segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Em 2016, a CBN vai festejar o 25º aniversário durante o ano todo

O aniversário mesmo é no dia 1º de outubro, mas a CBN vai começar a festejar seus 25 anos em janeiro. No dia 4 entra no ar o ambiente digital dedicado a relembrar toda a trajetória da rádio que toca notícia, uma aposta ousada que acabou se transformando numa história de sucesso. Nesse ambiente, será possível ouvir uma seleção de áudios do dia da estreia da emissora e as vinhetas musicais que embalaram quadros e programas até hoje. Além disso, os comentaristas selecionaram dicas imperdíveis: Max Gehringer reuniu 25 conselhos para vencer no mundo corporativo; Mauro Halfeld, um roteiro para cuidar das finanças pessoais; Marcio Atalla, 25 passos para chegar a um bom condicionamento físico; e Flavio Gikovate, os ensinamentos para viver relacionamentos felizes. No mesmo dia estreia o quadro “E assim se passaram 25 anos”, com os fatos mais importantes ocorridos neste quarto de século, e os boletins que irão ao ar estarão replicados numa linha do tempo no site. O ambiente digital ainda vai reunir fotos dos eventos da CBN, suas campanhas publicitárias, depoimentos de ouvintes e jornalistas. Essas lembranças serão enriquecidas ao longo do ano por ouvintes e internautas, convidados a contribuir relatando suas experiências com a CBN através do e-mail 25anos@cbn.com.br. Em 2016, a rádio também promoverá seminários e talk shows, e fará uma campanha publicitária.

Programação especial de fim de ano na Rede Transamérica

A Rede Transamérica Pop vai exibir uma série de atrações especiais durante o fim do ano e a chegada de 2016. Na véspera de Natal, 24 de dezembro, irá ao ar o último “2 em 1” ao vivo do ano, apresentado por Gislaine Martins e Ricardo Sam, que fará um balanço sobre as coisas boas que aconteceram em 2015. Já o “Transalouca 4.0”, programa de humor e entrevistas, terá os melhores momentos do ano. No dia 31 de dezembro, das 12h às 14h, a emissora vai apresentar as músicas mais executadas de 2015 e, a partir das 14h, o “Adrenalina Especial” vai trazer os melhores singles das pistas de dança. A partir das 23h, a contagem regressiva será comandada por vários artistas que passaram pela emissora em 2015, como Naldo, Malta, NX Zero, Strike e Ivo Mozart. No primeiro dia do ano, das 14 às 17h, o “Estúdio ao Vivo” contará com apresentações de diversos artistas em shows exclusivos, como Planta e Raiz, Sam Alves, Aliados, Onze:20 e D Naipes.

Rádio 60.0 nasce na era digital

Quem nasceu em 1955 e chega agora aos 60 anos pôde testemunhar o crescimento do rock, punk, punk rock e o surgimento de estrelas da música nacional e mundial. Agora, essa mesma geração pode participar e acompanhar o nascimento de um novo hit: a rádio 60.0. Criada pela Prefeitura de Santos, em parceria com a Fundação Vitório Lanza e a Fundação Sociedade Comunicação Cultura e Trabalho, a rádio já pode ser seguida pela internet. Basta digitar www.60pontozero.com.br que o ouvinte estará sintonizado. Outra opção será acessá-la por aplicativos para smartphones e tablet da plataforma android. 
CAPACITAÇÃO 
Idosos que frequentam os centros de convivência da prefeitura ou as entidades parceiras e estão interessados em atuar como voluntários na rádio, devem se inscrever em janeiro de 2016 nos próprios equipamentos que já frequentam. Em fevereiro eles serão capacitados pela Secretaria de Comunicação e Resultados em quatro módulos: Rádio: noções para locução, operação de áudio e jornalismo; Redes sociais e internet; Aplicativos para smartphones; e Cidadania: atenção integral à pessoa idosa. A ideia é formar dois grupos com 12 idosos cada. A programação será definida em conjunto com os usuários dos equipamentos públicos da prefeitura de Santos, mas deve conter notícias e músicas. Eles serão responsáveis pela produção, transmissão das informações e locução. Saiba mais: Os parceiros Centros de Convivência da Zona Noroeste, Vida Nova e Isabel Garcia, além da Casa do Sol, Instituto Energia, SOS Idosos, Sociedade São Vicente de Paulo e Lar Evangélico.

948 rádios AMs poderão mudar para FM em 2016

O processo de migração das rádios AM para a faixa de FM teve um grande avanço neste ano de 2015, com a definição dos valores que cada emissora terá de pagar para fazer a mudança. Em 2016, um total de 948 rádios de todo o Brasil já poderão sair do AM e começar a transmitir sua programação no FM. A migração de faixa foi autorizada por um decreto presidencial em 2013. Com a mudança, as emissoras poderão modernizar a estrutura de transmissão e ampliar seu alcance. Os valores variam de R$ 8,4 mil até R$ 4,4 milhões. A tabela elaborada pelo Ministério das Comunicações (MC) foi feita com base em critérios como índices econômicos, sociais e população do município em que a rádio está localizada, além do alcance. Para fazer a alteração, os radiodifusores terão de arcar com os custos referentes à diferença entre as outorgas de AM e de FM. Além disso, será necessário adquirir equipamentos para a transmissão do novo sinal. Atualmente, 1.781 emissoras estão na frequência de AM em todo o Brasil, sendo divididas de acordo com o alcance: local, regional ou nacional. Ao todo, 1.385 pediram para mudar de faixa: 948 rádios já poderão fazer a migração em 2016, mas 437 emissoras terão de aguardar a liberação do espaço que vai ocorrer com a digitalização da TV no país. Modernização A migração de faixa é uma antiga reivindicação dos radiodifusores brasileiros. As rádios AM têm enfrentado queda de audiência e de faturamento devido a interferências na transmissão de sua programação. Além disso, não podem ser sintonizadas por dispositivos móveis, como celulares e tablets. 
Fonte: Ana Maria/comunicacoes.gov.br

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Ondas Curtas - edição 68

Além do Grupo Estado/Rádio Estadão, outra emissora  que terá que readmitir seus funcionários será a Rádio Cultura FM de Santos, a  direção da emissora demitiu todos seus funcionários em setembro pois  arrendou o canal para a Igreja Plenitude. No caso da Rádio Cultura o prazo dado pela justiça do trabalho para que se cumpra a decisão é de 48 horas.

Com a saída de Rogério Assis para a Band a 105 FM  seguirá com três narradores Leandro Bollis, Decimar Leite e Ricardo Mello e ponto.

Comunicador da Nativa FM de São Paulo, Renato Rainha é também narrador e foi uma das gratas revelações no dial em 2015. Rainha segue na Bradesco Esportes no ano que vem, mas não está certa a permanência dos outros narradores que eram freelancer, são eles Ivan Bruno que  segue narrando no Band e BandSports e Rafael Spinelli que já foi do Sports Plus e chegou a fazer dez jogos na Rádio Bandeirantes nesse ano.

A equipe de Alexandre Barros da Rádio Capital am está comemorando os bons índices do Ibope do último trimestre, inclusive com vitórias em cima da Globo aos domingos. Em 2016  Alexandre está negociando   a retransmissão do esporte da Capital com uma FM do segmento popular e o negócio deve ser fechado a partir do Campeonato Paulista.

Enquanto isso a Globo segue a espera de um canal em frequência modula que nunca chega, por isso, vai se virar com a retransmissão em FM da CBN pra tentar melhores índices de audiência e principalmente melhora no faturamento. 

Com a saída de Alexandre Porpetone da Transmérica, o humor da rádio perde bastante. Em princípio Porpetone que recebeu proposta da Jovem Pan  no início do ano fica só no SBT.

Um bom imitador  de outro programa que fala de esporte da grande São Paulo vai deixar a emissora no ano que vem. Será outra perda  muito grande para a equipe.

E a tal crise pegou o ótimo jornalista e comentarista esportivo Eduardo Savoia, que após 11 anos deixa o departamento esportivo da Rede Record as vésperas da Olimpíadas. Savoia segue na equipe esportiva da Transamérica de São Paulo. 

O que será da Rádio Estadão em 2016?   A direção da rádio segue negando a negociação  do canal.... aguardemos e torcemos para as poucas vagas de bons profissionais que lá estão não sejam extintas.

Uma dica para todos os colegas que falam de rádio é tv seria a criação de um Troféu irônico é claro que questionassem tantas demissões no setor nos últimos anos, da coluna segue a sugestão: TROFÉU PASSARALHO!  seria uma inusitada "homenagem" as empresas de comunicação que demitiram muitos colegas  nesse triste 2015.

Rádio Estadão terá que readmitir funcionários

O julgamento aconteceu ontem no TRT (Tribunal Regional do Trabalho) na seção de Dissídios Coletivos.   O TRT deu ganho de causa por unanimidade aos Sindicatos dos Jornalistas e Radialistas que estavam unidos nessa ação  contra o Grupo Estado/Rádio Estadão,  de acordo com a Desembargadora e relatora Dra. Maria José Beguetti Rebelo, ficou determinado que a empresa faça a partir da publicação do julgamento no Diário Oficial a readmissão de todos os funcionários registrados que foram demitidos no dia 05-10-2015.  O sindicato foi representado pelo Presidente Paulo Zocchi e o Dr. Raphael Maia, que segundo relato dos funcionários presentes fez um excelente trabalho. Segundo a coluna apurou, cabe agora as partes  aguardarem trâmites legais, o Grupo Estado pode entrar com um agravo e ir ao Supremo Tribunal.  Os funcionários comemoraram e muito essa vitória, mas a readmissão pode durar pouco, apuramos que a partir de janeiro a emissora deve passar por uma nova reformulação ou até mudança do Grupo que controla emissora, alguns profissionais, em sua maioria colunistas da rádio já foram informados que prestarão serviço somente até o final desse mês.
A assessoria de imprensa da Rádio Estadão informou que o Grupo  espera a publicação do acórdão (que não ainda não foi feita) para ver que atitude irá tomar. Desde o início de dezembro  Ricardo Gandour, responder pela redação da Rádio Estadão, ele substituiu Acácio Luiz Costa que hoje é consultor de  assuntos regulatórios e operacionais da plataforma rádio.
Atualizado às 15 horas

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Entrevista Luiz Ademar

Luiz Ademar, foi um dos finalistas
 na categoria de melhor BLOG
 A pedido de muitos leitores da coluna entrevistamos o comentarista do SporTv, da Rádio Capital  de São Paulo e Presidente da Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo, Luiz Ademar,  que preside a Associação há quase seis anos, e vai deixar a entidade em fevereiro. O jornalista  recebeu a reportagem em sua sala na sede da entidade na Avenida Paulista na última segunda-feira dia 7/12 e mostrou passo a passo como é feita a votação do Prêmio Ford ACEESP,  que tem o monitoramento da empresa AVSC, que há nove anos fiscaliza a votação do prêmio. Na entrevista, Ademar rebateu as críticas que a entidade sofreu após divulgar os finalistas da edição desse ano e teve a iniciativa de abrir a votação mostrando quais foram os dez cronistas mais votados em cada categoria. Além disso, fez um balanço dos seis anos na presidência.

Como foram esses anos presidindo a ACEESP?
Foram anos excelentes, destaco que reaproximamos o associado da ACEESP e facilitamos credenciamento, na maioria das vezes saímos da sede com a nossa equipe competente e fomos ver de perto os problemas relatados, acredito que resolvemos a maioria dos casos.

Quais eram os problemas?
Credenciamento e falta de estrutura para os profissionais trabalharem foram os principais, claro que muita coisa tem que melhorar, mas nessa parte cito a Ponte Preta como exemplo, não era fácil trabalhar lá no Moisés Lucarelli. A torcida ficava praticamente junto como cronista e isso gerou até agressões.  Fizemos reuniões com a Federação e com o Clube que nos ajudou bastante, hoje a área dá mais segurança e adianto que a área de imprensa e a estrutura para os profissionais que vão cobrir o Campeonato Paulista no ano que vem será satisfatória. Participamos das vistorias com a FPF e está tudo bem encaminhado para assegurar o trabalho de todos os profissionais.  A Federação Paulista de Futebol sempre nos ajuda e isso é fundamental, também participamos da maioria dos encontros com a CBF, estivemos em Fóruns e eventos voltados ao futebol.

Quantos sócios tem a ACEESP hoje?
Há seis anos quando assumi tínhamos 600 /  700 sócios,  fizemos uma campanha forte pra trazer o cronistas de volta e cortar a burocracia da emissão da carteira de associado e com esse plano de facilitação temos hoje certa de 3 mil sócios. Esse foi um fator  positivo dessa administração. 

O que pode ser melhorado?
 O que dá pra melhorar em minha opinião é o trabalho nos estádios. Isso terá que ser feito ano a ano, um exemplo é a arena do Palmeiras, uma vez que Palmeiras (que tem uma ótima assessoria ressalta na resposta) e W Torre  (administradora) não se falam, a  estrutura para os profissionais hoje tem que melhorar, a ACEESP entregou até um projeto pra melhorar isso, agora está nas mãos da W Torre, acredito que algumas sugestões de reformas na área da imprensa eles vão realizar como foi no início da Arena Corinthians e até no Morumbi. Esse trabalho é difícil e árduo, mas acredito que dá pra melhorar assim como a segurança, que muitas vezes cabe a Polícia Militar, mas damos nossas sugestões e até orientações.
Ainda quando falamos em burocracia, lembro que o credenciamento da CBF tem um protocolo que dificulta a vida de quem quer trabalhar, o ideal  seria ter uma lei de credenciamento para o cronista esportivo única e menos complicada, mas a organização ou uma lei única para o cronista em todo território ajudaria bastante e estamos trabalhando pra derrubar esse protocolo e facilitar a vida de quem trabalha aqui ou vem trabalhar nos estádios do estado de São Paulo.

Houve muita polêmica após a divulgação dos finalistas em votação popular da premiação desse ano? 
Quem questiona é quem não ganha, o ex- presidente Mário Marinho sempre me fala que nunca a premiação vai agradar a todos, seja qual for o critério, por isso, tive a iniciativa bem interessante de abrir a lista com a votação dos dez primeiros colocados em cada categoria e você está vendo a lisura da empresa  AVSC, que fiscaliza todo o processo de votação e está conosco há nove anos,  não temos o que  questionar, pelo contrário, a empresa sempre acha e detecta irregularidades nas votações como o robozinho por exemplo (votações viciadas de um mesmo IP). Abrindo a votação vai ter muito cronista que reclama pelos cantos nos estádios e estúdios que vai perceber que nem a mãe votou nele. É claro que a pessoa que tem facilidade com as mídias sócias e faz campanha pedindo pra que vote nela, ou no site etc... vai ser bem votado e muitas vezes  ganham, gente é voto popular. Um exemplo disso é a torcida da Portuguesa que adora o Paulo Sodate (narrador da Rádio Capital), o torcedor acha que o Sodate é  melhor que o Galvão Bueno e votam em peso, o Ademir Quintino (repórter da rádio Capital e blogueiro) ele tem um blog com muitas  informações do Santos que é super lido pela torcida, é só passar lá e ver o número de comentários e seguidores que ele tem, por isso a distância entre ele (vencedor) e os outros repórteres que receberam a premiação (veja abaixo). Tem ainda a Web do Corinthians que venceu, o torcedor do Corinthians que ouve e gosta da rádio votou em peso... A Joana de Assis (repórter do SporTV que ganhou o prêmio) interage com os telespectadores do Bem Amigos e também é ativa nas redes sociais.....Gente é voto popular.... Quem é forte nas mídias sócias chega firme na reta final. Quando os finalistas eram da Capital/ESPN ninguém falou nada, esse ano a equipe chegou forte, tendo muito seguidores individuais e choveu um monte de críticas.

É errado pedir voto na internet e como foi o processo de votação desse ano? 
Não, faz quem quer, vários colegas pediram votos. Pra votar a pessoa tem que entrar no site, colocar o CPF, fazer a inscrição, colocar e-mail, preencher formulário e enviar. Depois tem que receber a confirmação no email para validar e você tem que confirmar, tudo isso para evitar fraude ou favorecimento. Quem vai fazer isso é claro que gosta de você e do seu trabalho, é um processo difícil.  E a auditoria detectou vários votos que chamamos de votos represados, que são aqueles que não tiveram confirmação ou que foi feito com um CPF ou email irregular, tivemos mais de mil votos assim. 

A coluna recebeu denúncia de que a Web Rede Contínua distribuiu prêmios pra que o internauta votasse nela.. isso pode?
Não, de jeito nenhum. Só que essa denúncia chegou ao meu conhecimento depois do prêmio. Se avisassem antes seria excluída na hora. Isso já aconteceu em anos anteriores também com a categoria web rádio. Foram muitos votos do mesmo IP, ou seja, da mesma pessoa. Prêmio por voto não pode. 

O Prêmio terá mudanças em 2016?
Como me falaram, nenhuma fórmula vai agradar todo mundo, mas a ideia é que haja uma pré lista dos melhores indicados e depois uma votação, ou o contrário, chegam os nomes e a diretoria e presidência que pode ser composta por ex-presidentes e diretores selecionam os finalistas ou vencedores. Nesses seis anos nunca fiz nada sozinho, todas as decisões foram tomadas pela diretoria e muitas delas pelos funcionários, fui voto vencido várias vezes e sempre deixei claro que a ACEESP é uma entidade séria e democrática aberta para os associados. Quem quiser basta ligar aqui, agendar um horário e vir dar uma olhada nos balanços, prestações de contas etc... E acredito que a entidade será assim com a chegada de um novo presidente e uma nova diretoria. A eleição será em fevereiro e o mandato de três anos. Agradeço a todos e fico à disposição até o final do mandato para ajudar os cronistas e tirar qualquer dúvida aqui na sede da entidade.

Confira com exclusividade a lista dos 10 mais votados em cada uma das categorias do Prêmio Ford ACEESP 20015


Total de votos: 6609 
Válidos: 5276.
Inválidos/represados: 1333


Narrador TV Aberta
470 LUIS ROBERTO
400 TEO JOSE
190 SILVIO LUIZ '
183 GALVAO BUENO
105 MILTON LEITE
104 OLIVEIRA ANDRADE
80 OCTAVIO MUNIZ
35 CLEBER MACHADO
35 ULISSES COSTA
30 NIVALDO PRIETO

Comentarista TV Aberta
340
CAIO RIBEIRO
176
CASAGRANDE
121
NETO
117
PAULO ROBERTO MARTINS
59
EDMUNDO
58
JUAREZ SOARES
46
REGINALDO LEME
42
MAURICIO NORIEGA
39
JOSE EDUARDO SAVOIA
37
DENILSON
27
CHICO LANG

Repórter TV Aberta
372
FERNANDO FERNANDES
308
MAURO NAVES
281
ABEL NETO
78
BRUNO LAURENCE
59
NATALIE GEDRA
50
ANDRE GALVAO
34
ROBERTO THOME
28
RENATO CURY
26
LUIS CEARA
21
JOANNA DE ASSIS
19
FERNANDO FONTANA

Apresentador TV Aberta
468
RENATA FAN
305
IVAN MORE
157
FLAVIO PRADO
150
TIAGO LEIFERT
74
NETO
32
GLENDA KOZLOWSKI
32
LUCAS PEREIRA
25
VLADIR LEMOS
24
MICHELLE GIANELLA
23
ALEX ESCOBAR

Narrador TV Assintura
981
MILTON LEITE
211
EVERALDO MARQUES
151
PAULO ANDRADE
88
GUSTAVO VILLANI
74
NIVALDO PRIETO
72
ODINEI RIBEIRO
62
JOTA JUNIOR
58
IVAN ZIMMERMANN
57
LUIS CARLOS JUNIOR
52
RODRIGO CASCINO

Comentarista TV Assinatura
419
MAURICIO NORIEGA
400
PVC
159
MAURO CEZAR PEREIRA
94
PAULO CALCADE
84
LUIZ ADEMAR
55
OSVALDO PASCOAL
55
PAULO ANTUNES
47
ALE OLIVEIRA
46
JORGE NICOLA
46
LEDIO CARMONA
42
FABIO PIPERNO

Repórter TV Assinatura


206
JOANA DE ASSIS
175
ANDRE PLIHAL
170
ANDRE HERNAN
71
EDUARDO DE MENEZES
67
JOSE RENATO AMBROSIO
56
VICTORINO CHERMONT
43
EDUARDO AFFONSO
40
ALEXANDRE OLIVEIRA
38
ANDRE KFOURI
33
FLAVIO ORTEGA

Apresentador TV Assinatura
356
BENJAMIN BACK
194
JOAO CARLOS ALBUQUERQUE
178
PAULO SOARES
146
ANDRE RIZEK
94
MARCELO BARRETO
58
BRUNO VICARI
56
RODRIGO RODRIGUES
46
WILLIAM TAVARES
37
ALEXANDRE OLIVEIRA
27
DOMITILA BECKER

Narrador Rádio
282
ULISSES COSTA
268
OSCAR ULISSES
263
PAULO SODATE
207
DIRCEU MARAVILHA
196
EDER LUIZ
192
NILSON CESAR
134
GABRIEL DIAS
73
ROGERIO ASSIS
69
ALEX MULLER
61
DEVA PASCOVICCI

Comentarista Rádio
375
CLAUDIO ZAIDAN
371
LUIZ ADEMAR
75
PAULO MASSINI
68
HENRIQUE GUILHERME
67
FLAVIO PRADO
66
OSVALDO PASCOAL
55
MARIO MARRA
51
PAULO ROBERTO MARTINS
49
MAURO BETING
45
ALEXANDRE PRAETZEL

Repórter Rádio
830
ADEMIR QUINTINO
127
FRANK FORTES
121
LEANDRO QUESADA
88
ALEXANDRE PRAETZEL
87
GUILHERME SILVA
70
IVAN DRAGO
69
MAERCIO RAMOS
50
LUIS CARLOS QUARTAROLO
35
LEANDRO BOUDAKIAN
34
MARCO BELLO

Apresentador Rádio
258
RICARDO CAPRIOTTI
247
TATA MUNIZ
142
MAERCIO RAMOS
138
THOMAZ RAFAEL
128
PETER MULLER
40
SOMBRA
35
RICCI JUNIOR
33
JOSE CALIL
32
ALEX MULLER
31
MARCIO BERNARDES

Colunista / Blogueiro
588
BLOGDOMENON
250
BLOG DO PVC
235
NICOLA
229
BLOG DO ADEMIR QUITINO
69
FLAVIO GOMES
63
ANTERO GRECO
54
LUIZ ADEMAR
40
COSME RIMOLI
34
MAURO CEZAR PEREIRA
33
ANDRE KFOURI

Melhor Site
375
GLOBOESPORTE.COM
363
LANCENET
320
ESPN
92
GAZETAESPORTIVA.NET
90
UOL ESPORTE
42
WWW.GRANDEPREMIO.COM.BR
41
WWW.DATAFOOT.COM.BR
29
WWW.ADEMIRQUINTINO.COM.BR
28
WWW.TORCEDORES.COM
22
WWW.FUTEBOLINTERIOR.COM.BR

Melhor Blog
454
BLOG DO ADEMIR QUINTINO
344
BLOG DO ADEMAR
240
GRANDE PREMIO - FLAVIO GOMES
229
BLOG DO PVC
91
BLOG DO JORGE NICOLA
62
COSME RIMOLI
39
MAURO CESAR PEREIRA
35
BLOG DO BIRNER
34
BLOG DO PERRONE
16
MARCELLO LIMA


Melhor Web Rádio e TV
266
WEB RADIO CORINGAO
258
REDE CONTINUA
185
WEB RADIO VERDAO
129
PALMEIRAS MIL GRAU
101
RADIO MACACADA REUNIDA
100
SAO PAULO DIGITAL
71
WEB RADIO LUSA
60
PELADA NA NET
53
TV PALMEIRAS
50
DATAFOOT.COM.BR

Rádio Interior
161
RADIO CENTRAL DE CAMPINAS
134
RADIO BANDEIRANTES CAMPINAS
57
CBN CAMPINAS
43
JOVEM PAN
35
105 FM
35
RADIO CAPITAL
22
RADIO GUARUJA DE SANTOS
19
TRANSAMERICA
18
BRADESCO ESPORTES
18
RADIO GLOBO

TV Interior
141
TV TRIBUNA SANTOS
82
EPTV CAMPINAS
62
BAND CAMPINAS
56
ESPN
38
TV TEM
26
GLOBO
23
FOX SPORTS
21
SPORTV
10
SANTA CECILIA
6
ESPORTE INTERATIVO

Jornal Interior
107
A TRIBUNA DE SANTOS
77
CORREIO POPULAR
76
DIARIO DO GRANDE ABC
72
LANCE
16
CORREIO POPULAR SANTOS
8
GLOBO ESPORTE
8
JORNAL DA BAND
8
JORNAL DA CIDADE (BAURU)
8
METRO
6
ESTADAO

Ex - Atleta
405
CAIO RIBEIRO
274
NETO
217
CASAGRANDE
191
EDMUNDO
130
DENILSON
111
BELLETTI
85
JUAN PABLO SORIN
84
ALEX
63
JUNINHO PERNAMBUCANO
60
ZE ELIAS

Assessoria de Imprensa
371
JAIRO GIOVENARDI - BASQUETE OSASCO
267
FELIPE ESPINDOLA
181
LUAN DE SOUSA - PALMEIRAS
164
JUCA PACHECO
121
MARCOS VIEIRA RIBEIRO
115
VINICIUS VIEIRA - SANTOS FC
94
DON ROBERTO COSTA
70
FABIO FINELLI
53
CORINTHIANS
37
FELIPE KRUGER


Conversamos também com Rubens Santos, um dos responsáveis pela AVSC,  ele disse que a empresa não é uma companhia que usa canais abertos de comunicação. "Temos, por conceito comercial, fazer nossas apresentações apenas para a indústria de eventos e a indústria da hotelaria. Também importante que saiba que não somos auditores do processo de votação de nenhum cliente que trabalhamos. Apenas criamos os caminhos e implantamos ferramentas para que seja feito todo o trabalho pretendido pelo cliente. No caso da ACEESP, a segurança contra fraudes foi bastante alardeada, pois tratou-se de uma votação séria. Cuidamos para que não houvesse a possibilidade de fraude, e para isso implantamos algumas ferramentas eletrônicas", finalizou Rubens nesse contato via email. 
Foto: ACEESP