Jurídico deve ser acionado


Ato pró-Serra: Jornalista diz que âncora da Transamérica “convocou” ouvintes, locutor nega

Izabela Vasconcelos do Portal Comunique-se

Um jornalista, que preferiu não divulgar seu nome, afirmou que o apresentador Márcio Bernardes, da Rádio Transamérica (SP), teria "convocado" os ouvintes para um ato no centro de São Paulo, apoiado pela coligação “O Brasil pode mais”, do presidenciável José Serra (PSDB).
Segundo o jornalista, o apresentador teria convidado os ouvintes para participarem da manifestação durante o programa "Debate Bola", na noite de quinta-feira (28/10). Bernardes nega que tenha feito o convite. O ato foi realizado nesta sexta-feira (29/10), no Largo São Francisco e reuniu o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, entre outros tucanos.
De acordo com o jornalista, o apresentador não teria citado nomes, mas “convidou” os ouvintes para a manifestação, com o argumento de que seria um evento a favor da ética na política. Logo em seguida, perguntou como o humorista Gavião iria vestido, com a resposta de que iria de azul, o apresentador disse que vestiria amarelo e “formariam uma ótima dupla”.

Lei e "ilusão"
“Por um lado, o jornalista infringiu a lei 9.504/1997, que em seu artigo 45 veda esse tipo de conduta nas rádios e televisões brasileiras no período pré-eleitoral (iniciado em julho), por outro, o jornalista pode ter até iludido alguns incautos, que podem ter se dirigido ao ato acreditando ser ele "pela ética na política e etc.", e não ligado aos apoiadores do Serra”, afirmou o ouvinte.

Anunciante
Além disso, o jornalista diz que o apresentador participa como locutor de algumas inserções publicitárias do governo do Estado, veiculadas pela rádio. “Em uma situação na qual a rádio beneficiada com as inserções convida os ouvintes a participarem de um ato do partido que hoje governa as instituições responsáveis pelos anúncios, o conflito de interesses e os problemas de fundo se tornam ainda mais amplos”, disse.
O ouvinte ainda afirma que o atual governador de São Paulo, Alberto Goldman, também filiado ao PSDB, já chegou a participar de um dos programas da rádio. “Ironicamente, acabo de tomar conhecimento que o sr. Goldman acompanhou o clássico Corinthians x Palmeiras do último domingo (24/10) junto à equipe da Transamérica, comentando a partida ao vivo com os demais jornalistas e radialistas”, declarou.

Má interpretação
Bernardes se defendeu e alegou que não fez convite, mas apenas anunciou o fato, a manifestação. “Nós noticiamos todos os atos, do PT, do PSDB, de todos os partidos. Foi um problema de interpretação, porque sabemos que existem regras e que elas devem ser respeitadas”, respondeu o apresentador.

Postagens mais visitadas