sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Empresário contrata comunicador de peso, Super Rádio em breve substituirá a Super Tupi

O comunicador Paulo Barboza, de 72 anos se despediu hoje da Rádio Capital de São Paulo, emissora que ficou por mais de 10 anos se computarmos as suas idas e vindas na emissora. Carioca, mas com o coração paulistano, onde está desde os anos 80 quando veio trabalhou na Rádio Globo, Barboza tem foi escolhido para alavancar o novo projeto de comunicação por ter forte identificação com os dois públicos que são exigentes e não gostam de comunicadores  com linguagem diferente de sua região. Barboza  trabalhou  nas principais rádios de São Paulo e do Rio e a partir de segunda-feira que vem (16) vai comandar o seu tradicional programa das 8 as 11 da manhã na Super Rádio ( antiga rádio Tupi de SP) que pertence a Paulo Abreu, empresário que conforme anunciamos aqui com exclusividade admitiu a um interlocutor ter comprado  ou adquirido a maior parte das ações da Super Tupi do Rio, emissora que segue em greve devido a falta de competência em administrações passadas, administrações pertencentes ao Diários Associados.  Na mesma nota antecipada pela coluna confirmamos que a nova grade da emissora  terá como objetivo transmitir uma programação em rede para São Paulo, Santos, Campinas, Mogi e Rio de Janeiro, claro com a Super Tupi, emissora que vai virar em breve Super Rádio. Paulo Barboza é a primeira  grande contratação que deve ter outros grandes nomes de comunicadores que agradem sus respetivas praças e ouvintes.
Hoje a Super Rádio de São Paulo conta com outros grandes nomes como: Kaká Siqueira, Paulinho Boa Pessoa,  Toni Gomide e Cícero Augusto. Em relação ao substituto de Paulo Barboza, a direção da Rádio Capital ainda não confirmou de forma oficial, mas Paulo Eugênio, filho de Paulo Barboza deve ficar com o horário que era de seu pai e pela primeira vez  na carreira como comunicador em AM não seguirá  seu caminho solo.