quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Rádio Globo lança nesse sábado programa de samba

Robson Aldir  vai comandar novo
programa da Rádio Globo
Comandado por Robson Aldir, o novo programa contará com um elenco fixo composto por: Anderson – músico e vocalista do grupo Molejo. Luis Felipe de Lima – jornalista, músico e integrante do júri do prêmio Estandarte de Ouro do jornal O Globo. Pretinho da Serrinha – sambista e compositor da nova geração, e comentarista de carnaval da TV Globo. Alceu Maia – produtor musical e um dos responsáveis pelos arranjos do CD das escolas de samba do Rio de Janeiro. O comunicador Robson Aldir se diz animado com a estreia da atração: 'Há muito tempo o rádio não tem um programa com essa qualidade.' Todos os sábados, o Samba Amigo receberá um convidado especial. Na estreia, os bambas receberão o maestro e arranjador Rildo Hora. Ele também é o produtor musical do evento Samba Amigo no Parque, que acontece mensalmente no Parque Madureira, na zona norte do Rio. Curta as histórias engraçadas, vibre com a música e com a alegria do Samba Amigo.  O programa "Samba Amigo" será transmitido para Rio, São Paulo e Belo Horizonte, e será transmitido todos os sábados, a partir das 13h.
Foto: Facebook

Especialistas defendem novos testes para escolha do padrão digital do rádio

A engenheira, Monique Cruvinel, da Abert
é uma das rersponsáveis pela
implantação do rádio digital
A Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) da Câmara dos Deputados realizou uma audiência pública para debater a digitalização do rádio no Brasil e o relatório final da Subcomissão Especial de Rádio Digital sobre a avaliação das tecnologias digitais para o rádio brasileiro. A análise considerou os padrões DRM (europeu) e HD Radio (norte-americano), até o momento, os únicos capazes de operar no mesmo canal de frequências das atuais estações AM e FM. A audiência foi sugerida pela deputada Luiza Erundina (PSB-SP), que acredita que o relatório ainda é insuficiente e que o parlamento não precisa se precipitar. O relatório assinado pelos deputados Manoel Júnior (PMDB-PB) e Sandro Alex (PPS-PR) não impõe nenhum dos modelos apresentados.  A gerente de Tecnologia da Abert, Monique Cruvinel, ressaltou durante a audiência a importância da digitalização do rádio, mas afirmou que é necessário discutir um modelo de negócios para o rádio digital e definir uma política de indústria nacional de receptores. “ É preciso que as autoridades definam um padrão, as características técnicas e jurídicas das rádios, além dos aspectos regulatórios da transmissão e de linhas de crédito, garantindo celeridade aos processos sob responsabilidade do Ministério das Comunicações e da Anatel”, disse. Para Monique, é fundamental promover a transferência tecnológica, garantir a utilização eficiente do espectro e a expansão do setor em busca de novos modelos de serviços e negócios, “mas não vamos avançar nada sem que resolvamos a questão da cobertura”, disse, referindo-se às limitações técnicas apontadas pelos testes feitos até o momento. O diretor-geral da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Eduardo Castro, defendeu a realização de novos testes. “O rádio deve continuar chegando onde atualmente já chega. É claro que o setor precisa ser revitalizado, mas é também claro que os testes não foram suficientes até o momento”, disse Castro. Segundo ele, os próximos testes irão acontecer na Rádio Nacional de Brasília, emissora afiliada à EBC. Fonte: Assessoria de Comunicação da Abert
Foto:  Luís Macedo/Agência Câmara

Bradesco Esportes FM transmite o primeiro jogo da NBA no Brasil

O melhor basquete do mundo finalmente chega ao Brasil e a rádio do seu esporte estará presente na cobertura do primeiro jogo da NBA disputado no Brasil. A Bradesco Esportes FM transmite neste sábado Chicago Bulls x Washington Wizards, do pivô brasileiro Nenê, direto da Arena da Barra, no Rio de Janeiro. A partida começa às 18h e a rádio estará a postos para trazer os bastidores a partir das 15h30, com toda a movimentação no ginásio e no entorno. A narração é de Cyro Neves, com reportagens de João Tavares, Carlos Eduardo Macri e Murilo Borges, apresentador do programa “Sports All the Time”. A partida faz parte do NBA Global Games, série de jogos da pré-temporada que os times da NBA fazem anualmente ao redor do mundo. A partida deste sábado terá de um lado o Chicago Bulls (hexacampeão da NBA em 91/92/93 e 96/97/98), time que consagrou Michael Jordan, considerado o melhor jogador da história do basquete. Ao seu lado, atuaram o ala Scottie Pippen, o armador Joe Paxson, o ala croata Tony Kukoc, entre outros que ajudaram a equipe a se tornar uma das mais populares da liga profissional de basquete norte-americana. O adversário é o Washington Wizards, que tem como destaque para a torcida carioca o pivô Nenê, que atuou no Vasco entre 2000 e 2002. O time, que não foi aos playoffs do ano passado, conquistou o título em 1978, quando ainda tinha o nome de Washington Bullets. O torcedor carioca recebeu os gigantes da NBA de braços abertos. E com bastante empolgação. Uma multidão cercou o pivô Nenê após o treinamento dos Wizards, nesta quarta, dia 09, no Flamengo. O atleta da casa ofuscou até mesmo os astros do Chicago Bulls Derrick Rose, Luol Deng e Joakim Noah. Visivelmente emocionado, o brasileiro retribuiu o carinho dos fãs e disse estar vivendo um sonho por atuar no país. "Saí daqui um menino, fui um dos primeiros brasileiros a atuar na NBA e nunca pensei que isso fosse acontecer um dia. Estamos vivendo um momento histórico", afirmou o camisa 42 do Washington Wizards.