sexta-feira, 5 de junho de 2009

Corinthians mais próximo de ter o Estádio do Pacaembú

Equipe deseja investir R$ 100 milhões na recuperação e modernização do estádio


O diretor de marketing da equipe do Corinthians, Luis Paulo Rosenberg, apresentou aos vereadores, durante a reunião da Comissão de Estudos sobre a destinação do estádio do Pacaembu, nesta quinta-feira (04/06), a intenção de uso do estádio, através de concessão. Com isso, a equipe seria responsável pelas reformas e melhorias de infraestrutura. O projeto prevê restaurantes, livraria, estacionamento subterrâneo, diminuição de ruído e cobertura de parte das arquibancadas.
No novo formato, a pista de atletismo seria removida para aumentar a capacidade do estádio para 45 mil lugares.
“Fazemos parte do movimento sem estádio e precisamos resolver isso".
O Pacaembu é a nossa casa, parte de nossa história. Seríamos guardiões deste patrimônio público. Queremos transformar o estádio em um marco histórico”, disse Rosemberg.
“Apresentamos somente nossa ponto de vista e porque a concessão seria boa para o Corinthians e para a capital, mas o que é melhor para cidade é a Câmara que vai resolver”, continuou.
De acordo com o diretor de marketing do Corinthians, a integridade histórica e arquitetônica do estádio seriam preservadas e o clube se responsabilizaria pela modernização do espaço.
A previsão de investimentos é de R$ 100 milhões. Segundo Rosenberg, as obras estariam concluídas em 2011.
“Nós conseguimos apresentar um pré-estudo de um projeto que preserva o patrimônio histórico do estádio, moderniza e traz receita para o time. Não podemos passar o centenário sem uma casa própria; queremos desesperadamente o Pacaembu”, enfatizou Rosemberg.
Participaram do encontro os vereadores *Goulart (PMDB), Jamil Murad (PCdoB), *Toninho Paiva (PR),* Jooji Hato (PDMD), *Adilson Amadeu (PTB), Marco Aurélio Cunha e *Dalton Silvano, presidente.
*vereadores Corinthianos
fonte: Assessoria de Imprensa CMSP