Há 20 anos, Brasil surpreendeu no Pan de Havana

Memória


Até Fidel Castro se rendeu ao talento
 de Hortência e Magic Paula 
Há 20 anos (11 agosto) a seleção brasileira de basquete comandadas por Paula e Hortência, vencem cubanas por 97 a 76 e sobem no degrau mais alto do Pan-Americano de Havana.“
Foi a primeira vitória importante da equipe e marcou a arrancada de uma geração inteira”, ressalta Hortência.
Apesar de depois termos vencido um Mundial e conquistado uma prata olímpica essa medalha de ouro no Pan de Havana teve uma repercussão maior por tudo que envolveu”, afirma Paula.
Durante a cerimônia no pódio, o líder cubano Fidel Castro brincou com as estrelas, e aquele time passou a ser respeitado no cenário internacional.
"A figura do Fidel marcou para o Brasil todo. Afinal de contas tínhamos acabado de vencer a equipe dele. Independente de posições políticas, ele foi um grande líder”, conclui Hortência.
Foi muito gentil da parte do Fidel descer de seu camarote para parabenizar nossa equipe. Só deu mais valor ao nosso título”, disse Paula.
No ano seguinte, em 1992, pela primeira vez a seleção se classificou para os Jogos Olímpicos, o que resultou no sétimo lugar em Barcelona. Dois anos depois, a conquista do título mundial, na Austrália, e em 1996, a prata olímpica, em Atlanta. 
Apesar de depois termos vencido um Mundial e conquistado uma prata olímpica essa medalha de ouro no Pan de Havana teve uma repercussão maior por tudo que envolveu”, lembra Magic Paula.
Antes dos Jogos Pan-Americanos em Cuba, a seleção brasileira feminina não havia conquistado sucesso em competições internacionais – até então, a equipe nunca havia disputado uma Olimpíada e o único pódio em Mundiais havia sido a medalha de bronze em 1971, em São Paulo.
Além de Paula e Hortência, a equipe da técnica Maria Helena Cardoso contou Janeth, que atualmente acompanha a seleção Universíade, na China, que mesmo distante lembrou-se da 
Conquista.
Foi um momento muito importante para todas nós. Era um grupo muito unido, muito bem entrosado e harmonioso”, lembra Janeth.



Campanha invicta

O Brasil começou com vitória sobre os EUA. Depois, venceu Canadá, Cuba, Argentina, Canadá de novo e, na decisão, as donas da casa.
Conquista invicta
O Brasil começou com vitória sobre os EUA. Depois, venceu Canadá, Cuba, Argentina, Canadá de novo e, na decisão, as donas da casa.
Delegação brasileira
Hortência, Paula, Marta, Ruth, Janeth, Nádia, Vânia, Simone, Ana Motta, Joyce, Roseli e Adriana.

Foto: (Arquivo/Agência Estado)
Vídeo: R7


Postagens mais visitadas