segunda-feira, 7 de abril de 2014

Sindicato dos Jornalistas de São Paulo corrige na surdina a informação do piso salarial após reportagem

Sabe aquela história que alegria de pobre dura pouco, pois bem ela é verdadeira. Na manhã desse dia 7 de abril, dia do Jornalista, o blog teve acesso a informação de que o Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo, tinha divulgado em outubro de 2013 um significativo aumento para a categoria como não se via há muito  tempo, principalmente para os profissionais que trabalham em rádio e de TV na Capital, com carga horário de sete horas. A notícia era  devidamente checada com o próprio Sindicado, ela com os valores que seriam pagos a partir de maio de 2014, (veja matéria publicada anteriormente).  Depois do alarde dos colegas nas mídias sociais, o departamento de comunicação ou a pessoa responsável em divulgar as informações oficiais do site, verificou que os valores estavam errados e para tristeza da maioria, fez a triste modificação depois de seis meses de exposição errada no site da entidade . (veja a tabela correta abaixo)
Triste é saber que o Sindicado /‎responsável, fez a correção, mas não deu nenhuma errata. Nenhuma informação ou matéria falando do fato foi divulgada, pedidos de desculpas então, nem pensar. Essa atitude é no  mínimo infeliz e deselegante perante milhares de jornalistas que ajudam a custear mais um sindicado entre os tantos espalhados pelo Brasil. Com a palavra a atual direção da da administração do Presidente   José Augusto Camargo.

Bom dia do jornalista

Ser jornalista não é fácil, todos sabem a dificuldade que  é exercer o dia a dia da profissão, alguns inclusive pensam que existe  "glamur" em ser jornalista, e que todos ganham muito bem (principalmente aqueles que trabalham em televisão), ledo engano, assim como no futebol, são raras as exceções.  Diante desse universo, o simples fato de ter um reajuste faz com que o ambiente em muitas redações mude da água para o vinho, colegas estão marcando o happy hour em plena segundona. 
A boa notícia para os jornalistas dos grandes centros é que a partir do próximo mês, o piso da categoria no Estado de São Paulo, finalmente será  reajustado.  Muitos colegas não tinham a informação do reajuste que foi firmado em dezembro de 2013, por isso, além do aumento, haverá também o valor retroativo dos meses anteriores (algumas empresas  já pagaram o retroativo). Confira a tabela oficial do Sindicato.


O reajuste  vai causar um grande impacto na folha de pagamento das  empresas de comunicação. Diretores de emissoras de rádio e televisão localizadas em cidades pequenas ou médias já demonstram preocupação, uma vez que no ano passado,  o simples fato do sindicato reajustar o valor do tickt alimentação, trouxe resultados desagradáveis,.
Para diminuir os custos, algumas empresas já passaram a contratar profissionais com o piso de apenas cinco horas, outras estudam demitir os funcionários que cumprem sete horas e recontratar outros profissionais pelo período de cinco horas. O Sindicato tem que ficar atento a uma nova onda de demissões no estado.  
Para mais informações acesse o site do Sindicado da categoria em São Paulo clicando aqui.