quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Calote Corinthiano

Jornal do Corinthians: jornalistas cobram salários atrasados por trabalho em O Fiel

Portal Comunique-se _ Anderson Scardoelli


O Fiel, jornal oficial do Corinthians, teve vida curta nas bancas - foi vendido semanalmente entre setembro de 2009 e fevereiro deste ano - mas a criação do jornal virou um problema para a direção do clube, a empresa que distribuía o veículo e também para os profissionais que trabalharam nele. Uma equipe de treze empregados, entre jornalistas, diagramadores e estagiários afirmam que não receberam salários pelas funções exercidas em O Fiel.
Ex-editor de O Fiel, o jornalista Anderson Cheni diz que não foi dado baixa em sua carteira de trabalho, além de salários e benefícios, como férias e 13º, não terem sidos pagos para todos que participaram da produção do jornal.
Cheni também reclama da omissão da diretoria corinthiana em tentar solucionar o problema. De acordo com ele, Andrés Sanchez (presidente do Corinthians), Luiz Paulo Rosemberg e Caio Campos (vice-presidente e gerente de marketing, respectivamente) dizem aos jornalistas que o clube não tem nenhuma responsabilidade no caso. Segundo os dirigentes, os salários devem ser pagos pela Nova Forma Comunicação, empresa contratada pelo próprio Corinthians para produzir e distribuir as edições do extinto semanal.
“Conversei com o Andrés e ele disse que não pode fazer nada. Já o Rosemberg e o Caio afirmam que o Corinthians se isenta de toda responsabilidade e que todos os jornalistas que se sentiram prejudicados devem procurar a empresa Nova Forma”, diz Cheni.
“'Quem quiser, procure a Justiça'. Foi o que ouvi de outra pessoa da direção do Corinthians", complementa o jornalista, ao informar que fez o solicitado por tal dirigente: entrou com processo na Justiça para receber o que não lhe foi pago durante os cinco meses de circulação de O Fiel. Cheni ainda diz que alguns dos profissionais também estão reivindicando os direitos na Justiça. Entre os empregados que foram repórteres do “jornal do Corinthians” estão Fabio Lazari e Bruno Chazan.
Procurada pela reportagem, a direção do Corinthians ainda não se pronunciou a respeito do assunto. Os responsáveis pela empresa Nova Forma Comunicação não foram encontrados pelo Comunique-se.