domingo, 26 de fevereiro de 2012

Rádio Iguatemi sofre "calote" e decide suspender projeto esportivo

EXCLUSIVO
Equipe da Gospel FM em 2011
A direção da Rádio Iguatemi de São Paulo decidiu suspender os programas de esportes (Iguatemi Sport Clube) e as jornadas esportivas da emissora.
Francisco Cortez, que era o responsável pelo departamento esportivo, simplesmente não cumpriu o que foi determinado em contrato, sumiu de São Paulo, desativou suas contas nas mídias sociais, desligou os celulares e evaporou.
Ele também teve problemas no ano passado com a Gospel FM,  e a direção da Nossa Rádio ao saber da ficha corrida  decidiu  suspender o projeto que seria tocado pelo próprio que conseguiu até apresentar a equipe no ar, mas nunca houve a estreia. Em busca de um novo prefixo  ele acabou convencendo a direção da Rede Iguatemi com o arrendamento do esporte e uma agradável  valor em contrato. No vencimento da primeira parcela  no meio desse mês começaram as desconfianças com o atraso no pagamento que não foi feito.
Francisco Cortez
Mas esse "conto do vigário" se repetiu no ano passado quando o próprio apresentou o mesmo projeto na Gospel FM . "Fran" como é conhecido, deixou como "herança" na emissora dos "Hernandes"  um processo movido pelos organizadores da Copa América que cobram da rádio  os direitos de transmissão que o então "coordenador" tinha afirmado que tinha feito.
A direção da Gospel  foi procurada pelo BLOG, mas até o fechamento dessa nota não tinha retornado.  Cortez também foi procurado, mas como era de se esperar não retornou. Funcionários terceirizados desfilam nas emissoras por onde ele passou com cheques devolvidos, uma tragédia anunciada que infelizmente se repetiu em um curto espaço de tempo.
A  tendência é que a direção da Iguatemi continue  investindo no esporte, mas agora com equipe própria, e  parte da equipe que participou desse projeto que não vingou deve continuar, e dentro do possível a ideia é de  reforçar esse  time com pessoas sérias, honestas  e competentes.
A direção da Iguatemi também não se pronunciou oficialmente a respeito do episódio, mas provavelmente deve seguir o mesmo caminho da Gospel e procurar na justiça o ressarcimento dos prejuízos causados.