terça-feira, 14 de abril de 2015

Jovem Pan demite apresentador e é procurada para arrendar esportes

Redacão Comunique-se

Além do comentarista Claudio Carsughi, que estava na emissora há 58 anos, a Jovem Pan abriu mão de mais um profissional do departamento esportivo nesta segunda-feira, 13. Trata-se do apresentador e plantonista Vander Luiz. O profissional foi demitido do veículo de comunicação com o qual colaborava desde 1996. Com quase 60 anos de emissora, Claudio Carsughi é demitido da Jovem Pan "Agradeço a todos os companheiros de trabalho nesses anos. Tantos que seria impossível citar todos, guardarei todos no coração. Será que sentiram saudades das minhas piadas e das minhas frases? Eu sentirei saudades da seleta plateia", escreveu Vander Luiz ao informar o público sobre a decisão tomada pela direção da Pan. Após a confirmação da decisão da chefia da rádio, o jornalista recebeu mensagens de apoio nas redes sociais. "Foi um prazer ter testemunhado o trabalho de um jornalista esportivo sério, dedicado, inovador e sempre preocupado em transmitir informação de qualidade aos seus ouvintes, escreveu um colega. "Lamentável a Jovem Pan demitir tanta gente boa e competente", lamentou outro internauta. Natural de São Roque, cidade do interior paulista, Vander Luiz entrou para o mundo da comunicação antes da maioridade. Aos 16 anos, já atuava na Rádio Universal de sua terra natal. Antes de permanecer por 19 anos na Jovem Pan, passou por outras emissoras no dial, casos de Convenção de Itu, Cacique de Sorocaba, Difusora de Osasco e Clube de Araras, todas no estado de São Paulo. Fora os trabalhos no rádio, Vander Luiz soma passagem pela TV Metropolitana de Sorocaba. No meio impresso, colaborou com quatro jornais, todos baseados em São Roque: Estação de Notícias, A Tribuna, O Democrata e O Carambeí. E, ao lado do também jornalista Carlos Mello, foi o responsável por lançar o Jornal da Economia. Fim da equipe esportiva própria? A reportagem do Portal Comunique-se apurou que as movimentações na Jovem Pan de São Paulo podem ir além da demissão da dupla Carsughi-Vander Luiz. Isso porque dois grupos de comunicação (pertencentes a conglomerados internacionais de mídia) procuraram - separadamente - a direção da emissora com a intenção de arrendar o departamento esportivo. Ambas tiveram, ao menos por enquanto, resposta negativa para a proposta.