quinta-feira, 11 de junho de 2015

Ondas Curtas - edição 64

Danilo Gentili não participa mais do Jornal da manhã da Rádio Jovem Pan, a ideia era fazer algo semelhante ao “Buemba Buemba” de José Simão na BandNews FM, mas não teve liga e o principalmente o mesmo sucesso da concorrente e o   “ Acorda Danilo” foi para o espaço muito rápido.

A Pan voltou a assinar o IBOPE, o Instituto mostra que a  emissora que vem passando por grandes modificações está apresentando bons número, o principal aponta que o   Jornal da Manhã é líder no segmento "all news".

O Panorama Esportivo da Rádio Globo em São Paulo quase acabou de vez, o programa hoje é um quadro de meia hora do “Zoação”, programa de entrevista e entretenimento muito bem ancorado por Márcio Ramos, o "Morcegão" agora   toca o barco agora das 20 às 00 com a competência de sempre e uma equipe pra lá de boa, principalmente na produção do programa.

Já no Rio de Janeiro o caminho é inverso, o Panorama Esportivo reestreia no próximo dia 16 de junho  das 22 às 23 horas com o comando de Zeca Marques. 


A equipe da Super Rádio Tupi do Rio de Janeiro segue na liderança do Rádio Esportivo carioca e a ansiedade é grande para a  chegada dos números do IBOPE com os números referentes ao "Garotinho", José Carlos Araújo. A tendência é que a vantagem aumente ainda mais. 

Wagner Menezes, Gilson Ricardo e Wanderley Nogueira seguem se destacando não só como jornalistas e apresentadores, mas principalmente como “Show Man” no rádio esportivo brasileiro. Fato cada vez mais raro no "pobre" rádio de hoje. 

E o departamento de esportes e a área comercial da 105 FM de São Paulo segue sorrindo de orelha a orelha. Motivo, o IBOPE não para de crescer e confirmar que a emissora é cada vez mais  líder no rádio esportivo em tudo, programa, bola rolando etc... 
A chegada de Rogério Assis e Decimar Leite acrescentou e muito nas transmissões que já eram muito bem conduzidas por Leandro Bollis e Ricardo Melo. 


A nadadora e jornalista Mayra Siqueira da equipe de esportes da rádio CBN está pedindo ajuda nas redes sociais para disputar o Mundial de Natação que acontece na Rússia, quem puder colaborar e saber mais da história da atleta pode acessar aqui 


A “crise” no jornalismo esportivo parece não ter fim... O número de emissoras, especialmente de rádio que compraram os direitos de transmissão para a Copa América no Chile diminuiu, assim como patrocinadores de eventos e esporte, além disso,  teve também uma drástica queda de equipes enviadas aos  eventos esportivos, leiam - se  Copa América e Pan-Americanos do Canadá. 
Ainda bem que as Olimpíadas serão no Rio de Janeiro, mas isso não quer dizer muita coisa , pois quando o assunto é “corte de equipe, de custos etc..” o resultado a gente sabe qual é....lamentável.

Muitos cravam que uma emissora allnews em SP fica no ar até o final do ano, torcemos muito para que isso não ocorra.

A Rede Nossa Rádio está procurando parceiros para tocar projeto no departamento de esportes, interessados podem procurar a direção da emissora.

Na telinha
E o tal "fantasma da crise" pode tirar um parceiro antigo no futebol e cair no colo de seu  principal  concorrente que até pouco  tempo tentava tirar o produto da emissora titular. O "concorrente" que atacava a emissora até pouco tempo, está louco para que isso acontece e dizer "amém"...Coisas da política, coisas do futebol.