domingo, 6 de abril de 2014

Ondas Curtas - edição 51

* A direção da Rádio BandNews FM autorizou a veiculação de um programa esportivo em rede. Trata-se do "BandNews na Área" que estreia hoje a partir das 22 horas. O programa acontece de seunda a sexta-feira, exceção quando houver transmissões de jogos. Parte do programa será em rede e parte local, como já acontece na programação. vai ao ar todas as noites, exceto quando houver transmissão de futebol. A apresentação ficará por conta de André Coutinho, Carla Bigatto, Arthur Covre e Fabio França, vão girar toda a rede da emissora (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Brasília, Salvador e Fortaleza) com a participação da equipe de reportagem e convidados. Lembrando que recentemente a equipe esportiva  BandNews FM em São Paulo, completou três anos no ar.  



 * A Rádio Globo de São Paulo vai perder um dos melhores produtores de rádio do país. Eduardo Barboza, o popular "Belezinha" que tem mais de trinta anos de casa pediu para  deixar  a emissora no final de abril. O produtor mora em Sorocaba e necessita de mais tempo para se dedicar a sua família. Essa é mais uma baixa no SGR já que Ricardo Marchezam, que também era produtor, recentemente  deixou a emissora.


* O comentarista Maurício Noriega lança hoje a noite em São Paulo a partir das 18h30, na Saraiva do Shopping Eldorado, o livro "Osvaldo Brandão, Libertador corintiano, Herói palmeirense", publicação da editora Contexto. 


* Grande narrador do rádio esportivo do Rio de Janeiro está na dúvida se aceita ou não colocar sua candidatura a deputado para as próximas eleições esse ano. O motivo é que ele terá que se ausentar do rádio a partir de junho, conforme a lei eleitoral e assim, não transmitir a Copa do Mundo. 


* Felippe Facincani é o novo contratado da Bradesco Esportes FM de São Paulo. Facincani deixou recentemente a Estadão e já trabalhou na 105 FM. Além de Facincani a emissora trouxe também o jornalista Umberto Ferretti. Além de Fábio Piperno e Alexandre Praetzel, o  narrador Ivan Bruno também retornou à emissora.


* Como antecipamos por aqui, o repórter Fernando Gavini estreia hoje na TV Gazeta de São Paulo, sua primeira matéria na nova casa deve aparecer a partir da quarta-feira que vem. 


* Acontece na próxima quarta-feira dia 9 na capital paulista, o 2º Seminário de Redes Sociais promovido pelo Comunique-se Educação. Um dos palestrantes desta edição será João Palomino, diretor de jornalismo dos canais ESPN no Brasil. O executivo falará da importância da interatividade na produção de conteúdo esportivo. Mais informações aqui 



 * Fora do Brasil há pelo menos dez dias, o jornalista Sérgio Patrick, já está colaborando para as rádios do Grupo Bandeirantes com as informações direto de Nova York. 


* Silva Júnior, jornalista e narrador  da Rádio Globo de São Paulo, finalmente assinou contrato com o canal Fox Sports. Em breve o "moço" de Limeira, também estará nas transmissões esportivas do canal. 


* Na medida que vai se propagando na tv a cabo, O canal Esporte Interativo já começa a incomodar muita gente grande no meio televisivo. A direção do canal está muito feliz com os números apresentados no jogo da primeira decisão da Copa do Nordeste, jogo realizado na quarta-feira passada  entre Sport x Ceará que teve transmissão ao vivo também no canal Space.  O próximo passo  é  o de ampliar ainda mais nas redes sociais o jogo de quarta-feira que vem no Ceará, além das decisões da Copa Verde, Copa do Rei e a transmissão do Campeonato Brasileiro da Série C. Uma importante conquista que foi fechada em parceiria com a SportPromotion.


* Um bom narrador do dial de São Paulo, será o responsável pelo nova fase de uma emissora que está migrando para o FM. Por falar em migração, grandes transformações no rádio paulista vão acontecer após a Copa, data em que algumas emissoras devem finalmente chegar ao FM. 


* De um grande e repeitado   diretor de rádio AM:  "Migrar para o FM e manter  a mesma programação do AM é dar um tiro no pé. Muitos comunicadores tidos como "populares" terão dificuldades nessa adaptação e correm riscos. Quem optar pela ampliação do jornalismo tido como  geral e esportivo, vai estar no caminho  certo.