segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Rádio Estadão vai reativar transmissões esportivas

Edgar, Juarez Soares e Dalmo Pessoa na Rádio Estadão
  E X C L U S I V O
A ideia inicial era ter como comandante do novo projeto de esportes o ex-jogador e atual apresentador  Neto. Porém a direção do Grupo Bandeirantes vetou a ida do ex-jogador para o Grupo Estado. Dessa maneira cabe agora ao empresário Edgar Soares tocar o projeto de parceira com o Grupo. A coluna apulou que está tudo praticamente certo, resta o preto no braco,  a assinatura do contrato pode ocorrer após o carnaval.  A parceria seria interessante para os dois lados, primeiro porque a Rádio Estadão voltaria a transmitir jogos de futebol direto so estádio. Fato que não ocorre desde a parceria com a ESPN. No contrato está previsto inicialmente que a emissora que já foi 100% "all news", passou por dificuldades e e por isso fez muitos cortes recentemente teria um  sua grade um programa diário com a nova equipe  que iria transmitir jogos as quartas-feiras e aos domingos.  Emplacando, o projeto abriria mais espaço.  Nessa nova parceria ainda não foi decidido se o "Estadão Esportes  Clube"   que tem duas edições diárias  seria mantido, assim como a atual equipe que tem hoje o comando do jornalistas Cesar Sachetto que é contratado da emissora e dos comentaristas e colaboradores Luiz Carlos Quartarollo e Marília Ruiz.  Certo é fechando o contrato  a equipe de esportes da Estadão terá profissionais pra lá de experientes como o narrador Wanderley Ribeiro, os comentaristas Dalmo Pessoa e Juarez Soares (irmão de Edgar Soares)  e um grande e experiente repórter, apresentador  e comunicador que está acertando os últimos detalhes e que recentemente deixou uma grande emissora. Além é claro de outros profissionais de microfone de da parte técnica que recentemente teve uma baixa ainda maior na Estadão.  
Fotos: Futebol Interior,  Rádio Transamérica e Rádio Capital

domingo, 26 de fevereiro de 2017

Ondas Curtas 85

Notas exclusivas 
Tiraram do ar as pressas a Bradesco Esportes do Rio, e no dia seguinte ouvir que a emissora ainda não foi arrendada é triste. Ainda mais sabendo que tinhas jogos de futebol importantes e no horário que jogavam Flamengo e Vasco, mas a direção optou em reproduzir a programação de São Paulo que passava o jogo Palmeiras e Ferroviária. Tudo isso é ou não é digno de um"Oscar" para os "jênios" (com jota) do rádio do Brasil?


Muitos ouvintes não entenderam que a Globo-CBN do Rio tem um novo titular na narração esportiva. O grande narrador Edson Mauro é o "novo" número um do SGR. o "Bom de Bola" narrou com maestria a vitória do Flamengo por um a zero em cima do Vasco em Volta Redonda no último sábado. No mesmo dia coube a Luiz Penido narrar Fluminense 0 x Madureira 0. Penido renovou contrato recentemente por mais um ano com a emissora, porém com valores bem abaixo dos anteriores. Não se assustem se em breve a dupla "Garotão e Garotinho" narrarem partidas em conjunto na mesma emissora como já aconteceu no rádio esportivo do passado.

Em São Paulo a situação está toda indefinida. Alguns falam em abril, outros em maio, outros que a diretoria está totalmente perdida (grande novidade). Fato é que se o Globo Esportivo for realmente para a faixa da noite e o novo programa assumir a faixa entre 17 e 19 horas, o titular e narrador dos bons Oscar Ulisses não está disposto a comandar o novo Globo Esportivo ou seja lá o que for após as 20 horas. 

 Por falar no fim da Bradesco em São Paulo. 
Gente grande e um "avião" quando o assuntos é vendas.... está de olho na frequência 94.1 - O Empresário e grande comunicador dizem estar com a transferência de equipe e emissora muito bem encaminhada. Caso feche realmente, essa negociação será ótima para o mercado esportivo em São Paulo. 

A rádio Capital de São Paulo faz uma falta tremenda quando o assunto é transmissão esportiva. A emissora que teve equipe própria entre 2008 e 20013 não se deu muito bem com o arrendamento da faixa esportiva. A direção bem que poderia repensar essa ausência de quase quatro anos e com os pés no chão reativar uma equipe de esportes própria. 

Profissionais em excelente fase no rádio:
Ulisses Costa está vivendo a melhor fase de sua carreira. Ulisses está narrando muito e suas transmissões na Rádio Bandeirantes são um verdadeiro espetáculo. 

Cláudio Zaidan, também da rádio Bandeirantes é o que podemos falar de um profissional ímpar. Zaidan é uma enciclopédia viva. Inteligente ao extremo, fala e entende muito bem de futebol, F1 , política, religião etc.. Seu conhecimento é absurdo. Isso ficou ainda mais claro com suas ricas participações na Bradesco Esportes. Zaidan e Ulisses unem o profissionalismo e o humor. Tudo de forma natural. Competência ao quadrado.

Com as saídas de Alex Muller, Alexandre Praetzel e por último de Leandro Quesada, o Esporte em debate da Rádio Bandeirantes de São Paulo é um dos programas mais chatos do rádio do Brasil. Exceção feita quando o jovem e competente João Paulo Cappellanes apresenta a atração. O problema é que Cappellanes é o substituto do titular, que com todo respeito ainda não entendeu que rádio não é tv, onde por sinal ele manda muito bem. Apresentar um programa de duas horas ao vivo no rádio não é para qualquer um. Ele precisa primeiro ter uma boa equipe e utilizar melhor convidados, repórteres e dar os devidos créditos quando entram narrações de jogos realizados pelas emissoras. 

Além de Cappellanes, Ricardo Capriotti também é ótimo e deveria ser mais prestigiado pela emissora. E olha que nem falei do grande Milton Neves e de várias revelações da Bradesco Esportes. O Esporte em Debate da RB é o único programa que o apresentador debate com ele mesmo. 

Por falar em coisa chata e  sem graça, alguém da direção da RB tira logo do ar o forçado "Resenha" da Rádio Bandeirantes.
O mais coerente era levar todos do "Agora o Bicho vai pegar" para a RB, mas esqueçam, a Bradesco vai acabar mesmo e o Bicho não vai para a RB. Mais uma de quem fala que entende de rádio e está errando feio com essa  equivocada decisão. 

Enquanto isso o "Na Geral" nada de braçada no IBOPE. Desde sua saída da RB, os índices de audiência da 105 FM no horário sobem cada vez mais. Idem com a Energia 97, o Estádio que está completando 18 anos melhorou bastante com a chegada do comentarista e humorista Alexandre Oliveira.

A coluna destacou um narrador e um comentarista... Quando o assunto é reportagem com muita competência no dia a dia e principalmente com a bola rolando, a popular "meta" a repórter Ana Thaís Matos, da Globo-CBN dá show. Coerente e muito bem informada Ana Thaís em breve tem tudo para seguir os caminhos da reportagem esportiva na tv, onde destaco aqui as jovens Lívia Laranjeira, Camila Silva e a experiente e excelente Gabriela Moreira. Sendo que as  duas últimas são cariocas e trabalham no exigente mercado paulista.

Opinião da coluna 
Com o fim da Bradesco FM em SP, será que algum gênio do Grupo não pensou em desenvolver um projeto de esportes na Rádio Trânsito? Tenho a certeza que bem administrado esse projeto unindo informação de trânsito com esporte seria uma ótima saída e daria muito certo. Será que o (Rei Midas) do Grupo não pensou nisso?

O grande narrador Hugo Botelho acaba de renovar contrato com os canais ESPN. Hugo que trabalhou por anos na 105 FM e depois literalmente inaugurou a Bradesco Esportes FM em 2012, infelizmente segue fora do Rádio Esportivo. A ESPN inclusive não impõe contrato de exclusividade desde que não atrapalhe a escala do canal que tem que ser prioritária em caso de outro trabalho do profissional. Seguem por lá outros profissionais que fazem muita falta para o rádio esportivo, como por exemplo: Cledi Oliveira e os comentaristas Paulo Calçade, Zé Elias e  o repórter Eduardo Affonso. 


Família Rossi atrasa salários de funcionários da Nova Difusora

Mais um caso de incompetência administrativa
Fato lamentável segue ocorrendo com os proprietários da Rádio Nova Difusora de Osasco, emissora de propriedade da tradicional família do político Francisco Rossi. Mais de 10 funcionários seguem com vencimentos atrasados, alguns nem receberam décimo terceiro, outros com dois ou um mês de salário atrasado. A  tentou entrar em contato com a família Rossi que detém a concessão, mas não conseguiu conversamos com  Arnaldo França, um dos responsáveis pelo pagamento dos funcionários, e que também está com seus vencimentos atrasados. O contato foi há um mês e até agora nem Arnaldo, nem os demais funcionários  receberam os seus salários atrasados.  Alô senhor  Francisco Rossi, dono unipotente da emissora, cadê sua a filha, Ana Paula Rossi diretora por muitos anos da Nova Difusora  que foi vereadora e hoje é vice-prefeita ou  alguém sabe por onde anda o filho do patrão Francisco Rossi Junior , chamado de Juninho...  também é da família, portanto todos  são responsáveis pela emissora. A coluna tentou entrar em contato com todos, mas sem sucesso.  Quem é do meio ou da cidade de Osasco sabe que a emissora há décadas está sendo infelizmente usada como ponte política. 
O Blog segue aguardando os responsáveis e dará o devido espaço assim que se pronunciarem a respeito dessa vergonha que acontece na Nova Difusora, na Super Tupi e infelizmente em muitas emissoras de rádio do país.  
Foto: Reprodução TV
Atualizado 27-02 11 horas

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

"Zirigudum" no rádio

Wanderley Nogueira da Jovem Pan, vai cobrir  o 
carnaval  pela 36ª vez na carreira
Não é fácil cobrir o carnaval no rádio em tempos de crise. Há alguns anos as principais emissoras no eixo Rio-SP estavam lá marcando presença em seus respectivos Sambódromos. As tradicionais  Globo/CBN  terão âncoras no estúdio e repórteres na Marquês de Sapucaí. A Super Tupi apesar dos cortes e da greve  parcial (vai  cobrir os desfiles com equipe reduzida. Já a Jovem Pan deixou a cobertura carioca e manteve a tradicional cobertura em  São Paulo que esse ano terá  o reforço da  105 FM. Âncoras, comentaristas, especialistas e repórteres estarão atentos trazendo muita informação e descontração na avenida.
  Onde ouvir o carnaval no rádio?
São Paulo - sexta 25 e sábado 26/2
Jovem Pan am - 105 FM -  Transcontinental FM - Globo/CBN - Bandeirantes am e FM. Gaúcha  e BandNews FM com Flashes.
Rio de Janeiro - domingo 26 e segunda 27/2
BandNews FM - Rádio Mania FM - Super Tupi, Itatiaia, Globo/CBN (equipe parcial) e Gaúcha que novamente terá a maior cobertura do carnaval do Brasil, só na Marquês de Sapucaí serão 13 profissionais. Itatiaia,  Jovem Pan somente com  Flashes.
Foto: Divulgação

Fim da Bradesco Esportes Rio, mais detalhes

Edilson Silva vai levar sua equipe para a  BandNews FM
Confirmado... A Bradesco Esportes FM do Rio de Janeiro deixa de ter programação própria as 16 horas desta sexta-feira. E a partir da meio noite deixa de existir. Agora a tarde haverá uma nova reunião entre Diretores pra definir futuro do departamento de Esportes da Bradesco Rio e o futuro da BandNews Fluminense. A tendência é que o departamento de esportes da Bradesco vá para a BandNews, a dúvida é se vão todos ou se alguns bons profissionais que lá estão terão que ser desligados. Em breve vamos divulgar aqui a dança das cadeiras do dial carioca, afinal a BandNews vai ficar com uma frequência só. Hoje a emissora opera em Fm 94.9 e 90.3 MGz  e vai ficar em uma frequência. A coluna tem a informação de  boa fonte  paulista que em breve a concorrência vai aumentar no segmento all news na cidade maravilhosa, aguardem. 
Foto: Reprodução YouTube

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Bradesco Esportes do Rio de Janeiro acaba nesta sexta-feira

           E   x   c   l   u   s   i   v   o
Conforme antecipamos no último dia 7 de fevereiro aqui na coluna (veja aqui) , a Bradesco Esportes FM chega ao fim, porém a emissora não sairá do ar em São Paulo e Rio de Janeiro de forma simultânea. A partir de amanhã quem sintonizar a Bradesco Esportes Rio FM 91,1 Mgz , não vai encontrar mais a emissora no dial carioca e muito menos nos aplicativos que deve reproduzir os  94.1 Mgz de São Paulo. A definição do fim antecipado  aconteceu ontem  quinta-feira e o último dia de transmissão será hoje, assim a Bradesco Esportes sairá do ar a partir deste sábado dia 25 de fevereiro e provavelmente conforme escrito aqui o canal será arrendado provavelmente para uma instituição religiosa. Nos últimos meses o maior investimento de uma equipe esportiva no Brasil foi feita pelo empresário e narrador Edilson Silva, que acreditava que seria possível  continuar com espaço na emissora, porém não teve acordo e agora a tentativa e de seguir com sua equipe na BandNews FM. As negociações prosseguem, porém sem muito otimismo por parte de alguns diretores da emissora all news, Edilson  vai tentar levar todos funcionários e ter pelo menos dois dias de transmissão de futebol.  Já a frequência da Bradesco em São Paulo segue normalmente a sua programação até o próximo dia 12 de março, data  de seu término. 

OBS:  Nota atualizada com errata as 10 horas desta sexta-feira. A coluna informa que a definição do fim antecipado foi ontem e o último dia será nesta sexta-feira.

Deva Eterno!

Imagens: Santos Futebol Clube

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Convergência de mídias quando convêm

exemplo negativo
Olha que legal (ou não), o narrador e o comentarista da tv estão também no rádio!
Olha que legal  (ou não),  o programa da tv está passando simultaneamente no rádio!
Olha que legal, o site agora está informando quem vai fazer o jogo na tv aberta, na tv fechada e até o site vai fazer o jogo em tempo real.
"Ué", mas a rádio não é do mesmo grupo? dia desses o comentarista estava lá, será que virou concorrente
Esse é a "famosa" Convergência de Mídia, quando convêm é claro.
Aplausos aos envolvidos em uma Organização, ou se preferir um Grupo que sempre joga o rádio para escanteio.
Lembrando que tudo começou com o rádio há décadas e décadas atrás e hoje ele esta foi esquecido, ou se preferir jogado para escanteio. 

Reprodução: GloboEsporte.com

exemplo  positivo 
No último dia 17 de fevereiro o ex-jogador e atualmente comentarista de rádio e tv Caio Ribeiro, mostrou como funciona uma transmissão de jogos em meios diferentes: rádio e televisão. Na última quarta-feira, ele comentei o jogo entre  Napoli e Real Madrid, pela Liga dos Campeões, para a Rádio Globo, que fez o jogo em rede, a narração foi de Alex Escobar dos estúdios do Rio de Janeiro. Depois, à noite, ao lado do Casagrande, Cléber Machado e Paulo César Oliveira, trabalhou no clássico entre Santos e São Paulo, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Paulista. Conheça os bastidores das duas transmissões em um exemplo positivo de convergência de mídia.
Vídeo: GloboEsporte.com
atualizado 15 horas

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Santos homenageia Deva Pascovicci na Vila Belmiro

Como antecipamos nesse espaço em dezembro de 2016, (veja aqui) a diretoria do Santos cumpriu o prometido,  e inaugurou no último sábado dia 18 de fevereiro  o setor de cabines de transmissão para tvs Devair Paschoalon, nome de batismo do grande narrador  Deva Pascovicci, que foi uma das 71 vítimas fatais do acidente aéreo  da LaMia, no triste dia 28 de novembro em Medellín. Deva foi um santista apaixonado pelo time da Vila Belmiro, infelizmente  nos deixou precocemente aos 51 anos.
Carolina, filha do narrador
Deva Pascovicci
P
rofissional exemplar,  sempre foi imparcial quando transmitia no rádio ou na tv, só os amigos mais próximos sabiam o quanto ele "cornetava" ou comemorava após terminar o seu trabalho quando transmitia jogos do Santos. As filhas Carolina e Mariana Paschoalon, além d e Rosana,  viúva do narrador estiveram na inauguração do espaço e foram presenteadas pela diretoria com flores e camisa personalizada do peixe. Parabéns a diretoria do Santos, seus conselheiros e principalmente ao presidente Modesto Roma pela linda homenagem.
Fotos: Divulgação


Rádios do Grupo Bandeirantes transmitem o Carnaval de São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador

As rádios do Grupo Bandeirantes transmitem os desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro e de São Paulo, além da festa em Salvador. Confira a seguir os detalhes da programação. A Rádio Bandeirantes e a BandNews FM se unem na transmissão do desfile das escolas de samba da capital paulista na sexta-feira e no sábado. A equipe terá André Coutinho na apresentação, Letícia Valente e Willian Kury nas reportagens e o cantor e pesquisador musical especialista em samba Helder Celso nos comentários. A Rádio Bandeirantes leva ao ar até sexta-feira a série “Samba de Sampa”, que conta as histórias dos samba enredos das escolas paulistanas deste ano. A emissora também acompanha a folia nos principais blocos de São Paulo e a festa em outras cidades do Brasil, como Salvador, com a participação especial de Betinho, que apresenta o Band Folia na tela da Band. No domingo de Carnaval, a Rádio Bandeirantes abre espaço para a cobertura do Oscar. A partir das 22h, o programa “Bandeirantes Acontece” acompanha a cerimônia direto de Los Angeles com apresentação de Paulo Galvão e comentários de Edison Delmiro e Marcio Tadeu. Além da festa em São Paulo, a BandNews FM também acompanhará a folia no Rio de Janeiro no domingo e na segunda-feira de Carnaval. O desfile das escolas de samba será apresentado por Pablo Ribeiro, reportagens de Flávio Besse e Pedro Antônio Guimarães e comentários de Bruno Felippo. Ao longo de todo o carnaval, a BandNews FM também levará aos ouvintes todas as informações sobre as principais festas no Brasil, como Salvador e Recife, além de toda a prestação de serviço para quem vai viajar. A Band FM transmitirá os desfiles das escolas de samba de São Paulo. Robson Ramos na apresentação, Marcinha e Wilson na reportagem e comentários de Lívia Andrade. A emissora também marca presença em Salvador com um estúdio avançado dentro do camarote da Planeta Band Othon. A emissora transmitirá flashes ao vivo direto da festa durante todos os dias de folia, sempre a partir das 20h, com participação especial de Lívia Andrade.

Rádio Memória - Motorádio

1969 Pacaembu - Eli Coimbra (esquerda)
entrega o Motorádio o volante  Denílson
 do Flu,  eleito melhor jogador em campo. 
Os mais novos não vão se lembrar, porém quem gosta de futebol já ouviu a famosas histórias de que os bons jogadores do passado eram presenteados com o MOTORÁDIO. Foi assim nos anos 60, 70 e parte dos anos 80, essa a última década de ouro do rádio esportivo. O Motorádio era  um aparelho de rádio para carros, que tinha grande captação de áudio e grande alcance radiofônico. O Motoradio virou lenda no nosso futebol por ser durante duas décadas o prêmio de melhor jogador nas partidas. 
A saudosa TV Tupi premiava os atletas com um aparelho Motoradio, depois vieram as grandes emissoras de rádio do eixo Rio-SP. Entre as inúmeras histórias dos jogadores que ganharam o famoso aparelho se destaca a frase verídica  de Biro-Biro, melhor em campo no empate por um gol contra a Ponte Preta, sua frase foi destaque na  edição de 19 de outubro de 1979 na Revista Placar, disse o volante: “A moto eu vou vender e o rádio eu vou dar para minha avó”. Arrancando risadas de todos até hoje. O jogador pensava que eram dois prêmios. No inicio da década de 1990, foi constituída a empresa Audiomótor que utiliza a marca Motobras, sendo que os sócios da empresa Audiomótor foram antigos funcionários da Motoradio. A fábrica está atualmente situada na cidade de Brasópolis, MG conta com escritório também em São Paulo.
Fotos: Revista Placar

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Humor e Solidariedade


No próximo dia  08/03, às 19 horas, o Teatro João Caetano apresenta o espetáculo: " Num é mole ser Duro! Humor e Solidariedade". um espetáculo de humor com dois grandes nomes da TV e do rádio: Paulinho Gogó (personagem de Maurício Manfrini) e Manoel Tamancas (de Luizinho Campos).  Toda a renda será revertida aos trabalhadores em greve na Super Rádio TUPI, há meses sem salários, décimos terceiros, e sem recolhimento de FGTS. Prestigiem.
Fonte e Foto: Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Momento "JJ"

Como não fazer uma transmissão de futebol em rede no rádio
Primeiro: Pegue um grande jogo de futebol, por exemplo um jogo do Barcelo na Champions League. Segundo: Pegue a equipe de transmissão de uma  praça só, exemplo Rio de  Janeiro. Terceiro: Use e abuse durante a transmissão de palavras que são conhecidas regionalmente, exemplos: "tripidante", "sinistro", "meirmão"..........
Pronto! A Transmissão de um grande jogo será um sucesso na praça local,  afinal os nomes dos profissionais da equipe são conhecidos e a transmissão carregada de sotaques, jargões e expressões regionais...Binnngo.
Mas e como ficam as outras emissoras em rede, afinal a cobertura é de alcance nacional?
Bem, pelo que estamos ouvindo ultimamente Isso pouco importa paras  "Jênios Jestores". É claro que a situação poderia ser contrária, a transmissão poderia  conter ser paulista, baiana, paranaense, gaúcha, potiguar etc... Não se trata de racismo ou coisa do gênero, simplesmente que uma transmissão com linguagem regional agradaria mais o seu ouvinte, afinal seu público é local. O que acontece geralmente é que o ouvinte área de transmissão fica se sentindo um peixe fora da água,  refém de uma transmissão que não lhe agrada e dependendo do jogo ou direitos de transmissão a coisa fica pior, pois fica sem opção no rádio. Nesse caso ou ele  ouve insatisfeito ou muda de  frequência até chegar em casa pra terminar de ver o jogo, ou desliga o rádio. Será que é nesse caso específico  fica tão  difícil mesclar a equipe com profissionais das duas ou três praças?  Não dá pra fazer a transmissão local? Porque cada praça não faz o mesmo separadamente? "Ué", era assim há pouco tempo atrás "meu" ou "mermão".
Futebol no rádio tem que ser regional, no mínimo ter equipe mista. Caso contrário fica muito ruim de se ouvir quando você desconhece ou pouco tem a ver com a linguagem usada na  jornada esportiva. Cada praça, tem seu ouvinte, o ouvinte está cada vez mais exigente, hoje ele é seduzido por inúmeras plataformas de transmissão alternativas de jogo, música, entretenimento etc. Óbvio que  o rádio é diferente da tv,  pelo simples fato de ter imagem e a narração ser mais pausada na tv. Já tentaram "nacionalizar " programas esportivos como se eles fossem o Jornal Nacional ou Jornal da Band e não deu certo.  #RIPRADIO

16 de Fevereiro - dia do Repórter


Arte: Portal Comunique-se

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Projeto abre inscrições para oficinas gratuitas de rádio e locução esportiva

Estúdio da Web Rádio
A Fundação Nossa Senhora Auxiliadora do Ipiranga (FUNSAI), situada na zona Sul de São Paulo, abriu inscrições para oficinas gratuitas de rádio e locução esportiva. O curso integra o projeto “Conectados”, que oferece o total de 60 vagas para interessados em participar. Os organizadores informam que as inscrições devem ser feitas presencialmente. As informações são do site Periferia em Movimento. São 30 vagas de aulas de rádio para alunos maiores de 18 anos, a serem realizadas duas vezes por semana, às terças e sextas-feiras, das 9h15 às 11h45 ou das 14h00 às 16h30. As aulas para esta disciplina começam em 27 de março e seguem até novembro. Outras 15 vagas são destinadas a alunos com idade de 12 a 17 anos e 11 meses. Os encontros serão realizados também duas vezes por semana, porém as quartas e quintas-feiras, das 14h00 às 16h30. Os participantes das oficinas de rádio fazem sua prática ao vivo por meio de uma web rádio. Para o curso de locução esportiva o número de vagas é menor, apenas 15. Além disso, apenas maiores de 18 anos podem participar. As aulas são realizadas aos sábados, das 9h30 às 12h. As aulas desta modalidade começam em 1º de abril. A programação da oficina de rádio inclui: Interação com equipamento; Locução (aulas práticas e teóricas); Sonoplastia (aulas práticas e teóricas); Produção de texto; Linguagem AM, FM e Internet; História do Rádio; História da Internet; Noções de legislação; Noções de dicção; Produção (laudas e roteiros); Novas tecnologias; Programação; Transmissão (lp, link, streaming); Intervenções externas; Publicidade; Criação de Projetos. A oficina de Locução Esportiva inclui: Notícias diárias; Reportagens; Programa esportivo; Elaboração de entrevista (exclusiva ou coletiva); Elaboração de texto; Espelhos/roteiros; Transmissão; Noções de sonoplastia; Operação de áudio. Os interessados devem fazer inscrição pessoalmente na Rua Clóvis Bueno de Azevedo, 145 – próximo à estação do metrô Alto do Ipiranga. É necessário levar foto 3×4, cópia do RG do responsável, cópia do RG do participante e cópia do comprovante de residência. Mais informações pelos telefones
(11) 2063-6072 (11) 2061-6257
Foto: Divulgação

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Colunistas se despedem da CBN

A diretoria da CBN ( Central Brasileira de Notícias ) segue com a política de reestruturação de sua equipe. Depois de vários  e profundos cortes em sua equipe  de profissionais (a maioria repórteres e apresentadores), agora chegou a vez de começar a mudança em sua equipe de colunistas.  Na semana passada o crítico de cinema Marco Petrucelli, que informou em sua página no Facebook que estava deixando a emissora após 15 anos, e nesta segunda-feira foi a vez de  Gilberto Dimenstein anunciar também em sua página na internet que estava deixando a emissora após 21 anos. Ambos agradeceram a emissora e sua direção atual e anterior, além dos ouvintes e amigos. A coluna apurou que Pretucelli não teve o seu contrato renovado enquanto Dimenstein optou em deixar a emissora para cuidar de um novo projeto. 

Dia Internacional do Rádio

13 de Fevereiro - Dia Mundial do Rádio  Viva o Rádio e todas as suas plataformas de divulgação

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Do Rádio para a TV com a competência de Sempre

João Ferreira, Gil Gomes e Carlos Maglio 
 Quem gosta de rádio com certeza já ouviu pelo menos uma dessas três feras: Gil Gomes, João Ferreira e Carlos Maglio, excelentes comunicadores que acreditem, hoje não encontram espaço no rádio, afinal o maior veiculo de comunicação em massa que existe bem antes da internet mudou muuuito. Me permita dizer que pra pior, sua qualidade não é a mesma assim como os seus gestores, por isso sempre destaco  aqui que os "JJ" Jênios Jestores.. com j mesmo, enterram  o rádio, especialmente o rádio popular. Por causa deles (JJ) nomes como João Ferreira e Carlos Maglio estão fora do rádio, mas não dos meios de comunicação, isso graças ao programa da Tv Ultrafarma. O caso de Gil Gomes (76) é diferente, afinal o maior repórter policial do Brasil  que contou por décadas histórias reais e arrepiantes  no rádio de forma bem diferente,   segue se recuperando da Doença de  Parkinson, mas isso não o  impede de ser um dos apresentadores do "Boa  Noite, Bom dia" que vai ao ar AO VIVO  nas madrugas de segunda a sexta-feira das 4 às 6 da manhã na TV Gazeta e  TV Ultrafarma (canal 33 da antena parabólica) E aos sábados também nas Rede TV  das 5 e vai até as 8 da manhã. O programa estreou em agosto de 2015 foi  idealizado pelo empresário Sidney Oliveira, proprietário da Ultrafarma, Sidney é amigo pessoal de Gil Gomes e mesmo sabendo de suas limitações convidou o amigo a integrar o programa em novembro do ano passado. A meta do empresário que é católico  ferrenho é de aproveitar a popularidade dos comunicadores no rádio, divulgar a igreja Católica e é claro  divulgar ainda mais  a sua empresa que é uma referência quando o assunto  são medicamentos de qualidade com custo acessível. O "Boa Noite, Bom dia" prima pela interatividade, informação e diversão, marcas que sempre acompanharam seus apresentadores no rádio. Com um ano e meio de vida, o programa vem aumentando consideravelmente a audiência nas tvs onde passa, assim como a participação dos telespectadores que participam pelo WhatsApp. Em sua maioria o público alvo do programa é a terceira idade que acompanha também a programação católica da TV Ultrafarma.

O objetivo dos apresentadores está sendo alcançado quando o assunto é   animar as manhãs  de quem tem que acordar cedo  e se prepara para um dia cheio ou simplesmente  nem  foi dormir, funções que o rádio já fez com mais  competência  do que os dias atuais. O programa também pode ser visto pelo site da TV Ultrafarma (Clique aqui) . Uma coisa é certa, Gil, João e Maglio  vão queimar ainda muita lenha com a qualidade e competência de sempre na tv ou quem sabe ainda no bom e velho rádio.
Foto: Divulgação

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Datena se segura na Rádio Bandeirantes e já tem data de estreia

Estreia na emissora será dia 13 de março
E x c l u s i  vo
Depois de  quase quatro anos o  jornalista José Luiz Datena vai retornar aos microfones da Rádio Bandeirantes. Com o fim da Bradesco Esportes FM, Datena  será um dos poucos apresentadores da Bradesco a ser remanejado pelo Grupo Bandeirantes, até março ele segue apresentando o Nossa Área das 11 as 12 horas. O apresentador  que veio do rádio, trabalhou na RB entre maio de 2010  e abril de 2013, nesse período apresentou o Manhã Bandeirantes,  chegou a fazer alguns programas de sua residência  e só saiu da RB por  orientação do seu médico, Dr. Paulo Pontes, na época a orientação era para ele não forçar as cordas vocais. Pouco mais de um ano depois, recuperado ele estreava na Bradesco Esportes (julho de 2014).  Sua estreia ou reestreia será dia 13 de março ( um dia após o fim da Bradesco)  e vai se chamar 60 Minutos, e vai ao ar das 13 as 14 horas e não das 14 as 15 como  coloquei anteriormente. Dessa maneira o Esporte Notícia,  tradicional programa esportivo da emissora perderá uma hora, Datena entra em seguida e o Rádio Live seguirá normalmente das 14 as 17 horas.
Datena é mais um exemplo do que se chama de Convergência de Mídia, uma junção entre TV e Rádio com os principais nomes da tv para alavancar a audiência  e consecutivamente o aumento de cotas comerciais no rádio. A direção da Rádio Bandeirantes ainda não se pronunciou oficialmente a respeito do assunto, muito menos se haverá outra estreia ou modificação em sua grade de programação.
Foto: Divulgação
Atualizado as 14 horas 08-02-17

Dica do BLOG

O narrador Marcelo do Ó realiza em março o ll Curso de Narração Esportiva. Futebol e outros esportes. As vagas são  limitadas. Inscrições no site:     http://www.rapestudio.com.br/cursonarracao/
Marcelo do Ó é hoje um dos poucos profissionais da narração esportiva que narram todos os esportes, vale a pena.



O triste fim da Bradesco FM

O clima nos bastidores da Rádio Bradesco Esportes em São Paulo e no Rio de Janeiro é de muita dúvida e péssimo para a maioria dos funcionários que já foram informados a respeito do lamentável fim da emissora fecha as portas em março, escrevemos aqui que o projeto termina na segunda quinzena, mas a brecha no contrato entre Band, Banco e Grupo Bell (Que detém o prefixo em SP)  que o banco pode encerrar a parceria a qualquer momento.  A emissora que estreou em maio de 2012 teve mais baixos que altos, o projeto inicial era ótimo, mas a intervenção dos gestores "jênios" atrapalhou muitas vezes, tanto que nesse período a emissora passou por  dois grandes cortes, tudo isso  após uma auditoria baixar com força total no Grupo. A retomada aconteceu em 2015, alguns que foram demitidos foram recontratados, tanto que a boa e competente equipe merecidamente vai receber esse ano (provavelmente após o fim da emissora) O prêmio APCA  ( Associação Paulistas dos Críticos de Artes) pela brilhante e competente  cobertura nas Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016 que coincidentemente teve o Bradesco como um dos principais patrocinadores do evento. Para se ter uma ideia, o banco injetou  nesse período mais de meio milhão de reais por mês. Claro que esses tropeços de condução da emissora e as manchetes negativas, assim como a audiência ruim literalmente arranhou a relação entre as partes, por isso a renovação foi logo descartada. Em março a  rádio deixa de existir, assim como já aconteceu com outros bons projetos que foram conduzidos de forma errada dentro do Grupo, como por exemplo a MIT FM.  Uma das opções da  frequência própria do Rio de Janeiro deve ser o arrendamento, aliás  o valor pago (R$ 12 milhões)  pelo Grupo Bandeirantes no Rio de Janeiro em 2012 foi um valor bem acima do mercado segundo os especialistas, mais um exemplo de como não gerenciar um negócio. O chefe  mor do Grupo que é tido como "especialista em rádio"  não dá satisfação a respeito do fim do projeto, apenas que a maioria dos funcionários vão pra rua, exceção feita a poucos que serão remanejados dentro do Grupo como por exemplo José Luiz Datena que volta para a Rádio Bandeirantes. Sobrarão  apenas os chefes  que estarão provavelmente no dia da premiação da APCA, ou quem sabe algum executivo do banco para   receber o prêmio, obviamente  quem ralou pra reerguer a rádio e chegar ao APCA estará procurando emprego. Será que a maior rede de rádio do Brasil, tem também os maiores gestores do rádio do pais? 
A coluna entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do Grupo e do Banco, em ambos a resposta foi a mesma; " O contrato está em  vigor"  só isso. A falta de informação dentro de um grupo de Comunicação tão importante como o Grupo Bandeirantes   é lamentável, e tudo isso depois de um crescimento significativo em audiência a partir de 2014. É por essas e outras que sempre "ressalvo" o trabalho dos Jênios Jestores com J do rádio do Brasil. #RIPRADIO.
Atualizado 19 horas

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Super Tupi vai voltar parcialmente neste sábado 04/02

Em greve desde dezembro de 2016, os funcionários da Super Rádio Tupi decidiram em mais uma Assembléia realizada no dia 01/02  que a  greve será mantida. Conforme destacou o site Rádio de Verdade    os funcionários da Super Rádio Tupi decidiram manter a greve por tempo indeterminado após votação na assembléia, o placar foi  55 a favor de manter a greve x 32 a favor da volta. Porém em sua conta no twitter, o jornalista Wagner Menezes, um dos principais nomes do Departamento de Esportes da emissora comunicou via twitter que a emissora voltará mais forte do que nunca, que os principais comunicadores da emissora aliados a vários operadores de áudio e de externa, produtores e colaboradores decidiram voltar com força total neste sábado dia 04 de fevereiro
A proposta  feita  pela diretoria dos Diários Associados foi  fazer o pagamento de 1 salário que seria pago hoje (03/02) e o salário de dezembro dividido em duas parcelas: metade dia 25 de fevereiro e a outra metade em 05 de março. Na fala de alguns funcionários se observou a revolta diante da análise lógica – fevereiro e março estariam no mesmo esquema de atraso. No decorrer da noite de quarte e durante toda a quinta-feira os funcionários derrotados na votação durante a assembleia se articularam para convencer que não aceitarem a proposta da direção significa fechar a Super Rádio Tupi. Muitos dos que votaram a favor da manutenção da greve mudaram de opinião nesta quinta-feira 02-02: diante do pagamento na sexta-feira aceitam a entrar no AR já no sábado. A expectativa é que haja o “Show do Clóvis Monteiro” já no próximo sábado. A jornada esportiva da Tupi está praticamente garantida, já que apenas 4 nomes do esporte se mostram irredutíveis até o momento, insistindo em honrar o voto dado na assembleia em favor da manutenção da greve.  
Em breve mais informações
Colaboração: Rádio de Verdade e Wágner Menezes

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Café Expresso’ chega a marca de 20 programas e vai do Facebook para o rádio

Leopoldo Rosa, Petria Chaves e Júlia  Arraes
O Café Expresso, o primeiro programa concebido exclusivamente para o Facebook vai ganhar um espaço fixo na grade da CBN no dial. Depois de 20 programas exibidos no Facebook Live, o bate-papo de Petria Chaves, Leopoldo Rosa e Júlia Arraes vai continuar recebendo convidados agora aos sábados às oito e meia da noite com reprise aos domingos, às onze e meia. Temas variados do universo jovem, destaques da internet e o que está repercutindo no Brasil são assunto nos encontros do trio. A repórter Julia Arraes diz que a interatividade com o público é muito importante: “Com a ida para o rádio, a gente espera receber ainda mensagens dos ouvintes na nossa conversa, é a grande alma do programa”. Petria Chaves, que também é âncora do Revista CBN, ressalta que, depois de cinco meses fazendo a atração nas redes sociais, foi possível amadurecer o formato do programa. “A gente sentiu o pulso do público, testou a nossa química e os convidados. É um café descontraído, mas um bom papo de qualidade”. Já Leopoldo Rosa, que é chefe de reportagem da Rádio CBN em São Paulo, quer levar a experiência com o hard News para os papos. “É importante contextualizar as conversas com o que está acontecendo no mundo, sem perder a credibilidade e a marca da CBN”, afirma. As gravações do Café Expresso continuarão a ser exibidas no Facebook Live e o primeiro cafezinho no rádio já tem dia marcado: é neste sábado, 4 de fevereiro!
Foto: Divulgação

Rádio Trânsito comemora 10 anos contando

A Rádio Trânsito Caçula de Pneus FM 92.1 chega ao seu 10º aniversário no próximo dia 12 e comemora a data contando histórias de ouvintes que cresceram com ela. “Procuramos pessoas que eram crianças quando a rádio começou e que se tornaram jovens motoristas recentemente. Essas histórias mostram de que forma a emissora ajudou a formar esses motoristas”, conta Ronald Gimenez, editor-executivo da rádio.

Sobre a Rádio Trânsito  FM 92.1
 Ao longo desses 10 anos, foram levadas ao ar milhares de histórias de bons caminhos e outros tantos finais felizes de roteiros para maternidades, igrejas, festas, entrevistas de emprego, entre outras situações. No ano em que comemora seu 10º aniversário, a emissora atingiu a marca de mais de 900 mil seguidores em seu perfil no Twitter (@radiotransitofm), uma das maiores legiões de fãs em todo o rádio brasileiro. A rádio foi ao ar pela primeira vez em 12 de fevereiro de 2007, em 92.1 FM, com uma proposta revolucionária de cobertura: além de contar com repórteres em todas as regiões da capital paulista, com helicóptero e carros de reportagem, servir como uma rede 24 horas integrando e divulgando as informações dos ouvintes. Num primeiro momento destinada aos motoristas da capital, a emissora acabou sendo "adotada" pelos moradores da Região Metropolitana de São Paulo, cobrindo e recebendo informações de ouvintes do ABC, de Guarulhos e de Osasco, por exemplo. Hoje, a rádio está no topo de audiência nos horários de congestionamento entre os ouvintes. É uma prestação de serviços que acabou por se transformar em um fenômeno de audiência e participação. Os ouvintes formam hoje uma grande comunidade focada em trocar informações para melhorar o trânsito. Os ouvintes podem participar da programação da emissora pelo Portal de Voz (11) 99554-5555, pelo e-mail radiotransito@band.com.br e pelo Whatsapp (11) 99993-6451.