sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Rádios do Grupo Bandeirantes fazem transmissão especial no Dia do Rádio

Neste domingo, dia 25, comemora-se o Dia do Rádio e as emissoras do Grupo Bandeirantes levarão ao ar uma programação especial para celebrar a data. Direto de um estúdio móvel montado em frente ao Museu do Futebol, no estádio do Pacaembu (Praça Charles Miller, S/N), Milton Neves apresentará o programa “Domingo Esportivo Bandeirantes”, da Rádio Bandeirantes, a partir das 9h30. O apresentador receberá convidados especiais como o cantor Simoninha e os técnicos Cuca e Dorival Junior. Das 12h às 13h, Milton Neves comandará a transmissão em rede formada pelas rádios BandNews FM, Bradesco Esportes FM, Rádio Trânsito e Rádio Bandeirantes para comemorar o Dia do Rádio.

Programa “3 em 1” é a novidade da Jovem Pan

A rádio Jovem Pan anuncia a estreia do programa “3 em 1”, na próxima segunda-feira (26). O jornalístico será apresentado por Carlos Graieb, Vera Magalhães e Carlos Andreazza e será transmitido às 17h30 nas redes AM, FM e TV JP para todo o Brasil. “O Andreazza no Rio, a Vera e eu aqui em São Paulo, concordamos em bastante coisa, mas não em tudo. Vai ser um programa de notícias e discussão”, diz Graieb, novo diretor de conteúdo multiplataforma da Jovem Pan. O programa abordará temas de política, cultura, entretenimento e antecederá um dos carros chefe da emissora, Os Pingos nos Is, apresentado por Reinaldo Azevedo, Patrick Santos e Victor LaRegina, das 18h às 19h.
Atualmente, a Jovem Pan é a maior rede de rádio comercial do País, com 77 emissoras em mais de 2.000 cidades.

Depois de 19 anos no Lance, jornalista assume direção do Diário de S. Paulo

O jornalista Guilherme Gomes Pinto,
novo diretor de  
redação do Diário de SP 
O jornalista Guilherme Gomes Pinto é o novo diretor de redação do Diário de S. Paulo, assumindo a função que até o fim de agosto esteve sob responsabilidade de Alexandre Moreno, que deixou a publicação para tocar projetos pessoais. O mais novo executivo do impresso mantido pela Cereja Digital foi apresentado à equipe na segunda-feira, 19. Para o desafio, o profissional deixou o esportivo Lance depois de 19 anos dedicados ao título. Em contato com a reportagem do Portal Comunique-se, Guilherme adianta que o seu início de gestão no Diário de S. Paulo não terá “nada de mudanças radicais”. No início de trabalho, o comunicador-gestor faz questão de elogiar o time do veículo de mídia, a quem define como “valorosa e aguerrida equipe”. O novo diretor de redação conta que, ao menos num primeiro momento, seu foco de trabalho será “acrescentar uma ou outra coisa” em meio à produção do jornal. O reforço do Diário de S. Paulo revela, entretanto, o desejo de implementar uma maior aproximação entre o jornalismo e o departamento comercial da casa, focando em ações relacionadas a conteúdos exclusivos. “[Quero] Fazer o melhor produto possível dentro da estrutura da qual dispomos. Alinhar redação e comercial em produtos recém-lançados, como cadernos especiais, e participar da criação de outros projetos”, comenta o diretor. Com passagens por empresas como Fluir, A-Z, Dupla Comunicação, Folha de S. Paulo e IstoÉ, Guilherme volta a atuar no chamado hard news depois de quase uma década de dedicação ao Lance, diário esportivo em que estava desde a fundação (1997) e ocupou diversos cargos, sendo o editor-executivo de 2013 a junho deste ano. Depois de deixar o cargo de gestão no Lance, ele continuou colaborando com o jornal - inclusive deixando ainda ativo um blog sobre o mundo desportivo. Para o novo diretor do Diário de S. Paulo, a mudança de editoria, de esportes para hard news, é tranquila. “Na verdade, jornalismo é uma coisa só, seja esportivo, político, geral etc. É preciso fazer com ética, bom senso, e honestidade”, avalia o jornalista. Para encerrar, ele diz que a mudança de ares aconteceu graças ao convite feito pelo presidente do grupo de mídia, o empresário Marcos Salles.
Foto: Arquivo Pessoal

350 rádios vão migrar para o FM no dia 6 de outubro

Apesar da demora, migração  começa a andar
O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, confirmou para o próximo dia 6 de outubro, a assinatura de contratos de migração de 350 rádios AM para o FM. A solenidade será no Palácio do Planalto, às 11h, e deverá reunir radiodifusores de todo o país. Nesta quinta-feira (22), foi encerrado o prazo para encaminhamento das certidões negativas das rádios que estão no segundo lote, ou lote residual, para a migração. Após a análise da documentação pelo MCTIC, as emissoras receberão o boleto para pagamento do valor da nova outorga. Os passos seguintes são a assinatura do termo aditivo junto ao MCTIC e o envio do projeto técnico no prazo de 120 dias. Concluída essa fase, a emissora pode requerer à Anatel a autorização para uso da radiofrequência. A emissora do segundo lote pode operar em simulcasting, transmitindo em AM e FM pelo prazo de até cinco anos. Após esse período, a emissora deve devolver o canal em onda média à União. No total, 1388 rádios solicitaram a adaptação da outorga para FM, sendo que 749 conseguiram o canal na faixa atual, sem a necessidade de esperar pelo desligamento do sinal analógico dos canais 5 e 6 de televisão. Desde o início do processo de migração do AM para o FM, a ABERT vem auxiliando as emissoras, de forma gratuita, nas questões jurídicas e técnicas.
Fonte: Abert

Programa de rádio fecha parceria com cervejaria pra comemorar 15 anos no ar

O Pop Bola, um dos programas de esportes mais tradicionais do dial carioca, atualmente no sistema Globo de Rádio (98.1 FM e 1220 AM), vai celebrar os seus 15 anos ininterruptos no ar com o lançamento da cerveja artesanal “Tremenda”. Em parceria com a cervejaria Malte Carioca, o grupo apresenta a novidade no Mondial de la Bière, evento para os amantes da “gelada”, que acontece entre os dias 12 e 16 de outubro, no Píer Mauá, no Rio de Janeiro.  Segundo Alexandre Araújo, apresentador do programa, a ideia já estava sendo maturada há alguns anos, mas só agora saiu da panela. “Encontramos um parceiro que conhecia o programa e, coincidentemente, sempre teve o desejo de trabalhar conosco e fazer algo em parceria. A junção deu caldo, ou melhor, cerveja”. De acordo com Yuri Lucas e Marta Soares, proprietários da cervejaria Malte Carioca, a combinação futebol e cerveja tem tudo pra cair no gosto dos ouvintes e consumidores.  A festa será uma oportunidade para reunir os ouvintes, os cervejeiros numa grande celebração de final do ano. Gele a cerveja e venha brindar com o Pop Bola e a Malte Carioca essa “Tremenda” novidade. 
Foto: Divulgação