terça-feira, 2 de agosto de 2016

Remédio contra o Passaralho

Com alguma frequência meus amigos jornalistas me pedem ajuda para conversar sobre carreira. Não sei exatamente a razão disso, eles devem achar que tenho sucesso que de fato não tive. Mas, apesar de ter exatamente o perfil de um orientador de carreira, coaching ou coisa do tipo, eu tento ajudar e mostro mais ou menos o que vejo acontecer por ai.  Hoje cedo, um outro contato, me chamou no WhatsApp. Queria bater um papo também sobre trabalho, contar o que tem feito, ouvir sobre o que os outros tem produzido, coisas do tipo. 
Não, ele não é exatamente um jornalista. Mas produz conteúdo, o que faz dele hoje um concorrente dos meus amigos jornalistas. Não trabalha para empresa nenhuma. Faz vídeos, posta nos canais dele, e tem ação de várias redes sociais. Nenhuma grande novidade nisso. 
Mas tem um conteúdo super original, feito há bastante tempo e que, por isso, já tem bom engajamento e audiência. 
Esse meu amigo contou que mês passado recebeu U$S 4 mil do Youtube, fora os artigos off line que ele produziu e agora vende. Sim, apenas de remuneração dos vídeos pelo site americano, ele recebeu pouco mais de R$ 12 mil líquidos no mês passado. 
Para vender produtos do “canal” não foi fácil. Ele não tinha grana e nem know-how. Abriu uma pré venda para bancar a fabricação e cuidou sozinho de receber o material do fornecedor (nunca é fácil) e enviar a todos que compraram. Vendeu mais de 600 artigos nos últimos dois meses. 
Obviamente, ele não começou ganhando assim e tendo esses resultados no primeiro mês, e também não há garantia de que manterá esse nível. Tudo isso é processo de um trabalho iniciado há anos, e que, como todo negócio próprio, tem os melhores e piores momentos. 
Em uma época que o emprego de jornalista, em geral, paga mal e tem futuro bem incerto, meu conselho a quem me pergunta é:
Aproveite enquanto você tem trabalho e invista o tempo livre no seu futuro. Comece hoje a produzir um conteúdo sobre o qual você tenha domínio e tesão. A democratização da comunicação permite ser muito segmentado e ainda assim ter público. Tente achar dois bons amigos para a empreitada. Um de TI outro de publicidade. E invista apenas tempo livre nisso enquanto tem outra ocupação. 
Não vai dar retorno agora, mas certamente pode ser um caminho quando o passaralho te pegar.




No Twitter @GuilhermeCPrado