quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Vencedores do 1º Prêmio Torcedores.com de Jornalismo Colaborativo

Por Daniel Servidio Moreira
O 1º Prêmio Torcedores.com de Jornalismo Colaborativo aconteceu na última quarta-feita (09), no Museu do Futebol, em São Paulo. O evento reuniu colaboradores e redatores do site, além de contar com a presença de jornalistas e personalidades do esporte como Mauro Beting, Luiz Ademar, Vitor Guedes, Millena Machado, Luiz Ceará, Menon, Adalberto Leister Filho, Bruno Monteiro, Arthur Nori e o vocalista Derrick Green, do Sepultura. Seis categorias foram contempladas na premiação. 
Confira os vencedores:
 – Colaborador do ano  ( A categoria premiou a pessoa mais votada entre os próprios colaboradores). Vencedor: Rogério Lagos -  2º: Rafael Alaby - 3º: Roberto Júnior
– Colaborador com post mais criativo:
Através de uma votação, os jurados elegeram o post mais criativo entre as sugestões enviadas pelos colaboradores. Vencedor: Márcio Donizete (O que o Lollapalooza Brasil tem em comum com times paulistas? Veja comparações) 2º: Bárbara Scarelli (15 vezes que o Corinthians saiu do “politicamento correto” no futebol e você nem lembrava) 3º: Rafael Zocco (20 provas de que o Amaral será “O cara” em A Fazenda). 
– Colaborador de maior audiência: Foi premiado o colaborador que obteve maior audiência em um período determinado previamente. Vencedor: Felipe Lemos 2º: Matheus Martins Fontes 3º: Rogério Lagos.
– Matéria de colaborador com maior audiência: Foi premiado o colaborador que conseguiu o maior número de leituras em apenas um post em período determinado previamente. Vencedor: Thiago Gomes (Mais de 260 mil leituras) 2º: Roberto Júnior 3º: Rogério Lagos. 
– Redator com maior audiência: Foi premiado o redator com maior audiência em período determinado previamente. Vencedora: Danielle Barbosa 2º: Lucas Tieppo 3º: Allan Simon.  
– Redator com post mais criativo: Através de uma votação, os jurados elegeram o post mais criativo entre as sugestões enviadas pelos redatores. Vencedor: Allan Simon (15 coisas bizarras que vão acontecer com a Copa em dezembro) 2º: Lucas Tieppo (18 fotos que mostram que Galvão Bueno é gente como a gente nas redes sociais) 3º: Daniel Servidio Moreira (10 “jogadores” que todo curso de faculdade tem).
Mais do que uma premiação, o evento foi uma reunião e congregação do jornalismo colaborativo praticado pelo Torcedores.com

Rogério Assis é o novo narrador das Rádios do Grupo Bandeirantes

Rogério Assis vai narrar na Bradesco,
 Bandeirantes e BandNews FM de SP
O ano de 2015 vai  entrar pra história profissional do narrador Rogério Assis, que deixou a Jovem Pan em setembro do ano passado após 14 anos de casa. Esse ano Assis teve uma passagem meteórica pela Rádio Capital de São Paulo e ficou apenas nove meses na 105 FM. Nesse período narrou na Rádio Bandeirantes de Campinas. Um dos principais narradores do rádio de São Paulo  fechou contrato ontem com o Grupo Bandeirantes de Comunicação, e  hoje já foi conhecer os estúdios da Rádio Bandeirantes de São Paulo e Bradesco Esportes,   a potência de sua voz da narração de seu gol, lhe rendeu o apelido  de "canhão"  e agora quem quiser ouví-lo terá que sintonizar as emissoras do Grupo. Assis, vai  narrar na Rádio Bandeirantes, dividirá as escalas com José Silvério e Ulisses Costa,  na BandNews será colega de Dirceu Maravilha e na Bradesco Esportes será o narrador titular.
A estreia no "canhão" no Grupo acontecerá sexta-feira dia 11-12 a partir das 20 horas no estádio do Morumbi no jogo de despedida do goleiro Rogério Ceni do futebol.
Excelente contratação.
Foto: Divulgação

Rádio Capital faz balanço positivo às vésperas do 38.º aniversário

No encerramento de 2015, a Rádio Capital, de São Paulo tem bons motivos para festejar: consolidou a liderança na audiência no rádio AM na região metropolitana na maioria dos horários, ampliou as opções dos ouvintes por meio da tecnologia, abriu espaço para reclamações do público, somou o carisma de seus comunicadores em sintonia com uma equipe de jornalismo de credibilidade e levou adiante as providências para começar a atuar também no FM dentro de pouco tempo. Na contagem regressiva para seu 38.º aniversário – a ser completado em 25 de janeiro –, a Capital reconhece a gravidade da atual crise política e econômica do País, mas cumpre seu papel de abordar os fatos com a máxima isenção, dando voz a todos os lados e também ao povo. Eli Corrêa, Paulo Barboza e Paulo Lopes, comunicadores experientes, assumem o entretenimento, música e informação nas manhãs e tardes da Rádio Capital, sendo sucedidos pelos apresentadores Cinthia e Edi Barbosa e pela equipe esportiva comandada por Alexandre Barros. As noites contam com o próprio Edi e Germanno Junior. As madrugadas ficaram mais turbinadas com Ricardo Leite e Paulinho Boa Pessoa. O padre Juarez de Castro, a advogada Maria Faiock e o fofoqueiro Nelson Rubens integram o quadro de atrações dentro dos programas, que nos fins de semana têm a grade reforçada por Paulo Eugênio, Luis Ribeiro, Antonio Aguillar, Edson Natale, Caju e Castanha, Brito Junior, Seraphim Costa Almeida, Evanildo Pereira, Fátima Macedo, Isabel Botelho e Eli Corrêa Filho. O Departamento de Jornalismo, coordenado por Luiz Carlos Ramos, conta com Carolina Mattos, Carla Mota, Cid Barboza, Raquel Rieckmann, Ana Paula Novaes e Ronaldo Pantera Lopes, por meio de noticiosos, reportagens e comentários. Em 2015, foi lançado um canal por meio do WhatsApp para que os ouvintes possam reclamar sobre qualquer questão que os afeta. Essas reclamações são levadas ao ar. O ouvinte tem voz. E, por meio da Capital, pode solucionar problemas junto a órgãos governamentais ou empresas. A Rádio Capital, que tem Francisco Paes de Barros como diretor geral há 11 anos, não abre mão de colocar em prática o estilo de rádio popular, em respeito ao ouvinte, sem sensacionalismo, e se orgulha de perceber o quanto vem conquistando espaço e carinho junto ao público da região metropolitana de São Paulo, do Interior do Estado e, por meio da internet, também de outros Estados.