terça-feira, 15 de julho de 2008

Óleo quente

Boa sorte ao amigo e companheiro de longas jornadas Tiago Toricelli, agora fora do SGR onde trabalhou por doze anos.
Se não me engano com exceção do produtor Eduardo Barboza o "belezinha", era o funcionário que estava a mais tempo no setor.
Além disso, percorreu o mundo com F1 e também trabalhou nas últimas Olimpíadas.
Seria mais do que justo ouvir o Tiago em Pequim, porém o jornalista foi informado que não iria para a China.
Como tinha escrito anteriormente: Quem come o osso, tem mais do que o direito de degustar o filé, mas em Pequim o peixe ficará com o alto clero.
Outras empresas da área que são respeitadas pelo que realmente são e não pelo que aparentam ser, agiriam de forma mais LIMPA e TRANSPARENTE, ao invés de desrespeitar e visivelmente "fritar" com óleo bem quente um profissional.
Lembro que esse episódio foi apenas a gota d'água de copo que já estava cheinho.
Boa sorte meu amigo e tenha certeza que você tomou a atitude certa, digna do profissional que é.
A "brilhante" administração acaba de instaurar de vez a incerteza na cabeça de quem fica, pois quem entra em férias ou sai pelo IMENSO banco de horas, não sabe se vai voltar.




"De um carro para o Stivie Wonder dirigir e vê o que acontece "





Ass: Mister Magoo