quarta-feira, 22 de abril de 2009

Hoje tem clássico no Campeonato Espanhol

Nesta quarta-feira quem tem Sky pode acompanhar um baita jogo pela 31º rodada do Espanhol.
quarta-feira 22/04

17h00* - BARCELONA x SEVILLA - AO VIVO - Estádio Camp Nou - Barcelona

Amanhã - Quinta-feira 23/04
15h00* - VILLARREAL x RECREATIVO - AO VIVO - Estádio El Madrigal - Castellón
17h00* - MALLORCA x VALLADOLID - AO VIVO - Estádio Son Moix - Malloca
fonte:Sky

Abril aposta em jornal Placar

Editora implantará em definitivo a partir do dia 22 de abril o informativo diário gratuito na cidade de São Paulo

Com a proximidade das finais do Paulistão e do início do Brasileirão 2009, a Editora Abril implantará em definitivo, na quarta-feira, 22, o Jornal Placar na cidade de São Paulo.
O projeto piloto do periódico havia circulado gratuitamente na capital paulista entre os dias 10 de novembro e 9 de dezembro de 2008. "A Abril sempre estudou a possibilidade de contar com um jornal.
Como a fase experimental do Placar gratuito foi bem recebida pelo público e bem-sucedida comercialmente, decidimos contratar uma redação própria e investir de forma definitiva", explica Marcos Emílio Gomes, diretor do Núcleo Motor Esporte da Editora Abril.A distribuição dos 80 mil exemplares diários continuará sendo a mesma utilizada pelo jornal Destak, também gratuito, tal como aconteceu nas 22 edições da fase experimental.
A publicação será entregue de segunda a sexta-feira em mais de 150 pontos, entre locais com grande tráfego de automóveis, shoppings, centros empresariais e agências.
"Nosso foco está no público A e B; por este motivo, evitamos um pouco a distribuição em metrôs.
Além do quê, no metrô o jornal acaba muito depressa", afirma Gomes.Na fase experimental do Jornal Placar foram vendidas seis cotas de patrocínio, para Volkswagen, Fiat, Itaú, Claro, Caninha 51 e Assinaturas Abril.
Agora, serão vendidos pacotes de publicidade que vão de 11 a 166 edições. Os pacotes, com um anúncio por edição, variam de R$ 204 a R$ 2.315.
"Teremos preços atraentes para as empresas que adquirirem maior número de edições.
Não há exclusividade de segmento para os anunciantes", esclarece o diretor. Para divulgar o projeto, a Abril entregou uma edição especial com informações editoriais e comerciais do periódico para agências de publicidade e potenciais clientes.
De acordo com Gomes, a editora ainda não pretende implantar o diário em outras cidades brasileiras. "É óbvio que, indo bem como ocorreu no projeto piloto, terá potencial para ser feito em qualquer cidade do País.
Mas como ainda não temos experiência em jornal, queremos fazer bem-feito e consolidar a publicação para pensar em projetos futuros", esclarece.
Fonte e foto: Meio&Mensagem

Equipe de vôlei Osasco/Finasa é extinta

Tradicional no circuito do vôlei nacional, time feminino adulto encerrará suas atividades por opção da diretoria em concentrar os investimentos nas categorias de base; equipe foi vice-campeã da Superliga 2009

Uma das mais tradicionais equipes de vôlei nacional deixará de existir.
Na última segunda-feira, 20, o Finasa - instituição financeira pertencente ao Bradesco - anunciou a extinção do time adulto de vôlei feminino Finasa/Osasco (SP) depois de 20 anos de parceria. Até o ano de 2003, a equipe carregava o nome de BCN/Osasco.A decisão aconteceu dois dias depois do Osasco ter perdido a final da Superliga nacional para o Rexona/Ades, do Rio de Janeiro.
A súbita extinção do time foi recebida com surpresa até mesmo para as atletas da equipe - entre as quais estão quatro das jogadoras da seleção brasileira que trouxeram a medalha de ouro dos Jogos Olímpicos de Pequim: Carol Albuquerque, Sassá, Thaísa e Paula Pequeno.Considerada uma das maiores potências do vôlei nacional, o Finasa/Osasco conquistou importantes feitos ao longo de sua existência.
O time disputou as oito últimas finais da Superliga nacional de vôlei, tendo conquistado por três vezes o campeonato. Na última temporada (2008 e 2009), a equipe de Osasco conquistou todos os torneios do qual participou - com exceção da Superliga 2009.
Em nota divulgada à imprensa na última terça-feira, 21, a diretoria do time declarou que o fim do patrocínio à equipe adulta foi motivado pela necessidade de concentrar os trabalhos e as verbas nas equipes de base e também nos programas de inclusão social para crianças e jovens da periferia de São Paulo. De acordo com o informado pelo próprio Osasco, o projeto de vôlei ainda conta com 53 núcleos de formação, dos quais participam cerca de 2400 crianças e jovens, entre 9 e 18 anos.
Brusque
Junto com o Osasco, uma outra equipe também poderá encerrar as suas atividades.
O Brusque, time de vôlei feminino de Santa Catarina, que havia chegado à semifinal da Superliga, perdeu o patrocínio da Brasil Telecom nos mesmos dias do anúncio do fim do Osasco/Finasa.
A equipe catarinense poderá continuar com as atividades esportivas caso consiga fechar um acordo com uma outra empresa patrocinadora.

manchetes

Lance
SP: Voltei! agora, com força total! (Ronaldo)
RJ: inFLAlível!
MG: Dupla ideal (Cruzeiro)

Folha de S.Paulo
Governo quer usar gasolina para aumentar arrecadação

O Estado de S.Paulo
Câmara tenta limitar gastos, mas quer aumentar salários

O Globo
Obama abre espaço para punir tortura na era Bush

Jornal do Brasil
Creche contra o crack

Agora S.Paulo
Justiça garante auxílio-doença antes do julgamento da ação

Gazeta Mercantil
Os balanços sem graça dos parques de diversão

Valor Econômico
Empresas garantem bom pagamento de dividendos

Correio Braziliense
Uma festa monumental

Estado de Minas
Pechinchas de luxo

Diário do Nordeste
Deputados vão priorizar interesses dos municípios

Extra
Golpe do amarelo: pardal multa até 174 motoristas por dia

Correio do Povo
Estado começa a definir piso salarial

Zero Hora
O ranking das cidades onde mais se roubam carros no RS