sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Luizão nos deixou

O gramado era o lugar preferido de Luizão
Faleceu nessa sexta-feira  aos 69 anos  Luiz Afonso de Andrade, o popular "“Luizão do Pacaembu" Um profissional  exemplar, competente, educado e  acima de tudo apaixonado pela profissão. Luisão lutou nos últimos meses contra problemas sérios saúde,  não suportou e falceu nessa madruga;;;;descansou, foi sepultado hoje a tarde no Cemitério da Vila Formosa.   Em 2010, o Pacaembu completou 70 anos de história. Palco de partidas antológicas, de finais emocionantes, de histórias inacreditáveis e até de uma Copa do Mundo, o estádio é a casa do futebol paulista. Muitas dessas histórias foram vividas por Luiz Afonso de Andrade, o “Luizão do Pacaembu”, assistente de direção que trabalhou  46 anos no estádio. Em 2010,  Luisão foi entrevistado por Oliveira Andrade  que apresentava o Jornal de Serviço da Rádio Jovem Pan.  Ouça aqui
O assistente, que começou limpando os banheiros, começou a trabalhar no estádio em 7 de abril de 1969 e, desde então, se apaixonou pelo estádio símbolo do futebol paulista. “Luizão” contou que grande parte das emoções que viveu em sua vida foram no Pacaembu. Ali ele viu os maiores jogadores do mundo em campo, assistiu a shows que fizeram história e conquistou tudo em sua vida. Luiz, que é corintiano fanático, conta também que a maior tristeza de sua vida foi ver o Timão ser rebaixado em pleno Pacaembu, que dizem ser a casa do Corinthians. No mesmo ano o Jornal da Gazeta contou a história do estádio e é claro, entrevistou Luisão, um personagem pra lá de especial. (veja abaixo)



Em dezembro do ano passado, pouco antes de se afastar do trabalho por problemas de saúde, os colegas do Globo Espote  sem saber prestaram a última homenagem ao grande  Luisão (veja aqui)

Luizão nos deixou nessa sexta-feira aos 69 anos


Fotos: Reprodução TV Globo