Transamérica de Comunicação foram premiadas em diferentes categorias no Clio Awards 2015, que foi realizado em Nova Iorque, nos Estados Unidos. A peça “Radio Hits Translator”, premiada na categoria “Audio”, foi criada pela agência Dim&Canzian para a Transamérica em parceria com a FF English, que desenvolveu um método para os ouvintes aperfeiçoarem o seu inglês de forma interativa através de uma programação especial na Rádio Transamérica, no qual a música original e a versão traduzida eram tocadas ao mesmo tempo em diferentes canais.
Na categoria “Branded Content”, a peça premiada foi a “Radio Pride Parade”, criada pela agência Ogilvy para a Billboard com o apoio da Rede Transamérica de Comunicação, que realizou uma programação especial para o Dia Nacional do Orgulho Gay, uma reflexão contra a homofobia no país. 


Confira  mais detalhes da premiação clicando aqui

CBN

Aniversário da CBN tem trilha nova e interatividade com os ouvintes

No dia 1º. de outubro, a festa pelos 24 anos da CBN começa cedinho: às 6h, os ouvintes vão conhecer a nova trilha do Jornal da CBN, ancorado por Mílton Jung. Mais uma vez é a produtora Play it Again que assina o arranjo, que envolve mais de dez instrumentos musicais, do sopro à percussão, de metais a cordas. Tula Minassian, produtor-executivo que está à frente dos maestros, músicos e mixadores da Play, diz que o programa foi repaginado com uma trilha mais contemporânea: “chega a ter notas de funk, é realmente para acordar”. O tema também será usado no Jornal da CBN 2ª. Edição, que tem Roberto Nonato na ancoragem. Como nos anos anteriores, o aniversário vai ter uma ação especial de interatividade com os ouvintes. São eles que vão escolher os assuntos que serão analisados pelos comentaristas no dia 1, através de uma enquete que fica no ar até o dia 30 de setembro no site da rádio (cbn.com.br). Corrupção, mobilidade, refugiados e até uma boa notícia para marcar a data – os temas mais votados entrarão na pauta da CBN. E a festa não acaba aí. No mesmo dia, Carlos Alberto Sardenberg vai festejar 15 anos à frente do CBN Brasil com um programa com plateia no Masp. A “cereja do bolo” fica por conta dos convidados que dividirão o palco com o âncora: das 12h às 14h, o público vai poder interagir com Míriam Leitão, Merval Pereira, Mara Luquet, Daniela Braun e Leny Kyrillos. Por último, mas não menos importante, serão conhecidos os vencedores da sétima edição do Prêmio CBN de Jornalismo Universitário. O tema deste ano era “Mais tolerância, menos conflitos” e as reportagens premiadas serão veiculadas no CBN Total. Os estudantes que levarem o primeiro lugar ganharão tablets, troféu e uma visita para acompanhar de perto o dia a dia da redação da CBN em São Paulo.


Jabor e Giannetti são os convidados do 50 Mais CBN especial com plateia

No dia 2 de outubro, o 50 Mais CBN vai para o palco do Teatro Eva Herz, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo, com dois convidados muito especiais: o cineasta e escritor Arnaldo Jabor; e o economista Eduardo Giannetti. Vai ser o primeiro programa com plateia ancorado pelo trio composto por Alexandre Kalache, Mara Luquet e Mariza Tavares. Das 18h às 19h, com direito a perguntas da audiência, o quinteto vai debater sobre o que é preciso para envelhecer bem.
No ar desde março, o 50 Mais CBN discute o que é ser cinquentão – ou mais – cheio de energia e planos. O programa vai ao ar aos sábados, às 9h30, e é reprisado no domingo, às 22h, ficando também disponível em podcast e no site da rádio. 

Talk show com Gilberto Dimenstein e Mario Sergio Cortella em SP 
Participe do talk show com Gilberto Dimenstein e Mario Sergio Cortella sobre o livro "A era da curadoria: o que importa é saber o que importa!", que escreveram em parceria. Logo após o debate, que acontecerá no dia 28, no Teatro Faap, às 19h30, e terá mediação do âncora Fernando Andrade, haverá sessão de autógrafos com os autores. Serviço: Quando: dia 28 de setembro - segunda-feira, às 19h30 Onde: no Teatro FAAP - Rua Alagoas, 903 – São Paulo A entrada é gratuita e os ingressos serão distribuídos com uma hora de antecedência na bilheteria do teatro. 

CBN SP faz "Comida"  especial sobre hambúrguer Hambúrguer gourmet 
O hambúrguer é o tema do próximo "Comida" especial, uma parceria da CBN com a Folha de São Paulo. Fabíola Cidral, âncora do CBN SP, e Luiza Fecarotta, editora da Folha, vão conversar sobre a origem e os segredos do prato que é o queridinho dos paulistanos com três especialistas: Jorge Gonzales, Mario Portella e Julio Raw. O programa acontece no sábado, dia 26/9, às 11h, no Teatro Eva Herz, no Conjunto Nacional da Avenida Paulista, e ainda vai ter como atração musical Caio Durazzo One Man Band, que fará releituras de clássicos do rock'n roll dos anos 1950. Serviço: Data e horário: dia 26 de setembro - sábado, das 11h às 12h Local: Teatro Eva Herz, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional Av. Paulista, 2073 Participe da plateia!* *Serão distribuídos dois ingressos por pessoa a partir das 10h. Sujeito à lotação do local.

O DRM em Ondas Médias se apresenta como a solução para emissoras que permanecerem em OM

Por: Ariovaldo Lobrito
DRM pode ser uma boa alternativa no Brasil
Na Índia, um país com 1,2 bilhão de habitantes, as emissoras em Ondas Médias estão sendo revitalizadas, graças à opção do governo de adotar o sistema Digital Radio Mondiale. Mais de 80% da população indiana já está coberta com sinal DRM em Ondas Médias, e até 2017 toda a população estará coberta. A qualidade do áudio DRM em OM é superior ao áudio de uma FM, além de proporcionar a manutenção do alcance superior que o uso da faixa de OM proporciona com relação à faixa onde estão as emissoras FM, que operam em VHF. Essas emissoras indianas que estão abraçando o digital em OM operam no modo simulcast, ou seja, com o mesmo transmissor e sistema irradiante, o sinal analógico AM permanece inalterado, e o sinal DRM é posicionado em algum canal adjacente do sinal AM, mantendo assim toda a audiência que a emissora já tem em AM somada às novas audiências que possuem digital. O custo para a digitalização de uma emissora OM é muitas vezes menor que a migração da mesma para o FM, que exige instalação de novos transmissores, sistema irradiante e pagamento da diferença do valor da outorga AM para FM. A introdução do DRM em Ondas Médias provê uma evolução suave do analógico para o digital, sem troca da banda de operação da emissora. O rádio digital DRM aponta para o futuro, permite multiprogramação, transmissão de conteúdo multimídia como imagens, textos e aplicações interativas Ginga, enquanto a adoção de um sistema analógico em 2015 aponta para o passado, para o retrógrado. As emissoras que ficarem em Ondas Médias no Brasil terão, com o DRM, um excelente caminho para o futuro.

Vencedores do Premio Comunique-se 2015

A imprensa brasileira se reuniu na noite desta terça-feira, 22, para prestigiar os vencedores do Prêmio Comunique-se 2015. Com a temática “Jornalismo: superação olímpica”, os convidados da 13ª edição do Oscar do jornalismo brasileiro reviveram o clima das incríveis competições realizadas na Grécia Antiga. No comando da festa, o CEO do Grupo Comunique-se, Rodrigo Azevedo, deu as boas vindas aos atletas da comunicação. “Lembro que foi sufoco fazer a primeira edição do Prêmio Comunique-se. De lá para cá nada mudou, é o mesmo sufoco, a complexidade é igual. Mas uma coisa ficou mais complexa: fazer jornalismo. Nunca foi tão desafiador ser jornalista. Então porque um jovem escolheria essa profissão? Aí que entra a missão do Prêmio, que não é reconhecer os melhores do ano, mas sim inspirar as futuras gerações da profissão. Cumprimos essas metas com dois passos muito simples: o primeiro é descobrir quais os jornalistas mais queridos e admirados do Brasil; o segundo é transformar estes vitoriosos em grandes exemplos”, declarou Azevedo. Realizada no Tom Brasil, em São Paulo, a festa da mídia nacional teve clima descontraído e de reencontro entre amigos. A equipe de produção da premiação teve todo cuidado em transformar o palco da casa de show no “Olimpo do Jornalismo” para receber os colegas. A cerimônia de entrega das honrarias aos grandes vencedores contou com a participação do time de apresentadores composto por Ana Paula Padrão, Heródoto Barbeiro, Mariana Godoy, Marina Person, Rafael Cortez e Vinícius Valverde. Além disso, a noite de gala da imprensa contou com a participação especial de atletas brasileiros medalhistas em diversas modalidades. Daiane dos Santos, Flavio Canto, Felipe Kitadai, Giba, Gustavo Borges, Hortência, Hugo Hoyama e Robson Caetano estiveram presentes no evento. Durante a cerimônia do Prêmio Comunique-se 2015 foram entregues 26 troféus. Os profissionais contemplados foram eleitos pelos próprios integrantes da imprensa, que votaram nos melhores atletas da comunicação em cada uma das 12 categorias. Entre os ganhadores, quatro profissionais se destacaram. Edney Silvestre, da GloboNews, entrou para a galeria “Mestres do Jornalismo” pelas três vitórias consecutivas em “Cultura – Mídia Falada” (2011, 2013 e 2015). Também novo mestre da premiação, o correspondente da BBC no Brasil, Tim Vickery, passa a ser o primeiro profissional estrangeiro a integrar o time. Carlos Alberto Sardenberg e Ricardo Boechat foram os únicos a deixarem festa com mais de um troféu. 
Confira a lista completa com os nomes dos vencedores do Prêmio Comunique-se 2015:
Vencedores da edição 2015
Esportes
Locutor Esportivo - Cléber Machado - TV Globo 
Mídia Falada  - Abel Neto - TV Globo 
Mídia Escrita -  Mauro Beting - Lancenet
Apresentador/Âncora 
 Rádio  - Carlos Alberto Sardenberg - CBN TV  - Sandra Annenberg - TV Globo 
Colunista Notícia 
Míriam Leitão - CBN/ GloboNews/O Globo/TV Globo 
Opinião/Articulista - Alexandre Garcia - Rádio Estadão/TV Globo Comunicação 
Agência de Comunicação 
S2Publicom 
Profissional de Comunicação Corporativa
Eduardo Pugnali - Sebrae-SP
Propaganda e Marketing
Erich Beting - Máquina do Esporte
Correspondente Internacional Brasileiro no Exterior - Mídia Falada 
Márcio Gomes - TV Globo 
Brasileiro no Exterior - Mídia Escrita 
Guga Chacra - O Estado de S. Paulo
Estrangeiro no Brasil 
Tim Vickery - BBC 
Blog e Tecnologia
Blog Marcelo Tas - Blog do Tas 
Tecnologia 
Pedro Doria - O Globo 
Executivo de Veículo de Comunicação
Mariza Tavares - CBN 
Cultura Mídia Falada 
Edney Silvestre - GloboNews 
Mídia Escrita 
Raquel Cozer - Folha de S. Paulo
Economia Mídia Falada 
Carlos Alberto Sardenberg - CBN/TV Globo
Mídia Escrita 
Celso Ming - O Estado de S. Paulo 
Sustentabilidade - Gilberto Dimenstein - CBN/Catraca Livre 
Nacional Mídia Áudio e/ou Visual 
Ricardo Boechat - Band/Bandnews FM Mídia Escrita Ricardo Boechat - IstoÉ 
Repórter Mídia Falada - Roberto Cabrini - SBT 
Mídia Escrita - Daniela Pinheiro - Revista Piauí Imagem Claudinei Matosão - Band.
Foto: Divulgação