quinta-feira, 23 de abril de 2009

Essa notícia assusta

Saiu no Uol uma notícia no mínimo preocupande, confira:
Flávio RiccoColaborou José Carlos Nery
23/04/2009 - 00h05

História estranhaO ambiente não é nada bom na Rádio Record, em São Paulo. Carlos Rodrigues, ex-deputado federal e, até aonde se sabia, ex-bispo da Igreja Universal, agora dirige a Rádio Record, em São Paulo.
Informa-se que foi ele o responsável pela recente contratação do apresentador Paulo Barbosa. Mais: por causa desta contratação, às voltas com problemas de caixa, a emissora estaria para demitir 40 pessoas e, passo seguinte, encerrar as atividades do seu departamento de esportes.
Lado da Record Sobre o mesmo assunto, a Comunicação da Record diz o seguinte: o diretor geral da rádio é Cássio Lima Rosa e as notícias sobre demissões são improcedentes.
Ao contrário, informa-se, há o desejo de contratar. Em relação a Carlos Rodrigues, confirma-se que realmente ele trabalha na rádio, mas a assessoria ressalta que as decisões mais importantes não partem dele. Tempo ao tempo.
Além de Paulo Barbosa, recentemente a emissora contratou o jornalista José Nello Marques e ainda estaria disposta a contratar outro nome de peso do rádio, toda essa estratégia acontece em virtude da emissora virar rede.
Espero que essa fumaça não vire fogo e sim pontos para a emissora que é uma exceção em termos de investimento na área nessa época difícil.

Balaio do Kotscho: jornalista renova contrato com o IG por mais dois anos

Saiu no Comunique-se
Ricardo Kotscho renovou por mais dois anos o contrato para manter o blog Balaio do Kotscho, no portal IG. Há um ano o jornalista é colunista do portal, e em setembro de 2008 lançou o blog. Nesta terça-feira, 22/04, o jornalista divulgou a renovação do contrato.
A ideia de escrever para um blog nem sempre foi aceita pelo jornalista. “Nunca pensei em escrever um blog, eu resistia, não queria, porque existem muitos blogs por aí, e você acaba virando um escravo do blog”, conta.
Quem convenceu Kotscho foi Caio Túlio Costa. “Ele dizia: o mundo é da Internet, dos blogs, não tem jeito”, relembra.
O blog trata de assuntos variados, com artigos e personagens, e tem um grupo fiel de leitores que criou um grupo de discussão, o Boteco do Balaio, que já conta com 28.100 participações.
Com esse público que acompanha e envia comentários, o blog exige tempo do jornalista. “Quando têm muitos comentários, dedico umas oito horas do meu dia somente ao blog”, explica.Kotscho acredita que o lado ruim é o tempo que um blogueiro tem que dedicar para moderar comentários, porque há alguns ofensivos. Apesar disso, conta que a experiência tem sido gratificante. “Eu estou gostando muito, é muito gratificante ter esse retorno do leitor. A interatividade é riquíssima, isso democratiza a informação”, afirma Kotscho.
Sou fã do Kotscho e além de prestigiar seu trabalho no Blog venho acompanhando suas excelentes matérias na revista Brasileiros