Portal Terra apresenta equipe que fará parte da transmissão da Olimpíada de Londres

Terra contará com equipe formada por
comentaristas  esportivos e especialistas
de outras áreas
O Terra apresentou a equipe de comentaristas e especialistas que fará parte da cobertura dos Jogos Olímpicos de Londres 2012, que terá início no mês de julho, com transmissão ao vivo em até 36 canais.
Na foto oficial para divulgação estão da esquerda pra direita: Daniele Zangrano (ex-judoca), Bruno Prado, Hugo Botelho, Mirelle Moschella, Flávia Ribeiro, Alice Ferraz, Ricardo Hirsch (triatlo), Marcelo Taz, Bob Fernandes, Carlos Ventura e Marcelo do Ó.
 Foto: Fernando Borges/Terra




Terra traz Olimpíada em 36 sinais ao vivo e inova com conteúdo em 3D
Especialista em modalidades Olímpicas,
o narrador Marcelo do Ó estará em Londres

Com direitos de transmissão para web e celulares em 17 países, o Terra oferecerá gratuitamente aos internautas as competições e bastidores dos Jogos Olímpicos, que acontecerão entre 27 de julho e 12 de agosto. 
O portal disponibilizará ao público até 36 sinais simultâneos durante a competição, em um total de 4.760 horas de apresentação. Também oferecerá, pela primeira vez, conteúdo olímpico em 3D. 
O Terra é uma das 30 maiores empresas de mídia digital do mundo. "Teremos uma cobertura em que pretendemos alcançar entre 30 e 35 milhões de brasileiros. 
A transmissão ao vivo pela Internet faz com que possamos ter um DNA puro de uma cobertura de Internet na web", disse Paulo Castro, diretor geral do Terra. 
Para realizar a mais completa cobertura já vista na web, o Terra - única empresa de internet credenciada pelo Comitê Olímpico como Online Broadcaster - escalou uma equipe de 220 profissionais, dos quais 84 estarão em Londres mostrando tudo o que acontece em todas as sedes olímpicas. O Terra também será a única empresa de internet a contar com estúdio próprio no International Broadcasting Centre (IBC), em área de 200 metros quadrados. Também terá estrutura completa de transmissão ao vivo no Crystal Palace, local de treinamento de parte da Delegação Brasileira, e no Sopwell House, em Saint Albans, onde ficará a seleção masculina de futebol. "Essa é a maior cobertura que o Terra já fez em sua história. 
Porque junta um grande evento como a Olimpíada, de cunho cultural, social e político. É a competição esportiva que traz a mais alta tecnologia em todos os níveis", disse Antonio Prada, diretor de conteúdo do Portal. Atraindo mensalmente audiência média global de 100 milhões de pessoas, o Terra espera alcançar este mesmo número com o seu especial olímpico. Ou seja: praticamente o dobro da audiência de sua cobertura especial dos Jogos Pan-Americanos no ano passado. Da audiência projetada, estima-se que 66 milhões de pessoas acessarão a cobertura a partir de aparelhos móveis conectados - 50 milhões por celulares, 14 milhões por smartphones e dois milhões por tablets. A cobertura contará com um time de comentaristas convidados, que vão fazer a análise dos Jogos por todos os ângulos: atletas, treinadores, participantes de Olimpíadas anteriores e especialistas nas mais diferentes áreas. 
Entre os comentaristas, estarão José Montanaro (vôlei), Milene Domingues (futebol feminino), Danielle Zangrando (judô), Carlos Ventura (atletismo), Raimundo Blanco (ginástica artística) e Ricardo Hirsch (triatlo, atletismo e ciclismo). Integrantes da delegação brasileira, Leandro Guilheiro (judô) e Sheilla (vôlei) mostrarão os Jogos pelo ângulo dos atletas. 
O Terra também escalou especialistas de outras áreas, para oferecer uma visão ainda mais completa da Olimpíada. É o caso de Marcelo Tas, que formará dupla com o cineasta Henrique Goldman (diretor de "Jean Charles"), há 20 anos morando em Londres. E também da empresária de moda Alice Ferraz, que analisará o estilo e o modo de ser dos britânicos e estrangeiros durante a Olimpíada. Além de Bob Fernandes e do especialista em inovação Silvio Meira, que falará sobre a tecnologia nestes que serão os Jogos hiperconectados. 
O Projeto A cobertura olímpica do Terra se estende por toda a região onde atua, oferecendo conteúdo no idioma local - português, espanhol ou inglês. Nos 17 países para os quais detém os direitos de transmissão ao vivo, a empresa colocará à disposição do público vídeos em alta definição (HD), exibidos através dos mais diversos aparelhos conectados à internet - a cobertura multimídia e interativa também estará disponível em celulares e tablets. As TVs conectadas contarão com aplicativo especialmente desenvolvido pelo Terra. Além disso, as notícias olímpicas estarão em suas mais de três mil telas de Digital Out-of-Home. 

Postagens mais visitadas