quarta-feira, 5 de março de 2014

Celular é o segundo equipamento mais utilizado para ouvir rádio

O Ibope Media e a Comissão de Rádio, formada por representantes de emissoras de rádio e do Grupo de Mídia de São Paulo, estão integrando novos índices de audiência e novas análises à medição regular do meio radiofônico. Os primeiros resultados apontam que o celular já é o segundo equipamento mais utilizado para ouvir rádio, perdendo apenas para o aparelho tradicional. O computador aparece em terceiro lugar. Para estudar o meio como um todo, o Ibope Media desenvolveu o índice “Total Emissoras” que, além das frequências AM e FM, também passa a reportar a audiência das rádios online. A pesquisa indica que o horário com maior alcance diário pelo celular é o das 14h e, no equipamento tradicional, o pico de audiência ocorre às 10h. Os horários de maior alcance diário em aparelhos automotivos são às 8h e às 15h. Já no trabalho, o rádio tem maior alcance diário às 7h e às 18h. Em outros lugares (como consultórios, lojas, restaurantes etc), o meio tem maior alcance às 10h e às 14h. O consumo de rádio no trajeto (transporte público e a pé) tem um tempo médio de quase cinco horas por dia. Em um mês, o rádio alcançou 15,7 milhões de ouvintes na Grande São Paulo, com mais de 10 anos (88,62%). Do total, 7,46% ouvem pelo celular frequentemente. O levantamento aponta que as mulheres representam grande parte dos ouvintes das emissoras na web. Do total mensurado, os homens são a maioria apenas na faixa etária de 30 a 34 anos.
Fonte: Ibope