terça-feira, 30 de setembro de 2014

Rádio no Rio de Janeiro deve dar uma nova sacudida

Gilson, Garotinho e Gerson podem
retornar para Rádio  Globo Rio
 Não é de hoje  que a Rádio Globo do Rio de Janeiro sonha em ter a volta de o grande narrador José Carlos Araújo, o garotinho como é conhecido, deixou a emissora em maio de 2012 e desde então passou por Bradesco Esportes, BandNews e Transamérica, onde ainda permanece com a competência de sempre, mas sem o mesmo brilho que a Globo lhe deu por décadas, o mesmo acontece com  Gilson Ricardo, grande comunicador que tem a sua voz e o seu jeito de Rádio Globo por onde passa, e não vamos esquecer do comentarista  Gerson Canhota, fiel escudeiro e amigo do garotinho.  Pois bem, agora não é mais sondagem, são troca de telefonemas e reuniões ( uma acontece hoje) que podem definir ainda esse ano a volta do trio. Detalhes estão sendo tratados, e caso não dê acordo esse ano,  de 2015 não deve passar, afinal a Rádio Globo quer recuperar terreno e a audiência perdida na última década. Assim, Luiz Penido também tem grandes chances de voltar para a sua antiga casa, um grande amigo que lá continua está fazendo a articulação e olha que a grande notícia nem é  a volta dos respectivos narradores as suas antigas emissoras. Se a família que comanda a rádio  e a tv  optar em deixar de pagar uma grande quantia de arrendamento de uma FM do grupo, a Globo pode mudar de frequência em um curto espaço de tempo.
Migração demorada
 Em conversa com vários engenheiros e técnicos de radiodifusão, chegamos a conclusão que a migração definitiva para o FM em grandes centros como Rio e São Paulo, não sai do papel em 2015 e os mais otimistas cravam 2016 ou 2017 para que o am migre definitivamente nos grandes centros que hoje não apresentam espaços nas frequências em FM, ou seja, muito tempo para se esperar e dinheiro para gastar com o arrendamento da emissora que está entre as mais ouvidas do Rio. Seria sem dúvida uma  atitude de impacto que iria sacudir mais uma vez o rádio carioca.
Foto: Band Rio