terça-feira, 21 de outubro de 2014

Rádio Capital participa dos15 anos da Rádio 9 de Julho

A Rádio Capital, que completa 37 anos em janeiro na defesa da união entre as emissoras do Brasil pelo prestígio do veículo rádio, confirmou sua participação nos eventos do 15.º aniversário da Rádio 9 de Julho AM, de São Paulo. A 9 de Julho voltou ar em 19 de março de 1999, Dia de São José, 26 anos depois de ter sido fechada pela ditadura militar por não silenciar diante da censura. Após intensa campanha do ex cardeal arcebispo de São Paulo, Dom Paulo Evaristo Arns, junto ao governo federal, a Rádio 9 de Julho, pertencente à Arquidiocese, foi autorizada a retomar as atividades nos anos 1990. Uma campanha de arrecadação junto a fiéis católicos garantiu o capital para a compra de transmissor e instalação de estúdios junto a uma paróquia e seminário na Freguesia do Ó. Atualmente, a 9 de Julho, voltada à evangelização, à cidadania e ao entretenimento sadio, é a quinta rádio AM de maior audiência na metrópole. Além de contar com sacerdotes comunicadores, como o Padre Cido Pereira, a rádio tem apresentadores de carisma: Altieris Barbiero, Adriano Barbiero, Cidinha Fernandes, Cleide Barbosa, Luiz Carlos Araújo, Gilberto Gaeta, Jucelene Rocha e outros. A direção geral é do Padre José Renato Ferreira. Gerente Comercial: Margarete Borges. Para marcar o 15.º aniversário de sua nova fase, a Rádio 9 de Julho tem veiculado uma série de programas especiais e idealizou dois eventos para o início de novembro: dia 1.º, sábado, a partir das 9 horas, um debate sobre essa emissora e a importância do rádio no Brasil, no Mosteiro de São Bento; dia 9, domingo, às 11 horas, Missa em Ação de Graças, com o cardeal arcebispo Dom Odilo Scherer, na Catedral Metropolitana, na Praça da Sé. A Rádio Capital aceitou o convite para participar dos dois eventos