Cultura


O presidente do Corinthians Andres Sanches foi o convidado desta segunda-feira do programa Roda Viva da TV Cultura.
O programa, que vai ao ar às 22h, é apresentado pela jornalista Marília Gabriela.
Sanchez acaba de fechar mais uma grande contratação válida até 2012: Adriano.
Segundo a imprensa, ele seria apresentado nesta terça-feira. “Não, será durante esta semana [quinta ou sexta-feira] ou na semana que vem. Não é justo fazer isso com o São Paulo”, brinca Andrés.
O Tricolor, que venceu o Timão no último domingo pelo Campeonato Paulista, por 2 a 1, deve apresentar, na própria terça-feira, Luis Fabiano, seu mais recente reforço.
Sobre o risco de contratar um jogador com histórico irregular tanto no campo como na vida pessoal, Sanchez categoriza: “Quem não vai querer o Adriano em um time? Só louco! [...] Todo cidadão tem que ter chance na vida. [...] Tenho convicção de que o Adriano é um cara diferenciado no campo”.Porém, no contrato que assinou com o Timão há uma cláusula que permite ao Corinthians multá-lo caso haja negligência por parte do jogador. “Foi o próprio Adriano que pediu para incluir essa cláusula”, esclarece.
Sobre o passo a passo da negociação, deixa claro que Ronaldo participou diretamente. “Queria mesmo que o Ronaldo fizesse o cheque.
Ele incentivou a ida do Adriano para o Corinthians”. Mas evidencia que o Fenômeno não vai empresariar jogador, mas sim assessorar a imagem deles.
Ronaldo é proprietário da 9INE (pronuncia-se nine), empresa que presta serviço para a carreira de atletas. Questionado sobre sua richa com o Clube dos 13, afirma que tem discutido muito e pedido transparência. “[A instituição] devia brigar pelas leis trabalhistas [dos jogadores de futebol]”.
O Corinthians rompeu com o Clube dos 13 e assinou, sem o intermédio da associação, contrato de transmissão do Campeonato Brasileiro com a TV Globo.
O futuro estádio do Corinthians, em Itaquera, zona leste de São Paulo, deve sediar a abertura da Copa do Mundo. “Se não for no campo do Corinthians não terá Copa em São Paulo”, brinca. Ao mesmo tempo tranquiliza os mais apressados: “O torcedor pode ficar tranquilo, que o estádio sai”. Sanchez diz que não terá dinheiro público nenhum. “Vamos pegar R$ 400 milhões no BNDES. E outra, na zona leste há o incentivo fiscal...”Sobre Roberto Carlos, enfatiza: “Fiquei chateado pela maneira como ele saiu, colocando a culpa na torcida.
Ele saiu por causa de dinheiro”.Embora apaixonado incondicional pelo time, afirma com veemência que não quer continuar como presidente do Corinthians. “Não quero reeleição. Mesmo que mude o estatuto, não quero”. E já direciona seu futuro, mesmo sem ter definições: “Vou montar algumas coisas pra mim, no ramo de embalagem, de frutas...”


Contratado em janeiro deste ano pelo Corinthians, o lateral-esquerdo Fábio Santos é o entrevistado desta terça-feira (29/3), às 22h, no programa Cartão Verde da TV Cultura.

Em 2010, o jogador atuou no Grêmio e estava sem contrato até o início de 2011, quando acertou com o Timão por um ano. Aos 25 anos, Fábio Santos já jogou pelo Cruzeiro, Santos e São Paulo. No exterior, defendeu o Monaco, da França, e o Kashima Antlers, do Japão.

O lateral-esquerdo bate um papo com o time do programa, para falar sobre o clássico de ontem, entre São Paulo e Corinthians, com resultado de 2 a 1 para o Tricolor.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Postagens mais visitadas