Folha oferece R$ 320 milhões por UOL

Grupo que edita o jornal Folha de S.Paulo já detém 54,87% do portal e quer adquirir os 28% de participação da Portugal Telecom

O Grupo Folha, que edita o jornal Folha de S.Paulo, ofereceu R$ 320 milhões de reais (140 milhões de euros) pelos 28% de participação da Portugal Telecom (PT) no portal UOL. As informações são do jornal português Diário Económico e não foram confirmadas nem pelo UOL e nem pela PT. O Meio & Mensagem contatou a PT há cerca de um mês sobre a possível negociação e não obteve uma posição oficial da empresa. Ainda assim, a PT havia informado que sua entrada no capital da Oi não estava relacionada à saída concomitante do UOL. A Oi é controladora do portal iG.

O Grupo Folha detém, atualmente, 54,87% do capital do portal UOL e, como parceiro da PT no portal, tem direito de opção de compra pela participação da empresa portuguesa. Ainda conforme o Diário Económico, o objetivo do Grupo Folha é retirar o UOL da bolsa de valores. Tal estratégia estaria relacionada ao fato do Grupo Folha preparar o UOL para fazer do portal um grande player na área de conteúdo e, inclusive, expandi-lo para outros mercados latino-americanos. Mas, além do próprio Grupo Folha, outros players, nacionais e estrangeiros, também teriam interesse em adquirir a participação da PT no UOL. PT e UOL não se pronunciam sobre o assunto.
Há uma semana, o UOL anunciou a aquisição da Diveo Broadband, empresa de datacenter que tem 1,3 mil clientes corporativos, dos quais 40% apenas no datacenter. O valor do negócio não foi revelado. A Diveo tem um datacenter no Brasil com 17 mil metros quadrados e capacidade de armazenamento de 1 mil Terabytes. A Diveo tem sede nos EUA e operação também na Colômbia e investiu no Brasil, este ano, R$ 40 milhões. A aquisição do UOL fortalece o UOL Data Center que, lançado há dois anos, opera na área de hosting (hospedagem) e já fez aquisições como a Plug In, SouthTech, Insite e DH&C. A revista Valor Data publicou que o UOL tinha, em setembro, R$ 490 milhões em caixa no final de setembro, o que pode indicar novas aquisições. No segundo trimestre deste ano, o UOL divulgou balanço com lucro líquido de R$ 31,1 milhões, aumento de 31% em relação ao mesmo período do ano passado. A receita publicitária foi de R$ 140,2 milhões, expansão de 43% sobre o ano passado.
Fonte: Meio & Mensagem

Postagens mais visitadas