sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Ondas Curtas

Já vi esse filme

Uma recém criada equipe de esportes (terceirizada) de São Paulo, deve se despedir do dial nesse final de semana. Compromissos contratuais não foram quitados até o fechamento dessa nota.
A emissora deve continuar com uma equipe esportiva, porém própria.



Todo mundo quer

A frequência que  pertence a  MIT FM 92,5 Mhz até 4/3 já tem uma grande disputa. Entre os concorrentes ao novo prefixo estão: uma grande  rede esportiva e  um  conhecido  chefe de equipe esportiva  que pretende ampliar seu já vasto cardápio de anunciantes. 

Concorrência

Pode pintar uma nova rádio com o segmento adulto (A e B) para  concorrer com Alpha e Antena 1.

Um grupo da Grande São Paulo, está prestes a investir em uma emissora de bom alcance na região de Campinas. Essa emissora teria uma equipe de esportes forte para concorrer com a 105 FM que também tem ótima audiência na região.

Já é um começo

Toda a equipe da rádio ESPN/Estadão  está comemorando o aumento nos índices de  audiência da emissora. Segundo material enviado para as redações esse aumento foi 34% no AM e 49% no FM. Os números oficiais do aumento dos ouvintes por minuto não foram passados.
Mas o BLOG, tendo como base a média de audiência divulgada pelo IBOPE  no último trimestre  levantou esses números.
No o AM a emissora passou de 2.500  ouvintes por minuto  para  3350. Já em  FM de passou 1.700 ouvintes por minuto para 2.533  ouvintes. Ainda segundo os dados aproximados o aumento foi de 833 ouvintes no FM e 850 no AM.

Retorno


O ótimo narrador Reinado Costa que está na CBN de Cuiabá está na mira de uma emissora da Capital. Costa saiu da então Eldorado/ESPN após a Copa de 2010 e está fazendo muita falta no dial de São Paulo. 

Rádio Estadão ESPN cresce e amplia cobertura

Às vésperas de completar um ano, a Rádio Estadão ESPN mostra que renovou o dial nacional e já apresenta bons resultados de audiência. Em janeiro, comparado com o mês de dezembro, segundo o Ibope, a emissora teve crescimento de 34% na AM e 49% na FM. Esses números estão bem acima do meio, que teve, no período, queda de 4% no AM e alta de 3,2% no FM.
Os bons resultados vêm conjuntamente com o aumento da rede Estadão ESPN. Desde o início de fevereiro já está no ar a Rádio Estadão ESPN Campinas, na frequência 90,7 FM. Com ela, a Rede Estadão ESPN já conta com 19 emissoras afiliadas, atingindo um total de 389 municípios em seis estados.
Lançada em março de 2011, a emissora já conquistou importantes premiações: o Prêmio APCA, o Troféu Ford Aceesp e o Prêmio Veículos de Comunicação, da Revista Propaganda, como Lançamento do Ano. No período, a rádio conquistou outros importantes resultados, como exclusividade na cobertura de eventos para o meio, tais como a transmissão da Fórmula 1, os jogos da NBA, da Liga dos Campeões da UEFA e o Super Bowl.
Para Filomena Salemme, editora-chefe da Rádio Estadão ESPN, o grande diferencial da emissora é ter apresentado um projeto que não só alterou a forma de fazer rádio, mas como se entende o jornalismo no futuro para o meio. “A emissora surgiu como uma nova alternativa de jornalismo e esportes, no meio rádio e na internet. Com integração total entre todos os veículos do Grupo Estado e da ESPN, contamos com mais de 700 jornalistas de todas as redações, em um esquema participativo e inédito no dial brasileiro. Esses profissionais entram no ar com informações de diversos assuntos, criando uma rádio moderna e interativa e totalmente multiplataforma”, avalia.
João Palomino, diretor de Jornalismo dos canais ESPN, acredita que o crescimento de audiência é importante. “Tivemos um primeiro ano para mostrar ao mercado e aos fãs do esporte nosso jeito de fazer rádio. Temos de celebrar esse aumento e termos consciência que o desafio para 2012 estará na consolidação de nosso trabalho.”
“O crescimento expressivo de audiência nos permite dizer que estamos no caminho certo e preparados para a cobertura de grandes fatos esportivos e de interesse geral e, assim, oferecer o melhor do jornalismo para nossos ouvintes. Outro ponto importante é a resposta que já temos recebido do mercado anunciante, que entendeu nossa proposta, firmou e confirmou parcerias relevantes na programação. O novo conceito também possibilitou abordagens e formatos exclusivos e diferenciados, o que nos permitiu alcançar os bons resultados”, afirma Acácio Luiz Costa, diretor-geral da Estadão ESPN.

Terra exibe ao vivo jogos da Série A2 do Paulista

O Terra, maior empresa de Internet da América Latina mostra ao vivo e em vídeo a Série A2 do Campeonato Paulista. A partir do próximo dia 22 de fevereiro, o internauta acompanhará a briga para chegar à primeira divisão do futebol de São Paulo. A estréia no campeonato será no estádio Anacleto Campanella (em São Caetano do Sul), onde Santo André e Red Bull Brasil se enfrentam às 15h (de Brasília).
O portal transmitirá 10 partidas na primeira fase e os jogos decisivos da semifinal e da final. Os internautas podem participar ao vivo das transmissões, deixando recados no mural de comentários. Além dos jogos, todas as sextas-feiras, uma mesa redonda analisa as rodadas com convidados especiais.
O Red Bull Brasil é o atual líder da Série A2 do Paulista, com 21 pontos ganhos, cinco a mais do que a União Barbarense. Ao final de 19 rodadas em turno único, os oito melhores passam à semifinal, disputada em dois grupos com quatro clubes. Os dois melhores de cada chave ascendem à primeira divisão do Campeonato Paulista em 2013. Os últimos quatro times na fase classificatória são rebaixados à Série A3.
Entre os destaques da A2 estão clubes tradicionais do estado, como Noroeste (de Bauru), União São João (de Araras), Ferroviária (de Araraquara), São José (de São José dos Campos) e América (de São José do Rio Preto). O campeonato conta também com o Palmeiras B, com jogadores não aproveitados por Luis Felipe Scolari e que atuam na maioria das vezes no estádio Rodolfo Crespi, a “Rua Javari”, do Clube Atlético Juventus.