Ondas Curtas - edição 27

* A direção da rádio Estadão deve divulgar semana que vem novos nomes no departamento esportivo. 
A tendência é que a emissora continue transmitindo jogos, porém haverá a diminuição drástica em relação aos jogos que devem ser transmitidos apenas duas vezes por semana.
Apuramos que dois narradores e pelo menos três repórteres devem ser contratados para essa nova fase esportiva da emissora. 

* Por enquanto alguns jornalistas do Grupo Estado que são setoristas dos clubes pelo jornal e portal trazem as informações no  "Giro Esportivo" durante a programação, são eles: Daniel Akstein Batista (Palmeiras), Fernando Faro (São Paulo) Victor Marques (Coritnhians) e Sanches Filho (Santos). O Blog apurou que um programa aos sábados será feitos pelos jornalistas mais experientes que vão comentar os fatos esportivos mais relevantes. Luís Antônio Prósperi, Luís Augusto Mônaco e Robson Morelli estão no projeto. 

* Já a equipe esportiva da ESPN no rádio também deve começar a operar via web/Portal da ESPN a partir da semana que vem. A equipe segue cobrindo os treinos e realizando testes para a web e matérias para a tv. Os repórteres da rádio também trabalham na cobertura dos jogos da Copa São Paulo para tv. E segue a expectativa de voltar ao dial no primeiro trimestre desse ano. 

* A Rádio ESPN poderá ser ouvida através de uma grade linear, 24 horas por dia, incluindo as transmissões dos jogos no Brasil, e as principais partidas dos campeonatos europeus e dos esportes americanos. A partir de fevereiro, a UEFA Champions League volta com exclusividade pelo espn.com.br/radio. A emissora também está preparando aplicativos para smartphones. 

A novidade será  o quadro memória que que estará na nova página da Rádio ESPN com momentos marcantes e a história da  equipe.
Todo esse conteúdo estará no ar via podcasts no site/portal espn.com.br - Além do futebol, o material também será produzido para quem gosta de NFL, NBA e MMA. 


* Um novo narrador para equipe de esportes da Rádio Capital deve ser contratado até março e o nome ainda não foi definido. 
A direção da emissora também está realizando uma ampla pesquisa com os  ouvintes visando uma futura migração da programação para a frequência modulada. 

* Outra emissora popular que segue sonhando com a transmissão em FM é a Globo/SP - por enquento diga-se de passagem segue somente no sonho. 

* Equipe de esportes no FM terá algumas mudanças no quadro de funcionários a partir do final do mês. 

* Nota 10 para a direção da UOL/89. A Rádio Rock de São Paulo que voltou forte como sempre e o melhor, com vários programas e locutores da fase anterior, a exceção é Zé Luiz que está  " Morning Show" da Jovem Pan, Roberto Hais  hoje na Disney e Sandro Anderson que faleceu em 2009.
A única coisa que precisa melhorar é o programa de esportes "Quem não faz toma" que ainda não encontrou uma identidade própria, por isso, tenta imitar o formato do Estádio 97, Na Geral e Galera Gol.

* Já semanal/ esportivo 90 minutos da Kiss FM com Nasi, Octávio Muniz, Marcelo Bianconi e Marco Antônio, vem se destacando como um dos melhores programas de debate esportivo no rádio, além tocar  boa música é claro.

* O jornalista Alexandre Praetzel do Grupo Bandeirantes vai ministrar Curso de Assessoria de Imprensa Esportiva no mês de fevereiro. Informações pelo email: cursojoresportivo@gmail.com

Postagens mais visitadas