quinta-feira, 18 de abril de 2013

“Jornal Gente” atinge marca de 35 anos no ar

Salomão Ésper, José Paulo de Andrade
e Rafael Colombo
Em 18 de setembro de 1978, o “Jornal Gente” estreou com o objetivo de suceder o programa “O Trabuco”, comandado pelo saudoso Vicente Leporace. “Eu tinha assumido o departamento de Jornalismo um ano antes e era uma responsabilidade muito grande colocar no ar um substituto para ‘O Trabuco’, um dos nossos campeões de audiência”, conta José Paulo de Andrade. Nesta quinta-feira, dia 18, exatos 35 anos depois, o âncora comemora a longevidade do “Jornal Gente”, que se tornou a marca do Jornalismo opinativo da rádio. A edição de aniversário ganhou plástica especial, abordou momentos marcantes e ainda relembrou Joelmir Beting, que fez parte do trio original de apresentadores. José Paulo e Salomão Ésper estão presentes na bancada desde o início e há três anos contam com o também jornalista Rafael Colombo. 
A atração traz ao ouvinte conexões com os correspondentes Luiz Megale, de Nova York, e Milton Blay, de Paris, e participação de colunistas: o locutor esportivo José Silvério, sobre os destaques do mundo futebolístico e o ex-ministro da Fazenda Delfim Netto. Além disso, há a tradicional “Hora do Café”, em que os apresentadores fazem registros de datas importantes e homenagens a personalidades, amigos e ouvintes. Ainda há prestação de serviços, com informações sobre trânsito, estradas e tempo/temperatura e, aos sábados, uma entrevista especial. O programa carrega um forte caráter opinativo e traz um debate entre os apresentadores, muitas vezes acalorado, sobre os principais destaques do dia. 
Crédito das fotos: Vanessa Lorenzini/Rádio Bandeirantes