segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Basquete é o foco de semana especial do programa “Revezamento 5X5”, na Bradesco Esportes FM

Ricardo Hirsch apresenta o Revezamento 5X5 
A Bradesco Esportes FM apresenta uma semana especial sobre Basquete às vésperas da Copa América, torneio que será realizado na Venezuela entre os dias 30 de agosto e 11 de setembro. De 21 a 27 de agosto, o programa “Revezamento 5x5” trará entrevistas com os protagonistas da Seleção Brasileira.
Um dos principais destaques do Brasil, o armador Marcelinho Huertas, jogador do Barcelona, destaca a importância de defender a camisa amarela e se diz privilegiado. “Não tem nada que orgulhe mais um atleta do que representar o nosso país! O basquete para mim é muito mais do que fazer cesta, atacar e defender”, afirma. O pivô Guilherme Giovannoni diz que a equipe está muito entrosada e afirma que a seleção brasileira hoje tem uma defesa tão bem treinada como o ataque, o que não se via no passado. O armador Raulzinho, recém-contratado pelo Utah Jazz (NBA), elogia o time brasileiro e diz que se trata “de um grupo muito especial, que se entende dentro e fora de quadra”. Também passarem pelos microfones da rádio Bradesco Esportes FM o ala Alex Garcia e o pivô Rafael Hettsheimeir. O programa “Revezamento 5x5” vai ao ar de segunda à sexta, das 15h às 16h, com apresentação do jornalista e triatleta Ricardo Hirsch. Durante toda a Copa América, ao longo da programação também haverá atualização de resultados e análises do desempenho da Seleção Brasileira e da competição de forma geral.
Fonte e Foto: Bradesco Esportes

Ondas Curtas - 47

* Estreia amanhã 20/08 o programa "Gente como a Gente" na Rádio Globo de São Paulo. Como antecipamos, o programa terá apresentação do radialista Luiz Torquato e da jornalista Vanessa Di Sevo. O comunicador Alexandre Ferreira permanece para os ouvintes no Rio de Janeiro com o Boa Tarde Globo.

* Repórter e produtor dos bons, Vanderlei Lima, ex- Bradesco Esportes FM já está trabalhando a todo vapor no UOL. 

* Com a saída de Luciana Marinho, a direção da rádio CBN de São Paulo contratou a âncora e repórter Helen Braun da BandNews FM. 

* A equipe esportiva da BandNews FM em São Paulo, está trabalhando dobrado por causa da ausência de jornalistas na Bradesco Esportes FM. 

* Repórter, produtor e narrador da Bradesco Esportes, Ivan Bruno, é mais um que está de saída da emissora, porém sua saída definitiva que acontece no começo do mês que vem é por vontade própria. 


* Com a ausência de Everaldo Marques que está de férias, uma das melhores equipes do rádio, a rádio Capital/ESPN tem apenas dois narradores no momento, Cledi Oliveira e Carlos Lima, uma vez que Rogério Vaughan é mais utilizado na tv

* A direção de uma grande equipe de rádio está fazendo um amplo projeto em cima das pesquisas que já possuí das mídias sociais. A tendência é que esse projeto inovador saia do papel ainda esse ano.

* Voz padrão da cadeia verde e amarela, durante a Copa das Confederações, o humorista e radialista Beto Hora, foi convidado para ser a nova voz padrão da Rádio Bandeirantes, que dispensou depois de 38 anos Walker Blaz. No entanto, ainda não aconteceu o acerto entre as partes.

 Foram tantas demissões de jornalistas nos últimos meses (principalmente dos meios de comunicação) Que o Sindicato da categoria informa que a demora para fazer homologações, pode ultrapassar 45 dias. 

* O rádio passa por uma de suas maiores crises, tanto que muitos programas são transmitidos simultâneamente na tv e no rádio e vários partidas são feitas do estúdio com um narrador, além disso, muitos comentaristas já começam a exercer também a função de repórter durante os "tubos". 

* Ex-goleiro do Corinthians e atual comentarista da TV Bandeirantes e rádio Transamérica, Ronaldo Giovanelli é o mais novo "jornalista" não diplomado do mercado. 

O registro profissional de jornalista (chamado de MTB) pode ser obtido em qualquer Delegacia Regional de Trabalho (na cidade de SP, fica na Rua Martins Fontes, 109, Centro). Para quem tem diploma, é fácil. Mas o registro pode ser solicitado para quem não tem diploma nenhum, com base na decisão do STF (leia aqui a reportagem da Folha de SP).